BAR1PRINC
an
 
 
Página Inicial  Contato Mundo  Arquivo Alagoinhas Entrevista Rádios
Quer o dia com mais horas? Ele está ficando mais longo, diz estudo

Para quem reclama que o dia é curto, uma boa notícia: a natureza está tentando aumentá-lo. O ritmo, porém, é bastante lento. De acordo com registros compilados por cientistas, nos últimos 3.000 anos os dias ficaram 1,8 milésimos...

História de Alagoinhas

A história de Alagoinhas começa com o início do seu povoamento, no final do século XVIII, quando um padre português fundou uma capela no seu território e daí começou a próspera vila em função da chegada de imigrantes...

 
 


Google:                                          

CONTATO

linha190

 
  
 

Enquete

 

O que você prefere ouvir?

  • Arrocha
  •  
  • Pagode baiano
  •  
 
  Tel: (75) 3422-3727
 
 

3181-4391 / 99870-2705

99973-5753 / 99982-1846

JARDIM PETROLAR

 
 
 

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Publicidade

Vai pintar? Pinte na Feira Tintas.

SUPER PROMOÇÃO DA FEIRA TINTAS.

CONFIRA: TINTA ACRÍLICA CORAL, 18 LITROS, A PARTIR DE R$ 89,90. É ISSO MESMO, É TINTA CORAL POR APENAS R$ 89,90.

E TEM MAIS, COMPRANDO NA FEIRA TINTAS VOCÊ AINDA CONCORRE A UMA MOTO ZERO KM.

FEIRA TINTAS, IMBATÍVEL NOS PREÇOS BAIXOS.

DUAS LOJAS EM ALAGOINHAS: NO CENTRO, ATRÁS DAS LOJAS AMERICANAS, E NA SANTA TEREZINHA EM FRENTE AO JOVEM POSTO

 

 

Lava Jato monta esquema especial para ouvir delatores da Odebrecht

08 de Dezembro de 2016 - 18:20

A força-tarefa da Operação Lava Jato se organiza e procura novos integrantes para agilizar o trabalho de ouvir os depoimentos dos executivos e ex-executivos da Odebrecht, que fecharam o maior acordo de colaboração premiada das investigações de cartel e corrupção na Petrobrás. Os procuradores se subdividiram em equipes para formalizar no papel e em vídeo os termos de delação das 77 pessoas ligadas ao grupo empresarial, entre eles, o presidente afastado Marcelo Bahia Odebrecht e o patriarca Emílio Odebrecht. A meta dos procuradores é começar ainda nesta sexta-feira, 9, – na quinta é feriado do Dia da Justiça -, ou na segunda-feira, 12. Os depoimentos começam nove meses após o início das negociações e serão realizados em pelo menos cinco estados. A pulverização em diversas localidades tem como objetivo agilizar o processo. Além de Curitiba (PR), estão previstos depoimentos em Brasília (DF), São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ) e Salvador (BA). Para dar conta da quantidade de depoimentos, a força-tarefa tem procurado novos integrantes para atuar nos casos relacionados à delação da Odebrecht. A força-tarefa se subdividirá em equipes de procuradores da Procuradoria-geral da República, que é quem fez o acordo de delação premiada, e da Procuradoria em Curitiba, origem das investigações da Lava Jato, e que ficará responsável pelo acordo de leniência (espécie de delação para empresas). A expectativa era conseguir tomar os depoimentos até o dia 19, quando começa o recesso do Judiciário. Investigadores da força-tarefa e advogados ouvidos pelo Estado, no entanto, admitem que devem conseguir concluir tudo apenas em janeiro. Desse modo, no retorno do recesso o ministro Teori Zavascki, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), deve receber o conteúdo do acordo para deliberar sobre sua homologação. Só após a homologação da Justiça, as delações poderão ser utilizadas para abertura de inquéritos ou na solicitação de medidas cautelares, como busca e apreensão e prisão de pessoas citadas. A leniência será apresentada para homologação para o juiz federal Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal, em Curitiba. Tanto a Justiça em primeira instância, como o Supremo os trabalhos serão retomados em fevereiro de 2017. Até lá, a força-tarefa quer ter concluído todos os depoimentos a serem apresentados para homologação.

Combate à corrupção ‘é evolução do processo civilizatório’, diz Janot

08 de Dezembro de 2016 - 17:50

O procurador-geral da República Rodrigo Janot disse que o combate à corrupção representa ‘um importante instrumento da evolução do nosso processo civilizatório’. “O desenvolvimento da nossa sociedade se dará de maneira mais aprimorada se incorporarmos, não só na agenda das instituições, mas no cidadão brasileiro, o combate à corrupção”, declarou Janot nesta quarta-feira, 7, durante debate sobre as 10 Medidas do Ministério Público Federal (MPF), no Dia Internacional de Combate à Corrupção. Durante o evento, promovido pela Câmara de Combate à Corrupção do MPF, em Brasília, o procurador-geral enfatizou a importância do trabalho cooperado entre todas as instituições e órgãos de controle ‘para atingir os objetivos de aprimorar o combate à corrupção’. De acordo com Janot, ‘a transparência é fundamental para que seja demonstrada uma atividade profissional, não ideológica e destinada única e exclusivamente ao combate à corrupção’. Em relação às 10 Medidas contra a Corrupção, o procurador destacou que ‘todos esses instrumentos constam de tratados ou de convenções internacionais, ou já foram provados em países cujo o desenvolvimento do processo civilizatório está além do nosso’. Ao destacar ‘a importância’ do Legislativo no combate à corrupção, Janot declarou que ‘sem uma base legal eficaz e moderna, que coloque à disposição dos órgãos de controle os instrumentos necessários para a atuação de cada um, nada disso seria ou será possível’. Segundo ele, a aprovação da Lei da Ficha Limpa, da Lei de Acesso à Informação, da Lei de Combate ao Crime Organizado – que possibilitou a colaboração premiada -, e da modernização da Lei de Lavagem de Dinheiro foi fundamental para atingir aos resultados atuais. Ao final de sua exposição, o procurador-geral da República anunciou detalhes do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), firmado pela Câmara de Combate à Corrupção com o Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal.

