BAR1PRINC
an
 
 
Página Inicial  Contato Mundo  Arquivo Alagoinhas Entrevista Rádios
policiais Notícias de Alagoinhas
policiais Futebol e Arbitragem
Pau na Preá
policiais Falando
direito
Tecnologia

Tocha Olímpica chega ao Brasil nesta terça-feira

A chama Olímpica dos Jogos Rio 2016 chega ao Brasil nesta terça-feira, dia 3, para uma jornada de 95 dias e que terá o Distrito Federal como ponto de partida do revezamento. O avião da LATAM trazendo a lanterna acesa em Atenas, na Grécia...

Policial perde emprego por evangelizar durante horário de trabalho

Um membro da policia rodoviária do estado de Indiana foi demitido após ser acusado de constranger os cidadãos por que falou sobre sua fé com eles. Ele está sendo processado pela segunda vez ...

 
 


 



Google:                                          

CONTATO

linha190
 
 
 
 
  
 

Enquete

 

O que você prefere ouvir?

  • Arrocha
  •  
  • Pagode baiano
  •  
  Tel: (75) 3422-3727
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Publicidade



Compre na Feira Tintas e concorra a uma moto 0 km

Massa corrida Coral para de 27 kg de R$ 62,90 por R$ 46,90

Tinha Verano sem cheiro para 18 Lts de R$ 108,90 por 79,90


Fest in Canto vai revelar talentos da música nos colégios

Sabe aquele estudante que ‘respira’ música e vive cantando pelos corredores da escola? A chance para ele mostrar ao público seu talento chegou: é o Fest in Canto, o Festival Intercolegial de Novos Talentos da Música lançado pela BSC/Copener para estimular os estudantes-artistas a, quem sabe, deslancharem para o sucesso. Podem participar estudantes matriculados nas redes municipal e estadual de ensino de Alagoinhas, Araçás, Aramari, Conde, Entre Rios, Inhambupe e Itanagra nas categorias juvenil (acima de 14 anos) e infantil (até 14 anos de idade). Na semifinal, serão oferecidos prêmios em dinheiro, respectivamente R$ 500 e R$ 300, para os primeiros e segundos colocados de cada categoria. Já na final, os primeiros colocados das categorias infantil e juvenil vão gravar um CD e receberão mil cópias cada para divulgação de seu trabalho. A primeira etapa, em Alagoinhas, será no dia 14 de maio, no Ginásio de Esportes. As datas e locais nos demais municípios serão divulgados em breve.

As apresentações das músicas serão em shows organizados pela BSC/Copener nas próprias cidades de origem dos candidatos. Nestes eventos serão selecionados dois candidatos em cada categoria – infantil e juvenil.

Pelo regulamento, cada candidato poderá inscrever uma única música. Podem ser inscritas músicas inéditas, de autoria dos próprios candidatos ou de outros compositores, e também canções já conhecidas, de outros autores. “Um júri formado por três músicos, produtores culturais e pessoas ligadas à arte e à cultura em geral vão avaliar quesitos como melodia, letra, afinação, ritmo e interpretação”, explica Mickey Santos, produtor musical e parceiro no projeto.

Dentre as canções apresentadas nas sete etapas regionais, serão selecionadas sete na categoria infantil e sete na juvenil para concorrerem na etapa final que será realizada com um grande show, no qual serão anunciados os vencedores. “Acreditamos que este festival será uma oportunidade única para os estudantes que desejam mostrar seu talento porque além das apresentações em si, há a possibilidade de gravar um CD, que já sai com uma tiragem de mil cópias totalmente custeadas pela BSC/Copener”, destaca Ana Paula Batista, analista de Relações com Comunidades da empresa, que está à frente do projeto.

Os estudantes de Alagoinhas já podem retirar as fichas de inscrição nas próprias escolas, juntamente com cópias resumidas do regulamento do festival, já que os regulamentos completos estarão disponíveis para consulta nas secretarias ou quadros de aviso das escolas. As fichas de inscrição para os estudantes dos demais municípios serão disponibilizadas em breve, com ampla divulgação em cada localidade.

A competição conta com o apoio das prefeituras municipais, por meio das secretarias de Educação e Cultura e do Laboratório Musical, escola de música sediada em Alagoinhas e que já é parceira da BSC/Copener no projeto Música na Escola.

 

Preso pai acusado de manter em cárcere privado e violentar a filha em Conde

05 de Maio de 2016 - 08:20

Um homem foi preso na manhã desta quarta-feira, 04, por Policiais Militares da 51ª Cipm-Companhia Independente da Polícia Militar em Conde, guarnição comandada pelo Sargento PM Marcus Vinícius. Ele é acusado de manter em cárcere vigiado, agredir fisicamente a esposa, cinco filhos menores e abusar sexualmente da filha adolescente. Valmir de Jesus Santos foi preso por volta das 9h30 na residência que fica no povoado Cagados após denúncia do Conselho Tutelar. De acordo com a polícia, Valmir agia de forma violenta com pressões psicológicas e ameaçava de morte a família. As vítimas foram resgatadas e o acusado foi encaminhado a Delegacia Territorial (DT) de Conde onde permanece a disposição da justiça. (Luciano Reis Notícias)

TCU encontra falhas em ações de integração do Rio São Francisco

05 de Maio de 2016 - 07:50

O Tribunal de Contas da União (TCU) encontrou falhas em ações do Ministério da Integração Nacional e do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs) para recuperação de reservatórios estratégicos para o projeto de integração do Rio São Francisco. As inconsistências encontradas pelo tribunal foram no orçamento e no cronograma das ações. Procurado pela reportagem, o Ministério da Integração Nacional informou que não foi notificado oficialmente e que irá verificar as ações necessárias após receber as determinações do TCU. O projeto prevê a adução das águas do Rio São Francisco para o Ceará, Paraíba, Pernambuco e Rio Grande do Norte, o que vai beneficiar reservatórios já existentes. Esses reservatórios, por serem antigos, precisam ser recuperados para operar com segurança após a transposição. O TCU identificou que, enquanto o cronograma de execução das obras de recuperação dos reservatórios prevê a necessidade de R$ 195 milhões neste ano, o governo federal só destinou R$ 1 milhão no Projeto de Lei Orçamentária Anual para essa finalidade. Outro problema verificado pelo TCU foi a incompatibilidade de cronogramas. Segundo o órgão, em alguns casos, as datas estimadas para a conclusão de obras de alguns reservatórios é posterior à data em que o Ministério da Integração estima disponibilizar água por meio da transposição. Algumas barragens, segundo o TCU, vão receber águas da transposição e não têm estudos de recuperação sendo elaborados. O tribunal determinou que o ministério e o Dnocs elaborem um plano de ação, em 60 dias, para a execução das intervenções de recuperação das barragens, observando as falhas apontadas. (Globo)

