ALAGOINHAS

ALAGOINHAS

Bolsonaro volta a defender adoção de voto impresso no Brasil: “sinal de clareza”; veja

terça-feira, 12 de novembro de 2019

/ by REDAÇÃO

presidente Jair Bolsonaro voltou a defender o retorno do voto impresso no Brasil. Em publicação feita no Twitter, na noite deste domingo (10), ele relacionou a renúncia de Evo Morales a fraudes nas eleições na Bolívia e afirmou que “o voto impresso é sinal de clareza para o Brasil”.
“A lição que fica para nós é a necessidade, em nome da democracia e transparência, contagem de votos que possam ser auditados, O voto impresso é sinal de clareza para o Brasil!”, escreveu.
No entanto, o presidente parece ter se confundido com a alusão à situação da Bolívia ao voto impresso. No país sul-americano, o processo eleitoral é todo feito com cédulas de papel, que são contabilizadas ao final do pleito.
Em julho deste ano, Bolsonaro declarou que pretende enviar ao Congresso um projeto de lei para a implementação do voto impresso no país. Ainda segundo ele, a mudança seria fundamental para a transparência nas disputas eleitorais.
Ainda como deputado, em 2015, ele chegou a fazer um projeto com a mesma proposta, mas a ideia foi derrubada pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Desde 1996, o Brasil utiliza o sistema de votação eletrônica e, até então, nenhuma fraude foi comprovada pelo Ministério Público ou pela Polícia Federal.
Veja:

Nenhum comentário

Postar um comentário

Don't Miss
© Todos os direitos reservados
Desenvolvimento by Agência Alves Comunicação Digital...