Fiéis celebram 45 anos de Nossa Senhora da Conceição

08 de Dezembro de 2016 - 17:40

Os devotos de Nossa Senhora da Conceição da Praia, na Bahia, participam hoje (8) de celebrações em homenagem à padroeira do estado, em Salvador e cidades do interior. Segundo a Arquidiocese da capital, oito missas serão celebradas, durante o dia, na Basílica Santuário Nossa Senhora da Conceição da Praia, no bairro do Comércio. Padre Valson Sandes, da Arquidiocese de Salvador, conta que a imagem de Nossa Senhora da Conceição chegou à cidade na mesma embarcação do fundador português, Tomé de Souza, em 1549. A imagem original continua na Basílica, que fica em frente ao mar, na Cidade Baixa. Por isso, convencionou-se o culto a Nossa Senhora da Conceição da Praia. Inicialmente, uma capela foi construída no local, por ordem do então governador do Brasil, Tomé de Souza. Desde a época, as celebrações à santa já ocorriam, em menor proporção. A Basílica dos dias de hoje passou por várias etapas de construção que duraram, segundo o padre Valson, cerca de 300 anos. Em 1938, foi tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). No dia 8 de dezembro de 1854, o papa Pio IX proclamou o dogma “da Imaculada Conceição de Maria” e, por isso, a data ficou instituída para as principais celebrações à santa da Igreja Católica. O padre Valson conta que, há 45 anos, Nossa Senhora da Conceição da Praia foi considerada padroeira da Bahia pelo papa Paulo VI. Como cada município tem autonomia para definir o calendário, algumas cidades, além de Salvador, decretaram feriado no dia de hoje.

Cabral exigiu R$ 25 mi em propinas da Andrade Gutierrez

08 de Dezembro de 2016 - 17:30

 

O Ministério Público Federal aponta que a propina exigida à empreiteira Andrade Gutierrez pelo ex-governador do Rio Sérgio Cabral (PMDB), durante sua gestão, alcança a fortuna de R$ 25 milhões. Os valores saíram de contratos de obras firmadas entre o Estado e a companhia. Cabral é réu por corrupção, lavagem de dinheiro e quadrilha/pertinência à organização criminosa. Ele foi preso no dia 17 de novembro na Operação Calicute. Está recolhido no Bangu 8. Sua mulher, Adriana Ancelmo, também foi capturada por ordem da Justiça Federal e ocupa uma cela na ala feminina do Bangu. A acusação da Procuradoria da República aponta para um ‘esquema de cartelização de empreiteiras e pagamento de propina a agentes públicos em grandes obras de construção civil realizadas pelo denunciado Sérgio Cabral enquanto chefe de Governo no Estado do Rio de Janeiro (2007 a 2014), algumas delas custeadas com recursos federais’. A denúncia contra Cabral abrange somente as supostas propinas recebidas pela Andrade Gutierrez. Delatores da empreiteira e também da Carioca Engenharia apontaram ‘mesada’ de até R$ 500 mil. “Durante o seu mandato o ex-governador solicitou cerca de R$ 25 milhões em propina a dirigentes da Andrade Gutierrez, montando a partir de então junto aos seus assessores mais próximos e outras pessoas da sua extrema confiança um multifacetado esquema de lavagem de dinheiro a fim de ocultar a origem dos ganhos espúrios”, afirmam os procuradores Lauro Coelho Junior, José Augusto Simões Vagos, Eduardo Ribeiro Gomes El Hage, Leonardo Cardoso de Freitas, Renato Silva de Oliveira e Rodrigo Timóteo da Costa e Silva. Segundo a Procuradoria, a advogada Adriana Ancelmo, mulher de Sérgio Cabral, ‘mais do que apenas se beneficiar com a vida de luxo proporcionada pelos ganhos advindos dos crimes contra a administração pública engendrados pelo seu marido, atuou ativamente na lavagem direta da propina’. Para a Procuradoria, Adriana Ancelmo usou seu escritório de advocacia Ancelmo Advogados e a compra ‘de verdadeira fortuna em joias’ para lavar dinheiro. “Adriana Ancelmo ajudou Sérgio Cabral a lavar mais de R$ 6,5 milhões pela tipologia da aquisição de joias, não somente as recebendo como presentes (somente num aniversário de nascimento e outro de casamento foi presenteada pelo marido com joias que totalizaram R$ 2 milhões), mas atuando ativamente e inclusive por intermédio do seu escritório de advocacia Ancelmo Advogados”, destaca a Procuradoria.

TRF nega pedido de revogação da prisão de ex-primeira dama do Rio

08 de Dezembro de 2016 - 17:20

 

O desembargador federal Abel Gomes, do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2) negou ontem (7) habeas corpus que pedia a revogação da prisão da ex-primeira dama do estado do Rio de Janeiro Adriana Ancelmo, detida no Complexo Penitenciário de Bangu. Esposa do ex-governador Sérgio Cabral, que também está preso no complexo, ela foi presa preventivamente na última terça-feira (6), acusada de lavagem de dinheiro e participação em organização criminosa. A defesa de Adriana Ancelmo alegou que ela não oferece riscos à ordem pública nem às investigações da Operação Calicute. Além disso, é mãe de dois filhos menores de idade que estão desamparados, já que o pai, Sérgio Cabral, também está preso em Bangu. O desembargador também negou a prisão domiciliar à ex-primeira dama. O magistrado, no entanto, considerou que a prisão é necessária porque “o crime de organização criminosa, como o narrado na representação e nos autos” deve ser tratado com “a gravidade legalmente determinada. Em outras palavras: a repressão à organização criminosa que teria se instalado no governo do estado do Rio de Janeiro há de receber deste Juízo Federal o rigor previsto no Ordenamento Jurídico nacional e internacional, sem perder de vista a obediência inafastável do devido processo legal”, disse o desembargador em seu despacho. Ontem, a 1ª Turma do Tribunal Regional Federal da 2ª Região também negou a libertação de mais dois réus da Operação Calicute: Hudson Braga, ex-secretário estadual de Obras, e Carlos Miranda, ex-assessor de Cabral.

Renan comanda primeira sessão plenária do Senado após ser mantido na presidência

08 de Dezembro de 2016 - 16:50

 

O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), comanda hoje (8) a primeira sessão no plenário da Casa após a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de mantê-lo no cargo de presidente. Renan chegou ao Senado no final desta manhã e seguiu direto para o plenário onde abriu sessão deliberativa extraordinária sem fazer comentários sobre a decisão tomada ontem (7) pelo Supremo. O plenário do Senado realiza sessão plenária em que debate requerimentos que pedem a retirada de urgência do projeto de lei sobre abuso de autoridade. Também hoje o Senado realiza a primeira sessão de discussão em segundo turno sobre a PEC do Teto dos Gastos Públicos. Ontem (7), por 6 votos a 3, o STF decidiu manter o presidente do Senado na presidência do Senado, derrubando liminar do ministro Marco Aurélio Mello, que havia determinado o afastamento do senador da presidência da Casa. Com a decisão da maioria da Corte, Renan Calheiros fica impedido somente de assumir a Presidência da República em caso de viagem do presidente Michel Temer, por exemplo. Na tarde de ontem, enquanto o Supremo decidia sobre a permanência ou não de Renan à frente da Casa, o parlamentar procurou manter a rotina de normalidade no cargo permanecendo em seu gabinete, onde recebeu representantes de centrais sindicais. As sessões do Senado marcadas para terça (6) e quarta-feira (7) foram canceladas em função das discussões sobre a decisão liminar do ministro Marco Aurélio Mello e do julgamento no STF . O cancelamento das sessões pode prejudicar a contagem de prazo para a votação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 55, conhecida como PEC do Teto dos Gastos. A questão sobre a permanência de Renan no cargo foi motivada por uma ação original pela Rede Sustentabilidade. O partido pediu ao Supremo que declare réus – pessoas que respondem a ação penal – impedidos de ocupar cargos na linha de substituição do presidente da República, formada pelos presidentes do Senado, da Câmara dos Deputados e do STF.