STF vai julgar nesta quinta-feira o pedido de afastamento de Eduardo Cunha

05 de Maio de 2016 - 07:40

O Supremo Tribunal Federal (STF) vai julgar nesta quinta-feira (5) o pedido da Rede Sustentabilidade de afastamento do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). A ação está sob a relatoria do ministro Marco Aurélio. O partido sustenta que Cunha não pode permanecer na presidência da Câmara por ser réu em uma ação penal que tramita no STF sobre o suposto recebimento de U$S 5 milhões de propina em contratos de navios-sonda da Petrobras. Para o partido, Cunha está na linha sucessória da Presidência da República, cargo que não admite, de acordo com a Constituição, ser exercido por um réu. “Não é possível que ocupe um cargo que é constitucionalmente vocacionado à substituição do Presidente da República alguém que é réu em ação penal instaurada pelo STF, porque esse estado é incompatível com o exercício das funções de Chefe de Estado e de Governo. Consequentemente, enquanto pende o processo, o envolvido está impedido de exercer a Presidência da Câmara dos Deputados ou do Senado Federal, devendo, por isso, ser afastado destes cargos.”, argumenta o partido. O presidente do Supremo, Ricardo Lewandowski, disse que a Corte deve resolver a questão ainda na quinta-feira, porque será a última sessão do STF antes da votação no plenário do Senado sobre o pedido de abertura de processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff. Em caso de aprovação, ela será afastada por 180 dias. A votação está prevista para a próxima quarta-feira (11). “Está caracterizada a urgência na medida em que amanhã será a última sessão do STF antes daquela quarta-feira, e que nós poderemos decidir a questão que será trazida pelo ministro Marco Aurélio”, disse o presidente. Caso o Senado aprove a admissibilidade do impeachment e o afastamento de Dilma por 180 dias, Michel Temer, atual vice-presidente, assumiria o cargo e Cunha seria o primeiro na linha sucessória, exercendo na prática as atividades de vice. A Constituição proíbe que um réu assuma uma cadeira no Palácio do Planalto, mesmo de forma interina, no caso de uma viagem de Temer para fora do país, por exemplo. A dúvida é saber se Eduardo Cunha poderá ocupar o cargo sendo réu em uma ação penal no STF, por suspeita de receber U$S 5 milhões em propina. Com informações da Agência Brasil

Suspeito de estupro foragido há 14 anos é preso após briga em ônibus

05 de Maio de 2016 - 07:30

Um suspeito de ter praticado estupro em 2002 foi preso na tarde desta quarta-feira (4/5) no município de Ibotirama, a 648 km de Salvador. Segundo a assessoria da Polícia Rodoviária Federal (PRF), a equipe do órgão foi acionada por volta das 13h30 para intervir em uma situação de transtorno dentro de um ônibus interestadual, que passava pela BR-242. Tudo começou depois que os passageiros relataram aos policiais que um dos ocupantes do veículo, visivelmente embriagado, ameaçava esfaquear os demais e assediava as mulheres. Após consulta ao banco de dados, os PRFs constataram que havia um mandado de prisão em aberto contra o agressor, que tem 50 anos. O suspeito seguia da cidade de Cristalândia/GO, onde estava trabalhando em uma fazenda, para Patos/PB, onde reside. O homem é acusado pelo Ministério Público da Paraíba de, no ano de 2002, ter invadido uma residência armado com uma faca tipo peixeira e tentado estuprar uma mulher. O fato teria ocorrido na cidade de Patos. Ele estava foragido da Justiça há 14 anos. O acusado foi levado até a delegacia de Ibotirama, onde foram iniciados os demais procedimentos para seguimento do processo contra ele.

Novos Juízes do Tribunal Regional Eleitoral são empossados

05 de Maio de 2016 - 07:20

Em breve solenidade, realizada no Gabinete da Presidência, no início da tarde desta quarta-feira (4/5), o desembargador Roberto Maynard Frank e o juiz Eduardo Augusto Viana Barreto assumiram o cargo de juízes substitutos do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA). Os juízes foram eleitos pelo Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) para o biênio 2016-2018 e pertencem, respectivamente, às classes dos desembargadores e dos juízes de direito. O presidente do TRE-BA, desembargador Mário Alberto Simões Hirs, deu as boas-vindas aos novos membros da Corte Eleitoral da Bahia e desejou sucesso na condução dos trabalhos. Participaram ainda os demais integrantes da Corte e diversas autoridades da Bahia. Designado pelo presidente do TRE-BA, o juiz federal Carlos d’Ávila Teixeira prosseguiu com a saudação aos empossados. “É uma grande satisfação participar da posse desses nobres colegas. Também comecei como juiz substituto nesta Casa, o que me honra muito. O meu desejo é apenas o de que possam desempenhar seus papéis neste Tribunal com firmeza e independência, que é o que a sociedade espera de todo e qualquer juiz”, afirmou.

