ALAGOINHAS

ALAGOINHAS

Alagoinhas na Semana do Clima: profissionais e estagiários da SEDEA participam de debates sobre a preservação do meio ambiente e o impacto das mudanças climáticas na América Latina

segunda-feira, 26 de agosto de 2019

/ by REDAÇÃO

Profissionais e estagiários da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente (SEDEA) participaram, de 19 a 23 de agosto, da Semana Latino-Americana e Caribenha sobre Mudança do Clima, realizada pela Organização das Nações Unidas (ONU), que reuniu representantes de 26 países, na capital baiana, para discutir crise climática, meio ambiente e impactos gerados pelos sistemas de produção.
Com cerca de 5 mil participantes, entre líderes, autoridades, atores regionais e globais, pesquisadores e estudantes, a “Semana do Clima” contou com painéis, workshops, passeios ciclísticos, fóruns, estandes, exposições e debates em que especialistas reafirmaram a urgência de ações climáticas e de medidas sustentáveis.
O encontro, organizado pela Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima (UNFCCC), antecede a COP 25 – evento que o Brasil desistiu de sediar e que será realizado em dezembro, no Chile, com foco na implementação do Acordo de Paris, que visa à redução da emissão de gases que aumentam a temperatura do planeta.
As discussões ocorreram em meio ao debate sobre o aumento do desmatamento na Amazônia e sobre o crescimento significativo dos focos de queimada em estados como Amazonas, Mato Grosso e Rondônia.
Na Bahia, visando contribuir para as definições propostas, o governo do estado determinou a criação das Unidades de Conservação (UC’s), ou seja, espaços do território com características naturais relevantes e limites definidos, além das ações já realizadas pela “Operação Bahia Sem Fogo”, em parceria com o Corpo de Bombeiros, na prevenção e combate a incêndios florestais.
E a Prefeitura de Salvador, que defendeu a preservação da Amazônia, anunciou medidas para a conservação do meio ambiente e a valorização dos patrimônios naturais.
Não diferente da capital, Alagoinhas, no interior baiano, viu, no evento de referência internacional, uma possibilidade não apenas de aprendizado e de qualificação, mas também de unir esforços para somar à luta contra o aquecimento global através de ações realizadas no âmbito municipal e na própria região, a exemplo dos projetos “Cidade Verde” e “Preserve +”, do programa Alagoinhas 3+, desenvolvido desde 2018 na cidade.
“O objetivo, com a participação da SEDEA, foi fomentar a capacitação dos servidores e o aperfeiçoamento curricular dos estagiários, que, na oportunidade, foram avaliados em atividades que compõem o Plano de Ação dos Estagiários de Meio Ambiente, da secretaria, mas também trazer, dos painéis, workshops, o que se discute hoje em termos de estratégias, desenvolvimento sustentável, ecossistemas dos oceanos e recursos hídricos. Em contato com o que de mais atual se discute, hoje, em termos de sustentabilidade, conseguimos não apenas aprender, mas contribuir na luta contra o aquecimento, cientes de que podemos, sim, produzir localmente mudanças de alcance global”, salientou o secretário municipal de desenvolvimento e meio ambiente, José Edésio Cardoso, que esteve em Salvador para a “Climate Week”.
Foto: Divulgação/SEDEA
O interesse do município por questões ambientais não é circunstancial. Em novembro de 2018, o Programa Alagoinhas 3+ foi destaque no maior encontro sobre Arboricultura e Meio Ambiente do Nordeste, realizado em Pernambuco. Em maio de 2019, a experiência de Alagoinhas com o projeto de educação ambiental “Floresta Escola” foi apresentada em um encontro na Universidade Federal de Santa Catarina e, segundo o gestor da pasta, o intuito é avançar e implementar ações que contribuam para um ambiente ecologicamente equilibrado.
Para a ecóloga Arivânia Santos, da SEDEA, que também esteve com os estagiários no evento, mais do que capacitar e informar, a “Climate Week” expande as conjunturas para se pensar o desenvolvimento sustentável, promove a análise crítica e abre portas para o trabalho sobre temas de interesse ambiental.


Foto: Divulgação/SEDEA

Nenhum comentário

Postar um comentário

Don't Miss
© Todos os direitos reservados
Desenvolvimento by Agência Alves Comunicação Digital...