Grêmio empata com o Atlético-MG e se torna o maior campeão da Copa do Brasil

08 de Dezembro de 2016 - 16:40

 

Em noite histórica, marcada por lágrimas e homenagens à Chapecoense, o Grêmio confirmou o favoritismo conquistado no jogo de ida e faturou o título da Copa do Brasil, nesta quarta-feira. Diante do público recorde da Arena Grêmio, com 55.337 torcedores, o time gaúcho empatou por 1 a 1 com o Atlético Mineiro e sustentou a vantagem obtida na primeira partida da final, com a vitória por 3 a 1, no Mineirão, em Belo Horizonte. Com o resultado, o time comandado por Renato Gaúcho se tornou o maior campeão da história da Copa do Brasil. O troféu marca o fim de um longo e desagradável jejum de 15 anos no Grêmio. Superado com frequência pelo rival Internacional no Estadual, o time tricolor também vinha penando nas competições nacionais. Agora, põe fim à "fila" com seu quinto título da Copa do Brasil, superando o Cruzeiro, que tem quatro. O time gaúcho também venceu em 1989, 1994, 1997 e 2001. A final desta quarta foi marcada pelas homenagens à Chapecoense. Os dois times entraram em campo com o escudo do time catarinense no uniforme, assim como o árbitro e os auxiliares, que até vestiram verde. A bola do jogo também teve o escudo em memória dos jogadores e integrantes do clube que foram vítimas do acidente aéreo da semana passada, que causou a morte de 71 pessoas, perto de Medellín, na Colômbia. Na arquibancada, a torcida gremista abriu a camisa gigante que os torcedores da equipe de Santa Catarina levava aos jogos na Arena Condá. O momento mais emocionante da homenagem aconteceu no minuto de silêncio, com toque militar. Um videoclipe com imagens da Chapecoense foi exibido nos telões, sem som.

Para deputados, almoço de Nilo pode ter sido ‘tiro no pé’ em disputa pela presidência

08 de Dezembro de 2016 - 16:30

 

A eleição para a presidência da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) só ocorrerá daqui a dois meses, mas o clima de disputa, principalmente nos bastidores, já começa a se intensificar. Até o momento, poucos confirmam abertamente se apoiarão a quinta reeleição de Marcelo Nilo (PSL) ou vão optar pela “oxigenação” da Casa com candidaturas como as de Ângelo Coronel (PSD) e Luiz Augusto (PP) – que fizeram um acordo de apoiar um ou outro, a depender de quem tiver mais condições de ganhar uma disputa contra o atual presidente. Com a “parceria” entre os dois concorrentes “novatos”, PP e PSD já somam 13 nomes. Já Nilo decidiu realizar um almoço nesta terça (6) para discutir sobre a campanha e indicar eventuais apoiadores (veja aqui). Porém, para seus concorrentes, o chefe da AL-BA pode ter dado um “tiro no pé” ao reunir os parlamentares. Para Coronel e Augusto, Nilo mostrou já estar desgastado ao não levar sequer o número mínimo necessário para garantir a vitória – ou seja, 32 deputados. No encontro, 27 foram ao restaurante e outros dois apenas ligaram para agradecer ao convite. Nas últimas eleições, contudo, o presidente do PSL conseguiu reunir ao menos 40 deputados em seu almoço, o que acabou levando seus concorrentes a retirarem as candidaturas. Além disso, Nilo pode cometer um equívoco se considerar como garantidos os votos daqueles que reuniu. Nos bastidores, parlamentares garantem que alguns dos presentes só foram ao restaurante pelo almoço – isso inclui o Pastor Sargento Isidório (PDT), que aproveitou a comida, apesar de ter mantido a sua candidatura ao cargo máximo da Casa (entenda aqui). Por enquanto, Nilo aponta 28 nomes confirmados ao seu lado: os do próprio partido; os do PT, PSB e PCdoB, que fecharam questão para apoiar o atual presidente mais uma vez; Alex Lima (PTN); e Targino Machado (PPS), com quem tem uma relação mais próxima. Com a base governista dividida, a oposição se torna peça chave no processo. O grupo reúne 19 votos e deve votar em bloco, mas ainda não anunciou oficialmente quem apoiará. Os oposicionistas chegaram a ensaiar uma candidatura própria, indicada pelo deputado Marcell Moraes (PV), que no contexto atual parece cada vez mais distante. Caso os governistas não cheguem a um nome de consenso, a oposição ganhará mais força e pode se tornar peça chave para o resultado – o que aumentará sua capacidade de negociar mais espaço na AL-BA. De olho em uma vaga pelo Senado em 2018 (leia mais aqui), Nilo ainda demonstra estar tranquilo. Porém, pelo clima da Casa, tudo indica que o “hexa” ainda não está garantido.

Decisão do STF de manter Renan é vista como vitória pelo Planalto

08 de Dezembro de 2016 - 16:20

 

A decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de manter Renan Calheiros (PMDB-AL) no comando do Senado representou uma vitória do Palácio do Planalto, que atuou para salvar o aliado desde segunda-feira (5) logo após a liminar concedida pelo ministro Marco Aurélio Mello. Mantido no cargo, Renan telefonou para o presidente Michel Temer e confirmou para a próxima terça-feira, 13, a votação do segundo turno da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que limita os gastos públicos e é considerada um dos pilares do ajuste fiscal. Também está na pauta a Lei de Diretrizes Orçamentárias. O Planalto tenta ainda desconstruir a tese de que houve um "acordão". "Não é acordão, mas entendimento entre Poderes", disse um auxiliar. Temer estava satisfeito com a "retomada da normalidade institucional", que considera fundamental para devolver estabilidade política ao País e criar condições para o crescimento. A fórmula encontrada pelo Supremo foi costurada com a ajuda do Planalto, ao longo de terça-feira, 6, quando Renan, depois de se recusar a receber a notificação para se afastar da presidência do Senado, se reuniu com o presidente. O líder do governo no Senado, Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP), disse que a decisão do Supremo foi muito positiva. "A partir de agora as votações ocorrerão sem sobressaltos", afirmou. "Claro que tudo isso deixa sequelas, mas é muito bom ter essa questão resolvida de forma razoável." Para um assessor do presidente, o importante é afastar o clima de crise entre os Poderes. "Na política, vaca voa."A equipe de Temer também avalia que o vice-presidente do Senado, Jorge Viana (PT-AC), "contribuiu muito" para o desfecho do imbróglio. "Eu advoguei neste caso em meu desfavor e procurei ajudar para que não houvesse ruptura entre os Poderes", afirmou Viana. O governo mandou emissários para conversar com o petista para que, caso assumisse o lugar de Renan, garantisse a votação da PEC do Teto no dia 13. O senador deu sinais de que não atrapalharia os planos do Executivo, apesar da pressão do seu partido. TV ligada. Temer estava em seu gabinete, no terceiro andar do Planalto, acompanhando a votação com a TV ligada, entre uma audiência e outra. Em todas as conversas, reiterou que a decisão do STF foi "a mais acertada", já que a garantia da votação da PEC do Teto é "fundamental para o País". O presidente insistiu em que o momento é de "atravessar a ponte" e tentar sair da recessão. Se a decisão não fosse essa, a avaliação era de que poderia haver um baque no mercado, com queda das bolsas, nova alta do dólar e fuga de investidores. Mais cedo, ao sair de uma cerimônia, Temer já havia dito que "seguramente" a PEC seria votada na terça-feira. O governo considerou "excessiva" a liminar de Marco Aurélio Mello afastando Renan do cargo. A decisão monocrática, segundo assessores, provocou instabilidade "inaceitável" e "desnecessária". Isso porque Temer não pretende viajar para o exterior, o que o obrigaria a transmitir o cargo para seu sucessor. Mesmo em caso de ausência, o segundo na linha sucessória seria o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ). A única viagem que poderia ocorrer até a saída de Renan do cargo, em fevereiro, seria para Davos, entre 16 e 20 de janeiro, mas não há previsão na agenda.