Estudante de Odontologia causa revolta ao afirmar que furou gengiva de criança

05 de Maio de 2016 - 06:50

Uma conversa de um grupo de Facebook na qual duas estudantes de Odontologia falam sobre procedimentos clínicos aplicados em crianças gerou revolta e discussões nas redes sociais nos últimos dias. Trechos do diálogo foram compartilhados por muitas pessoas e, em um deles, uma das jovens diz que, orientada pela professora a “ter uma postura forte e não dar abertura para criança fazer birra”, já chegou a furar a gengiva de um menino para que ele ficasse quieto durante um procedimento. Uma das estudantes seria da FMU (Faculdades Metropolitanas Unidas) no Campus de Santo Amaro, em São Paulo. O EXTRA conversou com o Dr. André Passarelli Neto, docente e ex-coordenador do curso na instituição. "Eu soube do caso pelo Facebook e fico enojado em ver uma aluna fazer isso dentro de uma instituição de ensino. Se ela tivesse alguma dúvida sobre o procedimento, deveria ter acionado a professora para ter a orientação correta". De acordo com André, os atendimentos em crianças são feitos em clínicas dentro da própria faculdade, sob supervisão. No total, seis profissionais acompanham os alunos nos procedimentos, mas ele garante que nenhum dos professores orienta os alunos a fazer ameaças aos pacientes. Na disciplina de Odontopediatria existem algumas manobras que ensinamos porque as crianças são mais difíceis de serem tratadas, elas ficam com medo. Além disso, as mães são obrigadas a acompanhar tudo que é feito nos filhos. Na conversa postada na internet, a estudante disse que estava fazendo uma profilaxia e a professora a mandou intervir, então, ela pegou a carpule (seringa com agulha) e furou a gengiva da criança. “Eu falei: você quer com dor ou sem dor? Aí ele: sem dor. Eu falei: então abre a boca e fica quieto!”. "A profilaxia é um processo de limpeza e conservação dos dentes e não é necessária anestesia, por isso, a carpule nem deveria estar lá", afirma.

Banco Central europeu deixará de emitir notas de 500 euros

05 de Maio de 2016 - 06:40

O Banco Central Europeu (BCE) anunciou nesta quarta-feira que deixará de emitir notas de 500 euros, acatando uma proposta surgida em fevereiro. A decisão, segundo o BCE, leva em conta essas cédulas, as mais altas da família de notas da moeda única européia, facilitem atividades criminosas. O BCE "decidiu deter de forma permanente a produção de cédulas de 500 euros e excluí-las das séries na Europa, levando em conta a preocupação de que essas notas facilitem as atividades ilícitas", disse o organismo em um comunicado após um encontro de seu Conselho de Governo. As cédulas que já estiverem em circulação continuarão sendo aceitas como forma de pagamento. Segundo autoridades europeias, como a Europol (o Serviço Europeu de Polícia), as notas de 500 euros são frequentemente usadas para atividades ilícitas, entre elas o terrorismo. Os criminosos usam cédulas de maior valor para movimentar grandes somas de dinheiro com o mínimo possível de volume. (AFP)

Chef californiano faz sucesso fazendo pratos que levam maconha

05 de Maio de 2016 - 06:30

O chef Chris Sayegh está levando a alta cozinha da Califórnia a outro patamar ao servir banquetes em casas particulares com pratos que levam maconha. O preço chega a US$ 500, se o jantar for servido de forma particular. Ou pode ser até US$ 200 se servido em espaços itinerantes ao redor de Los Angeles. Até o momento, os interessados devem mostrar receitas médicas que aconselham o consumo da substância, já que apenas o uso medicinal é permitido no estado. Sayegh, de 23 anos, que já trabalhou em renomados restaurantes de Nova York e da Califórnia, acredita que a incorporação da cannabis em receitas leva os comensais a experimentarem um estado de consciência que vai muito além de algumas tacinhas de vinho. "Para mim, essa é uma experiência cerebral", disse ele durante uma demonstração em seu apartamento em Hollywood na semana passada. "Você come cada prato com uma percepção diversa. A química do cérebro muda, e você vê o alimento de forma diferente do que há cinco minutos antes". Produtos comestíveis de maconha não são novidade e movimentam milhões de dólares. Jantar que usam o ingrediente nas receitas, no entanto, é um conceito relativamente novo e o chef quer fazer disso mais popular. A susbtância foi legalmente permitida na Califórnia para fins médicos desde 1996, e a expectativa é que, em novembro, uma medida seja aprovada para o uso adulto recreativo descriminalizado Sayegh disse que começou a experimentar em pratos mais sofisticados depois de crescer cansado de brownies e bolos com cannabis. Na cozinha, o chef usa óleo com extrato de tetrahidrocanabinol (THC), o componente psicoativo da maconha, e um "vaporizador" para infundir ingredientes com THC. "Você nunca vai sentir o gosto da maconha ewm meus pratos a menos que você queira, porque ela não tem um gosto agradável", disse ele. Em seu apartamento última sexta-feira, ele preparou uma elaborada refeição de três pratos para um amigo. Cenoura gnocchi confit e emulsão de ervilha com infusão de cannabis, seguido por New York Strip Steak com purê. No final, pudim de caramelo com coco torrado e chocolate com infusão de pote.

Governo quer R$ 4 bilhões por concessão de quatro aeroportos

05 de Maio de 2016 - 06:20

A ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil) anunciou nesta quarta-feira (4) que pretende pedir no mínimo R$ 4,1 bilhões pela concessão de quatro aeroportos, prevista para este ano. Os dados sobre a privatização das unidades de Porto Alegre (RS), Florianópolis (SC), Salvador (BA) e Fortaleza (CE) vão ficar em audiência pública nos próximos 45 dias e depois será marcado o leilão. Vence a disputa quem oferecer o maior valor de outorga por cada aeroporto. Segundo anúncio da agência, o valor mínimo para Salvador será de R$ 1,5 bilhão por uma concessão de 30 anos. A empresa terá que fazer investimentos estimados em R$ 2,2 bilhões. Para Fortaleza, a concessão de 30 anos foi estimada em no mínimo R$ 1,6 bilhão, mas o investimento é estimado em R$ 1,3 bilhão. Para Santa Catarina, a outorga será de R$ 339 milhões e o investimento previsto em 30 anos é de R$ 887 milhões. O aeroporto da capital gaúcha terá o menor tempo de concessão, 25 anos. Lá, os investimentos estimados são de R$ 1,6 bilhão, com outorga mínima de R$ 729 milhões. Nos dois leilões anteriores de aeroportos, houve uma disputa com um grande número de participantes e as ofertas dos vencedores foram agressivas. O Galeão (RJ), por exemplo, teve oferta quase 300% superior ao mínimo. A agência aceitou a recomendação do TCU de reduzir o requisito para o operador aeroportuário participar de já ter operado um aeroporto de 10 milhões de passageiros/ano. O número vai ser de 9 milhões para Salvador e Porto Alegre, 7 milhões em Fortaleza e 4 milhões em Florianópolis.

