ALAGOINHAS

ALAGOINHAS

Policiais Civis dizem que estão proibidos de realizar testes para Covid-19 nas delegacias

sexta-feira, 31 de julho de 2020

/ by REDAÇÃO

Os policiais civis da Bahia foram surpreendidos, na última quarta-feira (29), com uma determinação que os proíbem de realizar testes para a Covid-19 nas dependências das delegacias. Até então, os servidores vinham sendo testados nos locais de trabalho por iniciativa do Sindicato dos Policiais Civis da Bahia (Sindpoc) em parceria com o Planserv.  
O comunicado não explica o motivo da suspensão do exame. “O Departamento de Polícia Civil do Interior, atendendo a deliberação superior, fica deliberado que não será permitido o uso da unidade como local para realização do exame da Covid-19”, diz.  
Conforme informações do sindicato da categoria, na última segunda-feira (27), já tinham sido contaminados quase 400 policiais civis e registradas seis mortes. 
A equipe de reportagem do Varela Notícias conversou com Fábio Daniel Lordello Vasconcelos, que é o presidente do Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado da Bahia (ADPEB), sobre a proibição. De acordo com ele, o comunicado foi feito de forma oficioso, pelo WhatsApp, através da diretoria do Departamento de Polícia do Interior (Depin) e da Diretoria da Polícia Metropolitana (Depom) aos delegados, que tomaram como surpresa, assim como todos os servidores.  
 “Já estava sendo um trabalho muito bem realizado pelas entidades de classe, nós temos investido muito dentro das nossas forças econômicas para possibilitar melhor proteção a esses servidores, já que eles estão completamente abandonados pela gestão da Polícia Civil e pelo governo do estado. Essa é a grande realidade”, disse. 
Ele destaca que esses exames estavam sendo realizados justamente para dar maior proteção aos associados e, principalmente, à sociedade que vai até a delegacia e que pode ser contaminada diante de um protocolo de segurança mal feito. “ É o que está acontecendo”. 
CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE 
Segundo Fábio, a proibição aconteceu porque eles estavam identificando o nível de infecção. “As unidades policiais estão funcionando no improviso, sem desinfecção, sem um material necessário de higienização como um todo, e também de proteção individual. Esses exames estavam sendo feitos para a proteção maior. Então veio a proibição, nós não temos a resposta oficial ainda, mas nós presumimos, e é o entendimento de todos os policiais civis, que estamos identificando o nível de infecção e isso estava desagradando a gestão”. 

Nenhum comentário

Postar um comentário

Don't Miss
© Todos os direitos reservados
Desenvolvimento by Agência Alves Comunicação Digital...