Itabuna: Corpo de Bombeiros embarga obras de shopping popular

08 de Dezembro de 2016 - 14:20

 

As obras de um shopping popular em Itabuna, no sul do estado, foram embargadas pelo Corpo de Bombeiros nesta quarta-feira (7). A medida levou em consideração a queda parcial da laje do imóvel, ocorrida no dia 28 de novembro passado (ver aqui). A decisão dos Bombeiros ocorre um dia após a divulgação do laudo da Defesa Civil da cidade que apontou falha humana, além da falta de ferros em uma parte da laje. De acordo com a TV Santa Cruz, no dia em que parte da laje ruiu havia trabalhadores no local, no entanto, ninguém ficou ferido. As obras chegaram a ser suspensas, mas foram autorizadas depois do resultado do laudo da Defesa Civil. Mesmo com a liberação, o Corpo de Bombeiros determinou a intervenção, afirmando que o laudo leva em conta apenas à avaliação da parte onde houve o desabamento. Uma vistoria no prédio inteiro, acrescenta os Bombeiros, é necessária que seja feita para identificar se não há mais riscos.

Prazos para pagamento de construtoras do Minha Casa, Minha Vida serão reduzidos

08 de Dezembro de 2016 - 13:50

 

Construtoras com obras no programa Minha Casa, Minha Vida financiadas por meio de recursos do Fundo de Arrendamento Residencial (FAR) terão o prazo de pagamento reduzido ainda em dezembro deste ano. Atualmente, o prazo é de 30 dias para as pequenas construtoras, 45 dias para as médias e 60 para as grandes. Os prazos poderão ser antecipados para 10, 20 e 30 dias, segundo a Agência Brasil. A informação foi divulgada pelo ministro das Cidades, Bruno Araújo, durante o painel de Desenvolvimento Urbano, no 12° Congresso Brasileiro da Construção (Construbusiness), em São Paulo. A medida estava prevista para entrar em vigor em janeiro de 2017, mas foi antecipada após reivindicações do setor de construção civil para o pagamento. De acordo com Araújo, a medida é um inventivo para empresas do ramo. “Para as pequenas empresas que estão desgastadas com o passado recente, de não pagamento em dia, será fundamental para a sobrevivência e para o equilíbrio”, disse. O FAR recebe recursos transferidos do orçamento geral da União para viabilizar a construção de unidades habitacionais para famílias com renda de até R$ 1,8 mil.

Trump é eleito personalidade do ano pela revista Time

08 de Dezembro de 2016 - 13:40

O presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, foi eleito personalidade do ano de 2016 pela revista Time, segundo anúncio feito hoje (7). O título é concedido à pessoa que mais influenciou o mundo, para melhor ou para pior. Havia 11 finalistas ao título, mas a Time disse que a decisão foi “inevitável” após a vitória de Trump nas eleições. As informações são da Agência Ansa.”No caso de Trump, ele fez o mundo melhor ou pior? O país está profundamento dividido sobre esta resposta”, comentou a revista Time, que definiu o magnata como o “presidente dos Estados Divididos da América”. O mandatário eleito, por sua vez, disse em entrevista à rede NBC que a escolha foi “uma grande honra”. Ele se candidatou à Presidência dos EUA pelo Partido Republicano, desbancando seus principais concorrentes internos nas primárias. Visto como vencedor “improvável” e centro de uma série de polêmicas, Trump conseguiu ser eleito por número de delegados, enquanto Hillary venceu no voto popular. Sua eleição gerou preocupação no mundo tudo, pois toda a sua campanha eleitoral foi marcada por promessas isolacionistas e xenofóbicas.

Deputados pressionam para votar projeto que incrimina ministros do STF

08 de Dezembro de 2016 - 13:30

 

Parlamentares vão pressionar o presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados, Osmar Serraglio (PMDB-PR), para incluir na pauta da próxima semana um projeto de lei que prevê o crime de responsabilidade para ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) por usurpação de competência do Poder Legislativo ou do Executivo. Serraglio, no entanto, já afirmou que não é hora de pautar matérias que causam “celeuma”.O projeto – apresentado em março deste ano – já tem parecer pronto do relator Marcos Rogério (DEM-RO) pela admissibilidade da proposta, falta apenas pautar para votação na CCJ. Um dos autores do projeto é o deputado Sóstenes Cavalcante (DEM-RJ), que considera oportuna a apreciação da admissibilidade do projeto antes do recesso de fim de ano. “Vai depender muito do que acontecer hoje”, disse Sóstenes, se referindo ao julgamento do afastamento do senador Renan Calheiros (PMDB-AL) do comando do Senado. Sóstenes citou como exemplos de “ativismo” exacerbado algumas decisões da Corte, como a que proibiu a vaquejada por entender que a prática causa sofrimento ao animal, a legalização da união estável entre casais do mesmo sexo e, finalmente, a decisão da 1.ª Turma do STF de que não é crime o aborto realizado durante o primeiro trimestre de gestação. “Em vários momentos estão usurpando as prerrogativas”, concluiu o deputado, que é membro da bancada evangélica.Sóstenes calcula que tem apoio suficiente para incluir o tema na pauta e votos para aprovar a proposta na CCJ, mas para levar à votação, terá de vencer a resistência de Serraglio. Ativistas de grupos que se intitulam “pró-vida” fizeram pressão na sessão de terça, 6, para incluir o tema na pauta de discussões da comissão. Ao Broadcast Político, Serraglio disse que tem outras prioridades para votar na comissão, entre elas a proposta de emenda à Constituição (PEC) da reforma da Previdência. O presidente da CCJ afirmou que não quer dispor de tempo com outras matérias que causam “celeuma” e anunciou que não pretende pautar o projeto de Sóstenes. “Não é a hora de pautar. Dá a impressão que é coisa despropositada. Tem de ser votado na hora em que as coisas estiverem serenadas”, justificou Serraglio.