Justiça Federal determina prisão dos irmãos Schincariol por crime tributário

04 de Maio de 2016 - 17:40

A Justiça Federal em Assis, no interior de São Paulo, determinou a prisão preventiva dos irmãos Caetano Schincariol Filho e Fernando Machado Schincariol. De acordo com o G1, a decisão divulgada nesta terça-feira (3) se refere aos mesmos crimes pelos quais eles foram presos em março, mas em um processo diferente. Desde 2001, os dois responderam a 11 ações penais na Justiça Federal por crimes tributários e mesmo depois de condenados seguiram cometendo as práticas ilícitas. Fernando estava preso em regime semiaberto na penitenciária Marília, também no interior paulista. Ele conseguiu um habeas corpus e ficou livre até a última quinta-feira (25) quando saiu a nova decisão de prisão preventiva. Caetano já estava preso na penitenciária de Assis por conta da condenação de março. Ele e o irmão devem seguir detidos na unidade prisional de Assis.

Brasileiro tem ido menos ao mercado

04 de Maio de 2016 - 17:30

Uma pesquisa divulgada pela Associação Paulista de Supermercados revelou que os brasileiros têm ido menos ao supermercado e diminuído a compra de alguns itens corriqueiros, mas continuam comprando os produtos "premium". Realizado pela Nielsen e pela Kantar Worldpanel, o estudo analisou hábitos de consumo de 2013 a 2015. Principalmente clientes da classe C seguiram realizando suas compras dos chamados produtos premium, como por exemplo, cervejas artesanais. Em troca, eles levam produtos básicos, como os de limpeza, de marcas baratas. Foi observado também um aumento de compras pela internet, no chAmado e-commerce. O setor deve aumentar 43% em quatro anos, ou seja, de 41,3 milhões de reais em compras online em 2015, para 59,8 milhões em 2019.

Goleiros de Santos e Sport serão indenizados por imagem utilizada na franquia Fifa

04 de Maio de 2016 - 17:20

O juiz Márcio Teixeira Laranjo, da 21ª vara Cívil de São Paulo, condenou a produtora Eletronic Arts a indenizar os goleiros Vanderlei Farias, do Santos, e Alessandro Beti Rosa, do Sport Recife, por uso não autorizado de suas imagens nos jogos eletrônicos da franquia Fifa e Fifa Manager. Em decisão foi proferida na última terça-feira (3), com a determinação do pagamento do valor de R$ 55 mil para cada atleta. Segundo os jogadores, a empresa utilizou a sua imagem, características pessoais e profissionais sem qualquer autorização em várias edições dos dois jogos. A produtora sustentou em sua defesa que as personagens são representações genéricas de figuras masculinas, além de que foi firmado um acordo de licença com a Federação Internacional dos Atletas Profissionais (Fifpro) e que o esporte é patrimônio imaterial e seus jogadores são pessoas públicas. "De nada vale a requerida sustentar, em breve síntese, que o jogador de futebol é pessoa pública e, portanto, seu direito à personalidade cede espaço aos direitos de informação e liberdade de expressão, sendo assim a autorização desnecessária. A pessoa pública também é titular de direito de imagem e merece proteção", afirmou o magistrado. Essa não é a primeira vez que atletas processam a Eletronic Arts em relação aos seus direitos de imagem. Desde 2014, diversos jogadores do futebol nacional tem efetuado processos contra a empresa de jogos eletrônicos. Entretanto, segundo a própria EA, grande parte dos processos tem sido ganhos pela desenvolvedora.

A estranha 'depressão' de Lula

04 de Maio de 2016 - 16:50

Vem da coluna de Mônica Bergamo uma informação, ainda não confirmada, segundo a qual o ex-presidente Lula estaria atravessando um período de depressão, o que teria sido o real motivo para que ele não acompanhasse a presidente Dilma Rousseff ao Anhangabaú, no Primeiro de Maio, Dia do Trabalhador. Lula alegou para não estar presente, uma rouquidão, e sem condições de discursar. Pareceu mesmo estranho, na medida em que a sua decisão foi de última hora. A questão presumivelmente, ainda de acordo com a coluna, seria um desentendimento entre ele e a presidente, ou alguma coisa como um desacordo. Por cima, D. Marisa quer distância de Dilma. As duas não se relacionam. Há alguns meses, Lula se afastara do Palácio do Planalto e só retornou diante das dificuldades da presidente como, também, em razão de ele necessitar de cobertura, como ministro da Casa Civil (o que não aconteceu), para não ser preso pela Lava-Jato. O caso acabou indo para o Supremo Tribunal Federal, escapando do juiz Sérgio Moro. Pode estar por aí a depressão na qual Lula estaria mergulhado. Como, supostamente, ele está envolvido com empreiteiros e com o caso da Petrobras, que foi saqueada, a sua situação está muito distante de ser boa. Sua prisão poderá voltar à baila a qualquer momento depois da saída de Rousseff, se isto vier a ocorre, provavelmente na próxima semana. O fato é que Lula se distanciou da presidente nos últimos 15 dias. A informação teria sido levada à coluna de Bergamo por um amigo próximo do ex-presidente. (Por Samuel Celestino / Bahia Notícias)

Aqui na Bahia tem peixe pra gente comer, ironiza Viana sobre Mancini no Santos

04 de Maio de 2016 - 16:40

Se depender do presidente do Vitória, o técnico rubro-negro, Vagner Mancini, não vai deixar a Toca do Leão. Em entrevista ao apresentador José Eduardo, na manhã desta quarta-feira (4), na rádio Metrópole, Raimundo Viana comentou sobre as especulações, como por exemplo, a possível ida do treinador para o Santos, que tem Peixe como mascote. "Ele não sai. E outra: aqui na Bahia tem peixe bom para gente comer", cutucou. Em seguida, quando questionado por José Eduardo sobre o que ele achava de sardinha, Viana brincou. "Eu acho um prato bom", disse ao lembrar que o "apelido ingrato" ao Bahia foi dado pelo técnico Joel Santana. O mandatário do Leão aproveitou para rasgar elogios a Vagner Mancini. "Mancini é um dos melhores técnicos do Brasil, o grupo sempre esteve na mao dele, é um cara alegre e tem uma equipe que joga junto", garantiu. (Foto: Tácio Moreira/Metropress)

