ALAGOINHAS

ALAGOINHAS

Vereadores pedem prisão de colega por ‘tentar fiscalizar a saúde em Catu’

sexta-feira, 18 de outubro de 2019

/ by REDAÇÃO

Dez dos treze vereadores de Catu acionaram o Ministério Público para pedir a prisão da colega Clara Sena (SD) por “usurpação de poder”. Na argumentação dos edis, ela estaria roubando a função pública ao postar em suas redes sociais uma orientação para que a população insatisfeita denunciasse ao MP os problemas com o sistema público de saúde.
A vereadora sugeriu a abertura de uma CPI para investigar a cooperativa de médicos Coofsaúde, que recebeu mais de R$ 44 milhões da prefeitura. “Os donos dessa cooperativa foram presos no ano passado pelo desvio de cerca de R$ 1 bilhão. Somente porque apresentei uma mensagem nas minhas redes sociais orientando a população que, se tivesse insatisfeita com o serviço público de saúde, buscasse o Ministério Público, meus colegas pediram a minha prisão”, relatou Clara.
O Ministério Público e o Poder Judiciário se manifestaram pelo arquivamento da representação, já que se tratou de uma mera informação ao público em geral.

 - Bnews

Nenhum comentário

Postar um comentário

Don't Miss
© Todos os direitos reservados
Desenvolvimento by Agência Alves Comunicação Digital...