Salvador: Donos de lojas de informática nos Barris são presos por venda ilegal de roteadores

28/07/12 08:15

Responsáveis por duas lojas de produtos eletrônicos, localizadas na Rua do Salete, nos Barris, foram presos em flagrante por venda ilegal de equipamentos de informática. Nos estabelecimentos, policiais do Grupo Especializado de Repressão aos Crimes por Meio Eletrônicos (GME) apreenderam 51 roteadores wirelles da marca Dlink, de propriedade da empresa GVT. Os roteadores apresentavam etiqueta informando sobre a proibição da venda dos equipamentos, fornecidos pela empresa aos clientes que contratarem pacotes de banda larga. Foram presos os responsáveis pelas lojas Max Informática e Maximum Informática, Daniela Aleluia da Silva, 30 anos, e Half Silva de Jesus, 28. Os dois foram autuados pelo crime de receptação qualificada pelo delegado Charles Leão, coordenador do GME. Daniela está custodiada na carceragem feminina da Delegacia de Repressão a Crimes Contra a Criança e o Adolescente (DERCCA), em Brotas, e Half no Complexo Policial da Baixa do Fiscal. A procedência do material desviado da empresa de telefonia está sendo investigada pela polícia.

(Correio da Bahia)