ALAGOINHAS

ALAGOINHAS

Justiça encontra R$ 11 mi em conta de mãe de auditor da Receita preso no RJ

sexta-feira, 4 de outubro de 2019

/ by REDAÇÃO

O juiz Marcelo Bretas foi informado pelo Banco Central que o auditor-fiscal Daniel Gentil e a mãe dele, Sueli Gentil, presos na quarta-feira (2) na Operação Armadeira, têm R$ 13,9 milhões depositados em 11 contas bancárias. Deste valor, R$ 10,9 milhões foram encontrados na conta de Sueli. Os outros R$ 3 milhões, na conta de Daniel. Os valores foram bloqueados por determinação de Bretas. As informações são da Folha de São Paulo.
A família Gentil é apontada pelo Ministério Público Federal como a responsável pelo intrincado esquema de lavagem de dinheiro de suspeitos no esquema, entre eles Marco Aurélio Canal, supervisor nacional da Equipe Especial de Programação da Lava Jato —grupo responsável por aplicar multas aos acusados da operação por sonegação fiscal. Daniel Gentil era subordinado a esse setor.
O advogado Fernando Martins, que representa Canal, pediu ao juiz Marcelo Bretas para que o investigado não seja levado para Bangu 8, onde ficam os réus da Lava Jato, em razão de sua atuação nos procedimentos da operação. A Procuradoria afirma que os investigados utilizaram uma técnica de "lavagem cruzada" a fim de dificultar as investigações.
O advogado Fernando Martins, responsável pela defesa de Marco Aurélio Canal, declarou em nota que a prisão é ilegal. Ele não quis comentar especificamente as suspeitas sobre lavagem de dinheiro. O advogado Bruno Rodrigues, que defende Cury, afirmou que ele nega as suspeitas de envolvimento com crimes. A Folha tentou contato com o advogado André Barreto, que representa Gentil, mas não obteve retorno.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Don't Miss
© Todos os direitos reservados
Desenvolvimento by Agência Alves Comunicação Digital...