PEC do Teto será votada no dia 13 no Senado, diz Jucá

08 de Dezembro de 2016 - 13:20

Após a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de manter o senador Renan Calheiros (PMDB-AL) na presidência do Senado, o líder do governo no Congresso, senador Romero Jucá (PMDB-RR) considerou que as atividades na Casa deverão ser retomadas dentro da normalidade e que apesar do calendário ter ficado mais apertado, a chamada PEC do Teto será votada na próxima semana.”O clima é de tranquilidade e respeito à decisão do Supremo. A pauta está mantida. Vamos votar no dia 13, às 10h a PEC do Teto. Na terça-feira à noite também teremos sessão do Congresso para começar a discussão de vetos e também do Orçamento”, ressaltou Jucá, que acompanhou a sessão do STF no gabinete da presidência do Senado ao lado de Renan e um grupo de senadores. “O calendário ficou mais aperto, mas se conclui no dia 15 com a promulgação da PEC do Teto”, ressaltou.Além da PEC do Teto outra proposta polêmica que pode ser votada na última semana de atividades do Congresso é a que trata da lei de abuso de autoridade. O projeto tem como principal defensor o senador Renan Calheiros. Na tarde de ontem, senadores de diferentes partidos assinaram um requerimento para quebrar a urgência. Com a medida, o projeto saiu do plenário e será encaminhado para discussão prévia dos integrantes da Comissão de Constituição e Justiça. Ao tratar do tema, Jucá afirmou que a votação da matéria ainda dependerá do andamento das demais no plenário. “Vamos avaliar com os líderes a partir do andamento da votação. A pauta continua a mesma mas claro que são muitos itens e nem todos terão condições de ser votado até dia 15″, afirmou.

Ex-mulher de Cabral recebeu 13 vezes dinheiro de corrupção, diz denúncia

08 de Dezembro de 2016 - 12:50

 

A denúncia apresentada pela força-tarefa da Lava Jato do Rio identificou que a ex-mulher de Sérgio Cabral, Susana Neves Cabral, recebeu R$ 883.045 oriundos do esquema de corrupção que teria sido montado pelo ex-governador do Rio (PMDB).Segundo o Ministério Público Federal (MPF), Susana recebeu ao menos 13 vezes dinheiro de recursos ilícitos da organização criminosa, entre 2014 e 2016. Susana não foi localizada pela reportagem. As investigações também identificaram que Susana e Carlos Bezerra, um dos operadores da propina de Cabral, se comunicaram em 221 ligações, nos últimos cinco anos.A ex-mulher de Cabral teria recebido repasses em espécie por Bezerra e Carlos Miranda, outro operador, que também foi descoberto em ligações telefônicas com Susana. “Resta clara a vinculação entre Carlos Bezerra e a destinatária dos valores, ao se analisar os dados do Sittel, em que constam 221 ligações entre ambos, nos últimos cinco anos, o que confirma a função do operador financeiro no pagamento das despesas da ex-esposa de Sérgio Cabral”, disseram os procuradores.Segundo o MPF, Susana era tratada nas planilhas da distribuição da propina pelo codinome “Susi”, como na do dia 23 de outubro de 2014 “26.018,00 visa Susi + carro 5.160,00 + seguro 1.647,00 = 32.825,00 + 10.000,00″. Apesar dessas descobertas, os procuradores não denunciaram Susana.Já a atual mulher de Cabral, Adriana Ancelmo, foi presa nesta terça-feira, 6, por suspeita de que o seu escritório de advocacia era usado pela organização liderada por Cabral para lavar dinheiro ilícito, com contratos fictícios com empresas ligadas ao ex-governador, além da compra de joias caras e outros artigos de luxo. Em sua casa, foram encontradas joias e R$ 53 mil em espécie.Em depoimento para a polícia, a ex-secretária de Adriana, Michelle Tomaz Pinto, afirmou que Bezerra também comparecia ao local para a entrega de valores em espécie – as quantias chegavam a até R$ 300 mil em dinheiro, levado em uma mochila. Michelle também revelou que recebia os pagamentos das empresas sem a comprovação do serviço realizado pelo escritório.

Investigação sobre voo da Chapecoense vai tratar caso como homicídio culposo

08 de Dezembro de 2016 - 12:40

 

A primeira reunião entre autoridades colombianas, bolivianas e brasileiras sobre as causas do acidente com o avião da Chapecoense definiu nesta quarta-feira, em Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia, que a linha de investigação será por homicídio culposo. A tipificação é usada quando se entende que não existiu intenção de matar, porém houve imprudência.A tese é de autoria da Colômbia, país onde o voo da companhia aérea LaMia caiu na semana passada e causou 71 mortes. A procuradoria-geral do país apresentou as primeiras conclusões da investigação no encontro na cidade boliviana de onde saiu o avião fretado que iria até Medellín.Os integrantes do Ministério Público da Bolívia revelaram que foi já instaurada investigação formal por homicídio culposo. Houve apreensão de grande quantidade de documentos na sede da empresa LaMia e a prisão temporária de três pessoas ligadas à companhia aérea. A investigação está a cargo de seis procuradores.Um trabalho em conjunto de Brasil, Bolívia e Colômbia vai tentar trocar informações sobre as causas do acidente. O grupo vai investir a responsabilidade de servidores da Direção Geral da Aeronáutica Civil (DGAC) e da Administração de Aeroportos e Serviços Auxiliares à Navegação Aérea (Aasana), da Bolívia, em possíveis atos de corrupção em autorizações de voo da LaMia. Há indícios de que em diversas viagens a empresa teria voado no limite da autonomia da aeronave para economizar custos.Do Brasil, estiveram presentes os procuradores da República Wellington Saraiva e Carlos Humberto Prola Junior, de Chapecó (SC). A reunião foi convocada pelo procurador-geral da Bolívia, Ramiro Guerrero, que apura informações de outro desdobramento do acidente.

Imbassahy deve ser novo ministro da Secretaria de Governo

08 de Dezembro de 2016 - 12:30

 

Na busca por nomes para preencher a Secretaria de Governo, o governo cogitou transferir o tucano Bruno Araújo das Cidades para a pasta, vaga com a queda de Geddel Vieira Lima, do PMDB. A avaliação hoje é que, com o PSDB no coração do governo, se a gestão Michel Temer ruir, levará os tucanos junto. O ministro do PSDB disse que prefere continuar na pasta das Cidades. Nos bastidores, o que se comenta é que o líder do partido na Câmara, Antonio Imbassahy (BA), só não assume a Secretaria de Governo se não quiser.

