ALAGOINHAS

ALAGOINHAS

Os dez mais procurados desafiam a polícia

quinta-feira, 23 de maio de 2019

/ by REDAÇÃO

A Polícia Civil divulgou nova relação dos criminosos foragidos mais perigosos do Estado. Três deles estavam na listagem de 2010.

Um ano depois da primeira relação dos dez foragidos mais procurados do Estado, a Polícia Civil divulga nova lista. Desde o dia 28 de fevereiro de 2010, sete deles foram presos - três nunca mais foram localizados e, para policiais, possivelmente não estão mais morando no Rio Grande do Sul.

- Lista de crimes é variada

Os sete novos nomes, assim como os três remanescentes da anterior, são responsáveis por uma série de assassinatos, roubos e tráfico de drogas.

- Capturamos em 2010 os criminosos considerados da mais alta periculosidade, verdadeiros líderes. Mas tem uma nova geração - disse o responsável pela Delegacia de Roubos, delegado Juliano Ferreira.

Assaltantes de banco e de carro-forte são considerados pela polícia os criminosos mais perigosos. Além de ter forte armamento, costumam ser, na análise dos policiais, inteligentes e frios.

- Quando saem de casa para o roubo, sabem que a chance de troca de tiros é grande. Vão para matar ou morrer - explica o delegado.

- Prioridade para 2011

O número 1 da lista para a polícia, atualmente, é Samuel Eneas de Melo, 30 anos. Foragido do semiaberto, ele é remanescente do bando do ladrão de bancos Wanderley Grehs, que ocupava a lista de 2010 e foi capturado em Dois Irmãos. Samuel responde a processos por roubo a carga, roubo a banco e assalto a carro forte, e é investigado em pelo menos outros cinco crimes.

- Suspeito de usar bombas

Em 2009, numa ação para capturá-lo, trocou tiros com agentes do Deic e escapou. Segundo a polícia, estaria por trás dos ataques a bancos usando bombas.

- Com as ligações que tem no submundo do crime, não é difícil para ele conseguir um novo bando - avalia Juliano.

- PMs circulam sem lista

Responsável pelo Comando de Policiamento da Capital, o coronel Atamar Cabreira disse que, em Porto Alegre, não seria viável cada viatura ter uma lista dos dez mais procurados.

- Isso pode ocorrer em cidades menores, mas imagine imprimir uma lista para as 115 viaturas que percorrem a cidade, e ter de trocar esta lista sempre - avaliou o comandante.

Atualmente, quando PMs abordam alguém na rua, por telefone ou por rádio solicitam ao quartel que confira se o nome da pessoa consta na lista de foragidos ou de pessoas com prisão decretada:

- Cerca de 60% das pessoas que prendemos têm antecedentes criminais. E, destes, 15% estavam foragidos.

- Os remanescentes de 2010

Há um ano, investigações na Polícia Civil e BM tentam localizar os três foragidos que sobraram da lista dos mais procurados de 2010. Igor Machado, o Nenê, 38 anos, teria sido visto, em outubro passado, por um taxista que trabalha no Aeroporto de Congonhas, em São Paulo.

- Fiquei dois dias levando ele e um amigo a boates. As primeiras ele pagou, depois me despistou e sumiu. Navegando na internet, vi a foto dele em uma matéria (do Diário Gaúcho) e reconheci na hora. Eu percebi que ele tinha sotaque de gaúcho - declarou o taxista, que não quis se identificar.

- Dois não deixaram pistas

A vítima informou à Polícia Civil gaúcha, que acionou policiais civis em São Paulo. Mas o tal homem conseguiu escapar. Não ficou comprovado se realmente era Igor.

Sobre Gilmar dos Santos, 42 anos, e Alexandre Moacir Huhnfleisch, 38 anos, a polícia não teve mais pistas.

- Ou largaram a vida de crimes ou se mudaram do Estado - acredita o delegado Juliano.

- Para denunciar

Delegacia de Capturas (horário comercial): 0800-510-4668

Disque-denúncia (24 horas): 181

Samuel Eneas de Melo - Ganhou notoriedade com assaltos a bancos e a carros fortes, mas migrou para roubo de cargas, no qual responde a seis inquéritos. Especialista em explosivos, é investigado em vários ataques.

Alexandre Moacir Huhnfleisch, o Alemão - O criminoso de 38 anos é especialista em sequestros e em fugas - escapou da cadeia nove vezes.

Gilmar dos Santos, o Nenê Gordo - Fugitivo do Presídio de Taquara desde 2009, aos 42 anos responde a 15 assaltos e a um homicídio. Segundo a polícia, é um líder nato.

Igor Machado, o Nenê - Indiciado por seis assaltos e por um homicídio, migrou para o tráfico. Aos 37 anos, é o foragido número 1 do Denarc. Teria conexões com outros Estados.

Fabio Rodrigo Horst, o Geleia - À medida em que ficava na cadeia, piorava seus crimes. Aos 32 anos, responde por assaltos, inclusive a carros fortes.

Victor Fetter - Foi parceiro de um dos principais ladrões do Estado, José Carlos dos Santos, o Seco. Hoje com 31 anos, recrutou antigos parceiros e voltou a atacar.

Joel Machado dos Santos, o Foguinho - Aos 30 anos, é o que tem mais variação de crimes no currículo: tráfico, estelionato, roubos.

Ederson Gilmar Nunes - Aos 32 anos, responde a dois inquéritos por tráfico, dois por roubo a banco e um de veículo, além de outras ocorrências policiais.

Fabiano Duarte - Aos 28 anos, já cumpriu pena por receptação, assalto e homicídio. Em 2009, fugiu do Presídio de Taquara ao lado de Gilmar dos Santos.

Nilton Renato da Conceição, o Sabonete - Acusado por homicídios e assaltos, atuaria, hoje, aos 42 anos, no tráfico. Já foi matador de aluguel.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Don't Miss
© Todos os direitos reservados
Desenvolvimento by Agência Alves Comunicação Digital...