Ameaça de bomba no Ministério da Agricultura foi alarme falso

04 de Maio de 2016 - 16:30

O Batalhão de Operações Especiais (Bope) da Policia Militar do Distrito Federal informou que a ameaça de bomba que resultou na evacuação do Ministério da Agricultura e Abastecimento foi alarme falso. A ameaça de que haveria duas bombas no local foi feita na manhã de hoje (4), por telefone, às 8h, em ligação atendida por uma funcionária do setor de segurança.Como medida de segurança, o prédio e o anexo do ministério, na região central de Brasília, foram evacuados a partir das 8h40. Por volta das 11h30, foi autorizado o retorno dos servidores. De acordo com o Bope, cerca de 450 pessoas deixaram os dois prédios para uma averiguação que contou com a ajuda do Corpo de Bombeiros e da Polícia Federal.A atual situação política do país e o fato de o Ministério da Agricultura ser chefiado pela ministra pemedebista Kátia Abreu – que, contrariando decisão nacional do partido, se manteve no cargo – foram levados em considerações pelos policiais, no sentido de buscar a dimensão do risco que a ameaça representava. “Temos de nos ater a tudo. Assim sendo, o contexto político ajuda a indicar o grau de risco para termos um retrato mais preciso da situação”, disse o cabo Itamar, em nome do comando do Bope que fez a averiguação do local.

Passageiros de 1ª classe são odiados pelos demais, diz estudo

04 de Maio de 2016 - 16:20

Um estudo publicado no periódico Proceedings of the National Academy of Sciences pesquisou a "luta de classes" que ocorre entre os passageiros de voos e descobriu que o "ódio aéreo" entre os passageiros da classe econômica e da primeira classe não é tão incomum assim. Os dados anônimos dos passageiros foram fornecidos por uma grande companhia aérea internacional.Segundo o site 'Vice', em uma escala psicológica, a simples presença de passageiros VIPs pode equivaler a um atraso de 9 horas e 29 minutos no voo. Os passageiros da classe VIP, que recebem tratamento diferenciado, ocupam área exclusiva e restrita e ostentam muitas regalias e confortos, causam revolta nos passageiros isolados da classe econômica."Aviões são microcosmos de estratificação social", pois os passageiros da área mais barata são constantemente lembrados de sua condição social:“Viagens aéreas e aeroportos tornam a guerra de classes muito aparentes para as pessoas”, explicou a principal autora do estudo, Katherine DeCelles, professora associada de comportamento organizacional da Universidade de Toronto, no Canadá.

Sessenta balseiros cubanos chegam à Flórida em uma semana

04 de Maio de 2016 - 14:40

Nove balseiros cubanos pisaram em terra firme nesta terça-feira no arquipélago das Flórida Keys, elevando a 60 o número de imigrantes sem documentos da ilha comunista que chegaram por mar à região americana em menos de uma semana. Os imigrantes poderão permanecer nos Estados Unidos, pois segundo as leis americanas, os cubanos que pisam em solo americano podem ficar, enquanto os que são capturados no mar são repatriados. O último grupo de nove cubanos chegou em uma embarcação precária na manhã de terça-feira "ao quilômetro 96 da rodovia US 1 em Tavernier", nos Keys da Flórida (Sudeste dos EUA), confirmou a porta-voz do gabinete do xerife do condado de Monroe, Becky Herrin. Trata-se da quinta balsa a chegar às praias dos Keys desde 29 de abril, informou ela à AFP. O medo de que, no âmbito do processo de normalização das relações iniciado por Washington e Havana, em dezembro de 2014, os cubanos percam os benefícios migratórios - dos quais nenhum outro cidadão de outra nacionalidade conta nos Estados Unidos -, gerou uma escalada migratória da ilha, tanto por mar quanto por terra. Washington insiste em que não tem previsto alterar as leis migratórias. Faltando pouco menos de cinco meses para terminar o atual ano fiscal, mais de 3.500 cubanos tentaram chegar em balsas à costa americana, segundo dados da Guarda Costeira, contra 4.473 no ano fiscal de 2015 (outubro 2014-setembro 2015). A migração para os Estados Unidos por terra através da América do Sul e Central também disparou, abrindo o caminho para situações críticas, como ocorreu com os milhares de cubanos bloqueados nos últimos meses na Costa Rica e recentemente no Panamá.

Comcar rejeita proposta de rebatizar circuito Dodô com nome de Daniela Mercury

04 de Maio de 2016 - 14:20

O Conselho Municipal do Carnaval de Salvador (Comcar) rejeitou na noite desta terça-feira (3) a mudança do nome do circuito Dodô (Barra) para Daniela Mercury. A proposta foi aprovada na Câmara Municipal de Salvador (CMS) e teve como autora a vereadora Vânia Galvão (PT) (clique aqui e leia). Apesar de não ter o poder de decidir se a proposta entraria em vigor ou não, o prefeito de Salvador, ACM Neto, que decidiria sobre a mudança, afirmou que iria ouvir o colegiado para tomar uma decisão final. Artistas como Moraes Moreira (clique aqui e leia) e Armandinho (clique aqui e leia) já haviam se manifestado de forma contrária à mudança.

Janot pede abertura de inquérito contra Dilma, Lula e Cardozo por obstruir a Lava Jato

04 de Maio de 2016 - 13:50

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, enviou ao Supremo Tribunal Federal (STF) um pedido de abertura de inquérito para investigar a presidente Dilma Rousseff, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o advogado-geral da União, ministro José Eduardo Cardozo. Eles teriam obstruído a Justiça ao atrapalhar os trabalhos da Operação Lava Jato. O pedido é sigiloso pois tem como base as interceptações telefônicas que gravaram conversas entre Dilma e Lula. Os áudios foram divulgados inicialmente pelo juiz federal Sérgio Moro, mas Teori Zavascki decretou sigilo sobre eles posteriormente. No pedido de abertura de inquérito, Janot questiona a nomeação de Lula para ministro-chefe da Casa Civil e a nomeação do ministro Marcelo Navarro Ribeiro Dantas para o Superior Tribunal de Justiça (STJ) no ano passado. Em nota, o instituto Lula afirmou que "só existe um crime evidente neste episódio: a gravação clandestina e divulgação ilegal de um telefonema da presidenta da República". Cardozo, falando também em nome da presidente Dilma, disse que as denúncias são "absolutamente levianas e mentirosas". inda ontem foi divulgada a informação que Janot pediu ao STF a inclusão de 31 políticos no maior inquérito em andamento sobre a Operação Lava Jato, incluindo Lula e Jaques Wagner.

