ALAGOINHAS

ALAGOINHAS

Operação da PF é oportunidade de 'passar a limpo' a Justiça da Bahia, diz presidente da OAB-BA

quarta-feira, 20 de novembro de 2019

/ by REDAÇÃO

O presidente da seccional baiana da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-BA), Fabrício Castro, considera que ações como a Operação Faroeste, deflagrada hoje (18) pela Polícia Federal contra a venda de decisões judiciais (leia mais), são importantes para que a Justiça da Bahia "seja passada a limpo".
Em entrevista ao Jornal da Bahia no Ar com José Eduardo, na Rádio Metrópole, Castro também afirmou que essa apuração é "mais importante do que qualquer eleição", já que o pleito que escolherá o novo presidente do Tribunal de Justiça do Estado da Bahia (TJ-BA) está marcado para amanhã (19).
"O que a OAB da Bahia espera é que esse caso seja rigorosamente apurado. (...) Espero que os desembargadores do Tribunal de Justiça elejam amanhã um presidente que possa honrar a Corte e colaborar com essas investigações. Não é possível que a Bahia conviva com um Tribunal de Justiça sob suspeição. (...) Recentemente a gente teve uma operação no Tribunal Regional do Trabalho da 5ª Região (TRT-5), que tem colaborado bastante com as investigações. Tenho certeza que a Justiça do Trabalho sairá melhor após essa apuração, e espero que no TJ aconteça o mesmo", afirmou.
Questionado sobre se a OAB-BA poderá ter a imagem afetada com o envolvimento de advogados nos esquemas de venda de decisões, Castro avaliou que "a instituição não se confunde com os advogados". "Não há corrupto sem corruptor. Da mesma forma que tem que se apurar em relação aos magistrados e servidores, aos advogados também. Eventualmente culpados, eles têm que ser punidos rigorosamente", disse.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Don't Miss
© Todos os direitos reservados
Desenvolvimento by Agência Alves Comunicação Digital...