ALAGOINHAS

ALAGOINHAS

Exclusivo: Corpo de Sandro Rico ainda não tem data certa para sepultamento

sábado, 25 de janeiro de 2020

/ by REDAÇÃO

A notícia do encontro do cadáver de Sandro Rico impactou  a cidade de Alagoinhas e região no quesito mídia, pois esse foi o assunto mais comentado nas redes sociais, e principalmente nos grupos de Whatsapp.

Alexsandro Silva de Jesus de 44 anos, foi encontrado ontem morto numa plantação de eucaliptos entre as localidades de Narandiba e Estevão.

Apesar do reconhecimento do corpo, onde ele vestia uma bermuda Jeans, sandálias  da marca Kenner, e um cinto da cor cinza  conhecido por todos, os trâmites legais para este tipo de ocorrência  para liberação do corpo no IML, requer mais detalhes, como exame de arcada dentária e outros procedimentos, do contrário  o corpo só é  liberado depois do DNA. 

 Neste sábado(25), não foi possível localizar o profissional que recentemente fez um procedimento com ele num tratamento dentário. 



Emboscada

Para este repórter pairava a dúvida do momento exato da abordagem, entre Sandro e seus algozes, e uma "fonte" nos informou que ele foi ATRAÍDO para o bairro do Petrolar, onde em frente ao restaurante Arena, o esquema já estava  todo montado.

Rota

Se Sando tinha compromisso naquele dia(03.01) em ir na central de abastecimento, visitar  um fornecedor de produtos para a cesta básica que era seu ramo, o que  ele estaria fazendo no Petrolar?

A fonte nos informou que Sandro provavelmente recebeu algum telefonema seguindo para lá,  onde foi rendido e levado para execução.

Tiro  de misericórdia 

Aproveito este parágrafo para fazer uma correção de um trecho da matéria anterior, onde escrevi que  o disparo havia sido na testa, onde na verdade foi no centro da cabeça, acima um pouco da própria testa. 

Muito provavelmente Sandro foi colocado de joelhos, e o seu "carrasco" A SANGUE FRIO efetuou o disparo caindo ele de bruços em frente ao solo, posição essa o qual  foi encontrado. 

A blusa

A blusa que ele vestia não foi localizada, será que continua na posse dos executores, ou foi levada como prova para quem orquestrou o crime, como certificado da conclusão da empreitada??

Vale salientar que Sandro Rico não tinha inimigos,  que se relacionava bem com seus clientes, e sendo assim fica a seguinte pergunta:

A QUEM INTERESSAVA  A SUA MORTE?


Fim da Trilha

Apesar desta frase  ser um termo muito utilizado pelos jipeiros, esporte esse que Sandro amava, fica aí a finalização de uma dúvida de 21 dias, que  vinha consumindo  a sua legião de amigos e familiares. 

Na próxima  segunda feira dia 27, estaremos bem mais de perto acompanhando caso, pois apesar de ser final de semana e estarmos em viagem, toda informação através deste veiculo de comunicação foi contada.

Ratificamos aqui que o nosso compromisso com a notícia é  simplesmente incessante. 

Nenhum comentário

Postar um comentário

Don't Miss
© Todos os direitos reservados
Desenvolvimento by Agência Alves Comunicação Digital...