JAC Motors perde terreno e deve produzir menos veículos em Camaçari

04 de Maio de 2016 - 13:40

 

A montadora JAC Motors precisou mudar o local onde vai ser instalada sua fábrica em Camaçari e reduziu a estimativa de produção de veículos. Segundo a coluna Farol Econômico, do jornal Correio, a empresa deve perder o terreno de 6 milhões de metros quadrados onde estava prevista a construção em Camaçari. A montadora já garantiu a locação de um galpão pronto na mesma cidade. A expectativa era que a montadora pudesse produzir 100 mil veículos por ano, com investimento de R$ 1 bilhão. Por conta da diferença de tamanho da nova área, o valor empregado deve ser de R$ 200 milhões com estimativa 20 mil carros por ano produzidos. "A JAC Motors já definiu o novo local de sua fábrica no Brasil. O contrato de locação já foi firmado e assinado com o proprietário do imóvel e a produção será iniciada no primeiro trimestre de 2017", diz o presidente da JAC Motors do Brasil, Sérgio Habib, em nota. Ainda de acordo com a coluna Farol Econômico, a área onde estava prevista inicialmente a construção da fábrica é negociada pelo governo com a Federação das Indústrias do Estado da Bahia (FIEB) para abrigar uma unidade do Senai Cimatec.

Camaçari: Elinaldo e Tude vão formar chapa de oposição para eleições 2016

04 de Maio de 2016 - 13:30

Um acordo entre o vereador Elinaldo Araújo (DEM) e o recém-filiado ao PMDB Tude vai formar uma chapa de oposição ao prefeito Ademar Delgado (PT) nas eleições 2016 à prefeitura de Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador (RMS). De acordo com o presidente do DEM local, Hélder Almeida, a união dos prefeituráveis deve ser comunicada no próximo mês, restando definir apenas quem fica na cabeça da chapa e quem fica como vice. “Já havia um pré-acordo desde o ano passado entre as oposições em Camaçari e as coisas foram acontecendo, com cada pré-candidato fazendo seu caminho. Em junho, nós vamos comunicar a definição da chapa”, disse Almeida contatado pelo Bahia Notícias. Segundo ele, dois pontos foram determinantes para a candidatura: aumentar a força da oposição com o intuito de vencer o pleito e a articulação do prefeito de Salvador, ACM Neto, interessado na derrota de Ademar Delgado, ligado ao governador Rui Costa. “O apoio de Neto foi preponderante, mas houve também uma maturidade das oposições que não quer mais o caos que se transformou Camaçari”, disse.

Laudo da PF indica cartelização em licitações da OAS e Odebrecht na Petrobrás

04 de Maio de 2016 - 13:20

Laudo pericial criminal da Polícia Federal com base na análise de licitações da Petrobrás em que participaram duas das maiores construtoras do País, a Odebrecht e a OAS, indica que elas foram vencedoras com valores de contrato perto do limite máximo permitido nas disputas em que as concorrentes eram todas empresas integrantes do cartel alvo da Operação Lava Jato, conhecido como “Clube dos 15”. Em conluio com agentes públicos e políticos, em especial do PT e do PMDB, o esquema garantia o loteamento das maiores obras da estatal, mediante pagamentos de propinas que variamm de 1% a 3%. “As Construtoras Norberto Odebrecht e OAS sagraram-se vitoriosas com propostas de preços próximas ao limite superior da Petrobrás apenas em condições onde todas as empresas concorrentes faziam parte do grupo indicado como ‘Clube dos 15’”, informa o laudo 2400/2015, anexado nesta terça-feira, 3, ao inquérito que investiga executivos da OAS, em Curitiba. “Ademais, nota-se também que apenas nas licitações onde todas as empresas faziam parte do ‘Clube dos 15′ as Construtoras Norberto Odebrecht e OAS apresentaram propostas perdedoras bem acima dos limites admitidos pela Petrobrás uma postura de ‘cobertura’ para eventual vencedora.” O laudo é assinado pelo chefe do Setor Técnico-Científico da Superintendência Regional da PF, em Curitiba, Fábio Augusto da Silva Salvador, e pelos peritos criminais João José de Castro Baptista Vallim e William Gomes. Foram analisados como ponto central desse laudo 2400/2016 contratos de 2009 para obras na Refinaria Abreu e Lima (Rnest), em Pernambuco. São obras de R$ 1,48 bilhão e R$ 3,19 bilhões vencidos pelo Consórcio Rnest-Conest, formado pelas empresas Odebrecht e OAS. Nele foram cruzados dados fornecidos pela Petrobrás, com documentos apreendidos nas duas empreiteiras, com materiais disponíveis nos autos da Lava Jato para apontar uma majoração em apenas dois pacotes de obras de R$ 1,81 bilhão – valor corrigido. Leia mais no Estadão.

Cassação de Delcídio pode ter rito sumário

04 de Maio de 2016 - 12:50

Uma articulação de bastidores que conta com a cúpula do PMDB do Senado, com apoio de petistas e oposicionistas, pretende acelerar o processo de cassação do senador Delcídio Amaral (sem partido-MS). Após a aprovação ontem do parecer que pede a perda de mandato do ex-petista por unanimidade no Conselho de Ética do Senado, a intenção é tentar adotar uma espécie de rito sumário na votação do pedido contra Delcídio, ex-líder do governo Dilma Rousseff na Casa. Para tanto, o presidente da Comissão de Constituição e Justiça do Senado, o peemedebista José Maranhão (PB), convocou uma reunião extraordinária do colegiado às 9h30 de hoje para avaliar se o parecer sobre Delcídio no Conselho de Ética seguiu as formalidades constitucionais previstas. No início da noite de ontem, o senador Ricardo Ferraço (PSDB-ES), recém-saído do PMDB, foi designado relator. A ação de peemedebistas visa aprovar a manifestação de Ferraço – que ainda não foi sequer apresentada – na CCJ e em seguida tentar apreciar em votação aberta a cassação do ex-líder do governo ainda nesta tarde em plenário. Para isso ocorrer, será preciso, além da votação de um parecer do relator, que a CCJ quebre prazos regimentais para levar o caso para a votação de todos os senadores. Ferraço disse ao Estado que está estudando o caso para firmar um juízo. Se não for possível na tarde de hoje, a intenção é votar a cassação do ex-líder do governo antes da próxima quarta-feira, dia 11, data em que o Senado deverá votar em plenário o afastamento de Dilma. O movimento suprapartidário para acelerar o processo contra o ex-petista ocorre após o caso envolvendo-o ficar um mês paralisado no Conselho de Ética da Casa. Ganhou impulso desde que Delcídio acusou supostas irregularidades, em delação premiada, importantes quadros do PMDB, PT e PSDB: o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL); o presidente em exercício do PMDB e cotado para assumir o Ministério do Planejamento em um eventual governo Michel Temer, Romero Jucá (RR); os senadores Valdir Raupp (PMDB-RO) e Edison Lobão (PMDB-MA); o presidente do PSDB, senador Aécio Neves (MG); Dilma e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Leia mais no Estadão.