Padilha é acusado de grilagem no RS

08 de Dezembro de 2016 - 12:20

Braço direito do presidente Michel Temer, o ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, é processado em ação que contesta a posse de uma propriedade que ele reivindica em Palmares do Sul, no litoral do Rio Grande do Sul. Padilha disputa uma área de 1.929 hectares, o equivalente 12 parques do Ibirapuera, com a empresa Edusa Edificações Urbanas, do empresário João Perdomini. O terreno fica numa região de dunas, de frente para o mar, cobiçada por empresas do setor elétrico por ser ideal para construção de um parque eólico. Dois empreendimentos que tentaram se estabelecer na área foram frustrados. Em outubro 2007, a Girassol Florestamento e Imobiliária, controlada por Padilha, firmou uma parceria com a empresa Elebras Projetos Ltda para construir e operar o que seria chamado de Parque Eólico de Tramandaí. Em 2011, as empresas Ventos do Cabo Verde I e Ventos do Cabo Verde II venceram um leilão realizado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) para instalar três parques eólicos na terra, com investimentos avaliados, à época, R$ 341,7 milhões. As geradoras tinham firmado um acordo com a Edusa Edificações Urbanas, propriedade da família Perdomini, que trava a disputa judicial com Padilha pelo terreno no litoral do Rio Grande do Sul.

Bagagens podem começar a ser cobradas em viagens de avião

08 de Dezembro de 2016 - 08:20

 

A extinção da gratuidade para bagagens despachadas está entre as novas regras do setor de aviação que devem ser analisadas pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) na próxima semana. As propostas foram levantadas em audiências públicas iniciadas em março deste ano e abordam ainda a proibição de multa por cancelamento com valor superior ao preço da passagem e o aumento do peso de bagagem de mão de 5 kg para 10 kg. Segundo a Anac, as normas têm como objetivo reduzir os custos das empresas aéreas e facilitar a entrada de empresas que fazem o serviço de baixo custo. As medidas podem baratear o preço das passagens. Os pontos que serão analisados fazem parte das Condições Gerais de Transporte (CGT) e das regras de aprovação de voos pela Anac. Na reunião da diretoria que vai analisar as propostas, prevista para ocorrer na semana que vem, as mudanças definidas pelas audiências públicas ainda podem sofrer alterações. A cobrança por bagagem é a principal alteração do conjunto de novas regras que serão analisadas. Até o momento, é possível transportar uma mala com até 23 kg em voos nacionais e duas com 32 kg cada em voos internacionais. Se as novas normas forem aprovadas, apenas as bagagens de mão serão transportadas gratuitamente. No caso dos voos internacionais, será permitido viajar com duas bagagens com 23 kg cada a partir da regulamentação. A partir do final do próximo ano, deve ser reduzido para 1 volume com 23 kg e, em 2018, as empresas poderão estabelecer o valor a ser cobrado. Passageiros que precisarem cancelar a passagem ou fazer alterações podem passar a pagar multa equivalente a até 5% do valor da passagem. Atualmente, há empresas que cobram taxas fixas ou não cobram caso o passageiro já tenha adquirido um bilhete com a opção de remarcação ou cancelamento prevista. Outra mudança que será avaliada é o fim do cancelamento de forma automática de trechos de uma viagem caso o passageiro não compareça. "O não comparecimento do passageiro no primeiro trecho de um voo de ida e volta ou de múltiplos destinos não ensejará o cancelamento dos demais trechos desde que o passageiro comunique à companhia, por qualquer meio e com antecedência de duas horas do primeiro voo", diz o texto que será avaliado. Com informações do Estadão Conteúdo.

Presidente do STF e ministros agiram para ‘baixar a poeira’

08 de Dezembro de 2016 - 07:50

A articulação para suavizar a decisão do ministro Marco Aurélio Mello de afastar o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), foi costurada ao longo dos últimos dois dias pela presidente do STF, ministra Cármen Lúcia, e pelo menos outros quatro ministros. O intuito foi o de “baixar a poeira” em meio ao acirramento de ânimos entre Legislativo e Judiciário. Coube ao ministro Celso de Mello, decano da Corte, apresentar uma saída considerada intermediária durante o julgamento. Ele, inclusive, pedir para votar logo depois do relator com o objetivo de abrir dissidência entre os ministro – Celso é geralmente o penúltimo a votar nas sessões do plenário. Em seu voto, o ministro citou o impacto da liminar nas atividades do Senado e “a crise gravíssima e sem precedentes que assola o nosso país” para votar contra o afastamento de Renan do comando da Casa. O ministro destacou que, em caso de viagem de Temer ao exterior, sua substituição será feita pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), “inexistindo deste modo razão para adotar-se medida tão extraordinária quanto a preconizada na decisão em causa”. Renan é o segundo na linha sucessória de Temer, mas o entendimento consensual dos ministros do STF foi o de que o peemedebista está impossibilitado de ocupar interinamente a Presidência da República por ter se tornado réu na semana passada e responder à ação penal por peculato (desvio de recursos públicos).

Desprestígio

Ao defender a sua decisão liminar, Marco Aurélio traçou um paralelo entre a situação de Renan e a do deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que foi afastado da presidência da Câmara e do mandato de deputado por uma liminar de Teori, que foi referendada depois pelo plenário. “A previsão constitucional não encerra a possibilidade de pular-se este ou aquele integrante da linha. A interpretação nada mais revela do que o já famoso ‘jeitinho brasileiro’, a meia sola constitucional”, disse Marco Aurélio. O plenário do STF ainda deve retomar o julgamento de uma ação ajuizada pela Rede Sustentabilidade, que pede o veto de réus em ações penais da linha sucessória da Presidência da República. Esse julgamento foi interrompido depois do pedido de vista de Dias Toffoli e não há previsão de quando será retomado. Dos 11 integrantes da Corte, Gilmar Mendes, em viagem, e Luís Roberto Barroso, que se declarou impedido, não participaram do julgamento desta quarta-feira. (com Estadão Conteúdo)

YouTube lança vídeo com retrospectiva 2016; assista!