Deputado Alex Lima pode ter mandato cassado pelo TRE

04 de Maio de 2016 - 12:40

O deputado estadual Alex Lima (PTN) pode ter o mandato cassado pelo Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA), que julgará o pedido nesta quinta-feira (5). Protocolizado na Corte pelo Ministério Público Eleitoral da Bahia (MPE-BA), o pedido argumenta que Lima, enquanto candidato em 2014, cometeu irregularidades como propaganda eleitoral dissimulada e participou de festejos juninos custeados com dinheiro público na cidade de Conde. “No último São João, 24 de junho [de 2014], Marly e Paulo Madeilrol [prefeita e secretário], que são casados, utilizaram a máquina pública para promover a candidatura de Lima, que é esposo de uma das filhas do casal. A festa de São João do município foi utilizada para, com o dinheiro da prefeitura, bancar mini-trio elétrico, comprar camisas com o nome do candidato e cervejas para distribuição gratuita”, diz o MPE. De acordo com Lima, ele é vítima de ‘uma briga local entre dois grupos políticos’, no qual foi envolvido de forma equivocada. O parlamentar negou também que seja casado com a filha da prefeita Marly.

Cunha era ‘líder’ de esquema de corrupção em Furnas, diz Janot

04 de Maio de 2016 - 12:30

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, apontou que o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), era um dos líderes do esquema de corrupção que atuava em Furnas. A afirmação consta no pedido de abertura de um novo inquérito contra o peemedebista que chegou ao Supremo Tribunal Federal (STF) esta semana.”Pode-se afirmar que a investigação cuja instauração ora se requer tem como objetivo preponderante obter provas relacionadas a uma das células que integra uma grande organização criminosa – especificamente no que toca a possíveis ilícitos praticados no âmbito da empresa Furnas. Essa célula tem como um dos seus líderes o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha”, diz a peça assinada por Janot. Segundo o procurador-geral da República, é sabido “que essa organização criminosa é complexa e que, tudo indica, operou durante muitos anos e por meio de variados esquemas estabelecidos dentro da Petrobras e da própria Câmara dos Deputados, entre outros órgãos públicos. Embora estes ‘esquemas’ tenham alguma variação entre si, é certo que eles coexistem e funcionam dentro de um conserto maior”.Essa nova linha de investigação contra Cunha surgiu a partir da delação premiada do senador Delcídio Amaral (sem partido-MS). O presidente da Câmara já é réu em uma ação no Supremo e é investigado em outros inquéritos no âmbito da Operação Lava Jato.Janot também pediu que o STF abra uma investigação sobre a participação do presidente do PSDB, senador Aécio Neves (MG), no esquema de Furnas. Ele destacou, no entanto, que “tudo leva a crer que se tratava de ‘esquemas’ independentes entre si, inclusive operados por pessoas distintas”.

Comissão do Senado encerra fase de debates sobre o impeachment

04 de Maio de 2016 - 12:20

 

A comissão especial do impeachment no Senado encerrou na noite desta terça-feira, 3, a fase de debates sobre o processo de afastamento da presidente Dilma Rousseff. A sessão, dedicada a ouvir convidados especialistas indicados por senadores governistas, durou quase 13 horas. Nesta quarta-feira, 4, o relator Antonio Anastasia (PSDB-MG) fará a leitura de seu relatório.Na segunda-feira, a comissão também ouviu especialistas indicados pela acusação. Na semana anterior, o Senado havia recebido dois dos autores do pedido de impeachment, os juristas Miguel Reale Jr. e Janaína Paschoal, além da defesa da presidente, feita pelo advogado-geral da União, José Eduardo Cardozo, e pelos ministros da Fazenda, Nelson Barbosa, e da Agricultura, Kátia Abreu.Amanhã, toda a sessão será dedicada à leitura do parecer de Anastasia, que deve indicar voto favorável ao afastamento da presidente. Mas a discussão do relatório será feita apenas na quinta-feira, 5, quando Cardozo terá outra oportunidade de defender a presidente. A votação na comissão está marcada para sexta-feira (6). Já a votação no plenário do Senado, que pode afastar por 180 dias a presidente, está prevista para o dia 11 de maio.

Resumo Policial dia 04-05-16

Mais dois homicídios em Alagoinhas:

1- 13:30 21 de Setembro próximo do clube dos 30, vitima Uriel Leal de Jesus de 27 anos. Ele foi executado com vários disparos de arma de fogo na região da cabeça. Uriel trabalhava como segurança de eventos Corpo encaminhado ao IMl.

2- 16:30 Estrada de Oxossi no Miguel Velho. Foi encontrado caído ao solo a pessoa de José Alisson de Jesus Santos de 15 anos. ele estava de bermuda e com a camisa envolta na cabeça como se fosse um capuz. Levou 6 tiros, ninguém testemunhou o fato. Corpo encaminhado ao IML.

Assalto: 06:30 Santa Terezinha, vitima um garoto de 15 anos. segundo ele estava indo para a escola quando foi abordado por dois elementos numa moto vermelha. Perdeu o celular.

Arrombamento: 08:00 escola municipal Alaíde Santana Santos. Levaram duas garrafas térmicas, um liquidificador e toda merenda da escola. Entraram pelo telhado do banheiro.

Apresentação de veículo:

11:00 A PM apresentou procedente do Vale, uma moto CG vermelha 150 Fan placa NTK 3287. Tal veículo foi tomado de assalto na Santa Terezinha no dia anterior.

Assalto:

11:30 Fazenda Espinho, vitima dois rapazes. Eles estavam em um veículo L200 Mitsubishl branco placa OZO 7169, e ao passagem em baixa velocidade numa poça de lama, foram surpreendidos por dois elementos que estavam numa moto. Levaram a L200 que no interior tinha um not book, documentos e dois celulares.