08 de Dezembro de 2016 - 07:40

 

Como já é tradição em todo final de ano, o YouTube lançou o seu vídeo com a retrospectiva do que mais bombou na plataforma e na internet em geral. A novidade, dessa vez, é a presença de youtubers brasileiros. Representando a nação tupiniquim, JoutJout e membros do Porta dos Fundos aparecem em um breve corte na produção. O vídeo, apresentando por ninguém menos que Dwayne "The Rock" Johnson e com música mixada por Major Lazer, brinca com os inúmeros virais que surgiram durante 2016, tanto aqueles que ficaram famosos no YouTube quanto outras coisas que deram o que falar na internet, seja no mundo da música, do cinema, da TV e muito mais. Confira abaixo o vídeo completo e tente descobrir as referências do vídeo: (TecMundo)

 

Pokémon GO: novos monstrinhos serão revelados no dia 12 de dezembro

08 de Dezembro de 2016 - 07:30

O perfil oficial da marca Pokémon no Twitter acaba de confirmar: Pokémon GO receberá, em breve, uma atualização que adicionará mais monstrinhos ao jogo mobile. Porém, maiores detalhes sobre o update serão divulgados apenas no dia 12 de dezembro — sendo assim, não é insensato afirmar que os novos pokémons chegarão ao titulo somente em 2017, renovando o game para o próximo ano. Para promover Pokémon GO e reanimar os jogadores, a Niantic firmou uma parceria com a Sprint (famosa operadora de telefonia móvel estadunidense) e transformará todas as lojas da empresa em PokéStops. Rumores indicam que a Starbucks está preparando uma ação similar, estando prestes a, inclusive, lançar uma nova bebida comemorativa para o jogo. Porém, a rede de cafeterias não confirmou os boatos. Pokémon GO se transformou em uma verdadeira febre nas semanas posteriores ao seu lançamento, mas foi sendo abandonado aos poucos por conta de problemas como a baixa quantidade de monstrinhos e a falta de interação entre os jogadores. A desenvolvedora está tentando tampar esses buracos aos poucos, e tudo indica que o título ganhará novo fôlego a partir de janeiro. (TecMundo)

Alagoinhas III: Homem é preso trazendo grande quantidade de drogas para ser entregue no Alecrim

08 de Dezembro de 2016 - 07:20

Foi preso na noite de ontem por volta das 22 horas o senhor Paulo Jesus Santana de 52 anos, o qual estava conduzindo um veículo Gol vermelho placa JSC 2099 licença de Salvador.

 

A Companhia CETO recebeu informação do serviço de inteligência, que tal veículo estava abarrotado de drogas onde seria entregue na cidade.

Feito o bloqueio, o motorista Paulo informou que iria receber a quantia de R$ 400,00 reais para entregar a encomenda e que o contato estaria lhe esperando no bairro do Alecrim.

Foi encontrado dentro do veículo 10 tabletes de maconha grande outro tablete também grande de crack, e mais pedaços menores da mesma droga.

Paulo disse que mora em Salvador bairro de Plataforma, subúrbio ferroviário.

“Nos faz pensar na vida”, diz pastor de casamento sobre queda de helicóptero

08 de Dezembro de 2016 - 06:50

 

O helicóptero que caiu no domingo (4) em São Lourenço da Serra, Região Metropolitana de São Paulo, transportava a noiva Rosemeire Nascimento Silva para seu casamento. Junto com ela estavam seu irmão Silvano Nascimento da Silva, a fotógrafa Nayla Cristina Neves Lousada, e o piloto Peterson Pinheiro. Todos faleceram na queda. O acidente ocorreu a cerca de 2 km do local do casamento, onde 300 convidados a esperavam para o culto. O pastor Domingos da Silva, 73, da igreja Missão Evangélica Casa de Oração, iria oficiar a cerimônia. Para ele, a tragédia deveria gerar reflexão: “Esse luto nos faz pensar na vida… Temos que ser mais humanos, mais amorosos. Porque a vida pode ir embora em um instante”, desabafou ao Uol. A chegada de helicóptero era parte de uma surpresa preparada por Rosimere. Logo que ficou sabendo do acidente, coube ao líder religioso dar a notícia aos convidados. Domingos conta que “A reação das pessoas, no início, foi de incredulidade. Depois, veio a dor”. Segundo informou a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), a aeronave modelo Robinson 44 fora adquirida recentemente e estava em situação regular para voo. As causas da queda não foram divulgadas, mas há indícios que o mau tempo foi o principal responsável. O Brasil ainda está sob impacto da queda do avião que vitimou 71 pessoas na comitiva da Chapecoense que ia jogar na Colômbia. Havia evangélicos entre os falecidos e os sobreviventes e seus testemunhos têm sido amplamente compartilhados nas redes sociais.SEDN

Quer o dia com mais horas? Ele está ficando mais longo, diz estudo

08 de Dezembro de 2016 - 06:40

 

Para quem reclama que o dia é curto, uma boa notícia: a natureza está tentando aumentá-lo. O ritmo, porém, é bastante lento. De acordo com registros compilados por cientistas, nos últimos 3.000 anos os dias ficaram 1,8 milésimos de segundo mais longos a cada século. Ou seja, em 3,3 milhões de anos, os dias terrestres terão um minuto a mais (e, em 2 milhões de séculos, uma hora a mais). Segundo estudo feito por cientistas britânicos e publicada nesta quarta feira no periódico científico Proceedings of the Royal Society, o movimento de rotação da Terra está se tornando mais lento, razão por que os dias se tornam maiores. Com os novos cálculos, os autores descobriram ainda que a taxa foi “significativamente menor” do que a de 2,3 milésimos de segundo por século estimada anteriormente – que requeria “apenas” 2,6 milhões de anos para adicionar um minuto ao dia. “É um processo muito lento”, disse à o autor principal do estudo, Leslie Morrison, astrônomo aposentado do Observatório Real de Greenwich, no Reino Unido, à Agência France-Presse. “Essas estimativas são aproximadas, porque as forças geofísicas que operam na rotação da Terra não serão necessariamente constantes durante um período tão longo de tempo. A interferência de Idades do Gelo, por exemplo, interromperá essas simples extrapolações.” Para o novo estudo, Morrison e sua equipe reuniram relatos de eclipses e outros eventos celestes de 720 a.C. até 2015. Os registros mais antigos foram tábuas babilônicas, feitas em escrita cuneiforme, junto com textos antigos gregos, chineses, europeus e árabes, descrevendo eclipses do Sol e da Lua. Os pesquisadores inseriram os dados em modelos de computador e estimaram onde os eventos teriam sido vistos se o movimento de rotação da Terra permanecesse constante. A diferença entre os resultados dados pelos modelos e os registros mais recentes forneceram o quanto o movimento de rotação da Terra se modificou – 1,8 milésimos de segundo mais lento por século. “Esta discrepância é uma medida de como a rotação da terra vem variando desde 720 a.C”, quando as civilizações antigas começaram a manter registros dos eclipses, escreveram os autores. Os fatores que influenciam a rotação da Terra incluem o efeito da gravidade, as alterações no formato do planeta devido ao derretimento das calotas polares desde a última Idade do Gelo, as interações eletromagnéticas entre o manto e o núcleo terrestre e as mudanças no nível médio do mar, segundo os pesquisadores. A estimativa anterior de 2,3 milésimos de segundo havia sido baseada em cálculos da atração gravitacional lunar, responsável pelas marés na Terra. A desaceleração do movimento de rotação do planeta é a razão pela qual os cronometristas do mundo têm de ajustar os relógios de alta precisão de anos em anos para garantir que eles permaneçam em sincronia com a rotação do nosso planeta. Às vezes, para ajustá-los, alguns dias ganham um segundo a mais, como em 30 de junho de 2015.