Assalto: 11:40 Rua Conselheiro Saraiva, vitima a proprietária de um salão de beleza mais cinco clientes. Segundo relato um jovem bem vestido adentrou ao estabelecimento, deu bom dia e ao mesmo tempo sacou de um revolver anunciando o delito. Levou do estabelecimento R$ 230,00 reais e os celulares das clientes. Na fuga, contava com um parceiro que estava com uma moto modelo cinquentinha branca. Fato se deu na última sexta feira dia 29.

. Ato infracional:

11:45 a PM apresentou procedente da uma escola na rua 15 de Novembro, um adolescente de 15 anos, aluno da casa, o qual estava em sala de aula portando uma garruncha Rossi calibre 22.

Procuradoria pede R$ 155 bilhões a mineradoras pelos danos do desastre de Mariana

04 de Maio de 2016 - 07:50

O Ministério Público Federal de Minas Gerais ingressou com uma ação civil pública na Justiça pedindo uma indenização de 155 bilhões de reais da mineradora Samarco e das suas controladoras Vale e BHP para reparação dos danos sociais, ambientais e econômicos decorrentes do rompimento da barragem de Fundão, em Mariana (MG), em novembro do ano passado. Uma onda de lama de rejeitos de ferro vazou da contenção, causando a morte de dezenove pessoas e a devastação de vilarejos, flora e fauna da Bacia do Rio Doce. O valor é o maior já requerido pelas autoridades às empresas responsáveis pela barragem. O mais alto até então era o acordo assinado, no início do ano, entre as empresas, a União e os governos de Minas e do Espírito Santos para criar um fundo de 20 bilhões de reais para recuperação da bacia do Rio Doce. Para chegar ao valor, os procuradores tomaram como parâmetro o que foi desembolsado na tragédia da plataforma de petróleo Deepwater Horizon, que explodiu e afundou no Golfo do México, em abril de 2010. Onze pessoas morreram e cerca de 4,9 milhões de barris de óleo foram despejados no mar, atingindo a costa do Alabama, Flórida, Lousiana, Mississippi e Texas numa área aproximada de 1.728 quilômetros. A empresa responsável pela plataforma, a British Petroleum (BP), pagou em indenizações um montante de 43,8 bilhões de dólares, segundo a ação. "A menos que se queira supor que o milímetro do meio ambiente no Brasil valesse menos que nos Estados Unidos, é inadmissível que a valoração do dano ambiental provocado pelas empresas rés fique aquém dos 43,8 bilhões de dólares, ou 155 bilhões de reais", diz a ação. Os procuradores argumentam que, em Mariana, a devastação provocada pelo rompimento da barragem foi superior à do golfo do México. Segundo a ação, foram despejados cerca de 50 milhões de metros cúbicos de resíduos de mineração na Bacia do Rio Doce, que percorreram em torno de 663 quilômetros da barragem de Fundão ao Oceano Atlântico. "Aqui se contabilizou o infortúnio de mais mortes e um estrago ecossistêmico também maior, como há pouco descrito, e que, a título de síntese, pode ser caracterizado pela morte de um dos maiores rios do país e o comprometimento de sua bacia e dos espaços estuarinos, dos fazeres e viveres das comunidades que ousaram ficar no caminho de milhões de metros cúbicos de lama", diz o texto. O MPF também entendeu que o acordo celebrado pelo poder público e as empresas, referente à criação do fundo de 20 bilhões de reais, não contempla de maneira integral todos os direitos violados pelo desastre. Segundo o MP, o poder público não ouviu o lado dos atingidos nas negociações, concedeu "injustificadamente tratamente beneficiado" à Vale e à BHP, e não estabeleceu mecanismos jurídicos mínimos para o cumprimento das obrigações assumidas pela mineradora. Resultado de 6 meses de investigação, a ação tem 359 páginas, além de cerca de 10.000 páginas de laudos técnicos, relatórios de inspeção e depoimentos. Além das empresas, O MPF ainda coloca a União, o Estado de Minas Gerais e do Espírito Santo como alvos do processo, afirmando que eles devem responder pela omissão na falha da fiscalização das barragens. O MPF também pede às autoridades a melhora no processo de licenciamento ambiental dos empreendimentos minerários.

Autor de impeachment de Collor diz não ver motivos para afastar Dilma

04 de Maio de 2016 - 07:40

O ex-presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) Marcello Lavenère disse que a presidente Dilma Rousseff não praticou crime de responsabilidade que justifique seu impedimento. Ele foi um dos autores do pedido de impeachment contra o então presidente e atual senador Fernando Collor (PTC-AL). De acordo com a Agência Senado, em depoimento na Comissão Especial do Impeachment a convite de aliados do governo, ele disse estar em curso no país "uma manobra urdida pelo inconformismo" com o resultado das eleições de 2014. Segundo, Lavenère, a vítima estava escolhida e só faltava um motivo para justificar o processo. “No caso de Collor, tinha crime praticado pelo presidente, com suas próprias mãos e falta de ética. E agora não existe isso. Não havendo crime, quem por acaso aderir a essa posição faz o mesmo que um médico que prescreve uma quimioterapia pesada para quem se apresenta com um simples corte na mão. A quimioterapia tem efeitos colaterais terríveis, e nenhum médico a recomendaria se o paciente não padecesse de um grave mal”, argumentou. Marcello Lavenère lembrou ainda que, na época, não apareceu nenhum jurista para defender Collor, diferentemente do que ocorre hoje com Dilma. Além disso, observou, nenhuma entidade, com exceção da OAB, tem mostrado apoio ao impedimento. “E tenho certeza de que logo logo a OAB vai perceber o erro e vai mudar”, estimou.

 



 
 
 
linha190

 
linha190 
 
  Partido Social Cristãobr /> O ser Humano em Primeiro Lugar
 
 
 
 
 
 
 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Rua Bahia trolar tel: (75) 3422- 2912

 
 
 
 
 
Contatos 
Marcus Aragão
Caio Costa

Erica Manoela
Paulo Pinto

Liliane Pimenta
Colunas
Pau na preá
Falando direito

Tecnologia

Notícias
Relatório policial
Alagoinhas


Mundo
Saúde
Esporte
Beleza