Alagoinhas II: Policial Militar que foi executado na Paralela em Salvador foi sepultado ontem

08 de Dezembro de 2016 - 06:30

Por volta das 17:00 horas o Policial Marcio Pereira dos Santos de 33 anos, foi sepultado no cemitério da Praça da Saudade, onde seus colegas da capital, vieram lhe fazer as ultimas homenagens, em várias viaturas e também em ônibus da própria corporação.

 

Ele era lotado no Batalhão de Choque e na última terça feira na Paralela em salvador, ele foi surpreendido por dois elementos armados no momento em que uma senhora estava sendo assaltada.

Baleado nas costas ele ainda foi socorrido ao Hospital Roberto Santos, onde não resistiu aos ferimentos vindo a óbito.

 

Em todo o estado diversas companhias fizeram homenagem ao policial com continências e sirenes ligadas por um minuto.

Momento de dor e muita comoção. As investigações prosseguem para que os autores sejam detidos.

Alagoinhas: Homem é executado e homicidas levam o corpo

08 de Dezembro de 2016 - 06:20

Por volta das 9 horas a Policia Civil recebeu informação de que um homem havia sido executado por disparos de arma de fogo e que o corpo havia sido levado por seus executores. De imediato, uma viatura se deslocou ao bairro do Silva Jardim, onde numa avenida próximo a antiga garagem da empresa AECA, onde aconteceu o fato.

Lá os policias deram voz de prisão em duas pessoas, sendo que uma delas estava lavando a cena do crime, onde ainda era visível o rastro de sangue.

Na delegacia o crime foi confessado, e a pessoa que lavava a casa deu a identificação da vitima e contou o nome dos algozes, e ainda disse que o seu corpo foi conduzido para Salvador.

As investigações prosseguem no intuito de localizar o corpo e prender os autores do delito. Segundo informações, a vitima teria ligação com uma organização criminosa.

Saiba quanto ganham as maiores estrelas do YouTube no mundo

07 de Dezembro de 2016 - 18:20

 

Pelo segundo ano consecutivo, a revista Forbes publicou o seu ranking sobre as estrelas mais bem pagas do YouTube, que podem ganhar mais do que muitos atores famosos do cinema e da TV, por exemplo. Assim como no ano passado, o topo do ranking em 2016 ficou com o gamer sueco Felix Arvid, que faturou 15 milhões de dólares neste ano com o seu canal PewDiePie, que possui mais de 50 milhões de inscritos e rendeu o livro This Book Loves You, com mais de 100 mil cópias vendidas. Em segundo lugar, aparece o comediante Roman Atwood, que ganhou 8 milhões de dólares em 2016, um aumento de 70% na sua receita em comparação com o ano passado. Fecham o Top 5 a rapper, comediante e dançarina canadense Lilly Singh, com faturamento de 7,5 milhões de dólares no último ano; a dupla de comediantes Anthony Padilla e Ian Hecox, cujo canal de comédia Smosh, iniciado em 2005, rendeu 7 milhões de dólares na temporada; e a apresentadora Rosanna Pansino, que ganhou 6 milhões de dólares neste ano com o seu canal de confeitaria geek Nerdy Nummies, mesmo valor registrado pelo ativista LGBT Tyler Oakley, que recentemente lançou o livro Binge e assinou com a empresa de produção da apresentadora Ellen DeGeneres. O nome da América Latina mais bem colocado no ranking é o comediante e músico chileno German Garmendia, que faturou 5,5 milhões de dólares na temporada, ficando em sétimo lugar na lista da Forbes.

Comitê de Tóquio 2020 aprova locais de competição das novas modalidades

07 de Dezembro de 2016 - 17:40

 

O Comitê Olímpico da Tóquio 2020 aprovou nesta quarta-feira (7) os locais de prova das novas modalidades olímpicas. A próxima edição dos Jogos contará com beisebol, softbol, caratê, skate, escalada esportiva e surfe. Os torneios de softbol e beisebol serão disputados no Estádio Internacional de Yokohama. A obra foi construída em 1978 e conta com gramado artificial. A cidade fica a 40 quilômetros da cidade-sede. A competição de caratê acontecerá no Nippon Budokan, em Chiyoda, em Tóquio, considerado a Meca das artes marciais japonesas e que fica próximo do Palácio Imperial. Já as disputas do skate e escalada esportiva serão feitas no Aomi Urban Sports Venue, uma instalação provisória montada em Kyoto. E o torneio de surfe será disputado na praia de Tsurigasaki, na cidade de Chiba. Os Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Tóquio contarão com 39 sedes ao todo. (Correio)

Após vencer câncer, Edson Celulari é escalado para nova novela da Globo

07 de Dezembro de 2016 - 17:30

 

Depois de se recuperar de um câncer, o ator Edson Celulari vai retornar ao trabalho. O artista foi escalado para a próxima novela das 21h, da Rede Globo "A Força do Querer", de Gloria Perez. A trama entra no lugar de "A Lei do Amor". Segundo publicação do jornal "Agora S. Paulo", o ex-marido de Claudia Raia vai interpretar o pai da personagem de Bruna Linzmeyer. Os atores Juliana Paiva, Carolina Duarte, Gabriel Stauffer e Paolla Oliveira também farão parte do elenco.

CPI do Futebol termina com propostas e sem pedido de indiciamentos

07 de Dezembro de 2016 - 17:20

 

O relatório final do senador Romero Jucá (PMDB-RR) foi aprovado nesta quarta-feira no encerramento da CPI do Futebol, após um ano e cinco meses de trabalho. O texto traz quatro projetos de lei que passam a tramitar pela Casa e também será encaminhado ao Ministério Público. Presidente da comissão, o senador Romário (PSB-RJ) afirmou que não se considerava satisfeito e que também encaminharia aos órgãos um texto "alternativo", escrito junto com o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), em que pede o indiciamento de nove pessoas. "Você pode ficar tranquilo, Romário, está em anexo toda a documentação. Agora cabe ao Ministério Público promover as responsabilidades civis ou criminais, e de quem quer que seja", disse o relator Romero Jucá, de acordo com a Agência Senado. Apesar de ter elogiado as sugestões legislativas do relatório final, Romário incluiu em seu texto "alternativo" o pedido de indiciamento do presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, dos ex-presidentes Ricardo Teixeira e José Maria Marin, de Marcus Vicente e Gustavo Feijó, vice-presidentes da confederação, de Carlos Lopes, diretor-jurídico da entidade, de Antonio Osorio Ribeiro, ex-diretor finanenceiro, e dos empresários José Hawilla e Kleber Leite. Além do Ministério Público, o relatório e toda a documentação sigilosa conseguida durante a investigação também serão encaminhados à Receita Federal, Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) e ao Banco Central. Romário também afirmou que encaminhará os textos para a Fifa.

SSP contabiliza 21 mil pessoas presas em 2016

07 de Dezembro de 2016 - 16:40

 

A prisão em flagrante de três homens que haviam assaltado passageiros de um ônibus da linha Vale dos Rios/Stiep R3, na noite de terça-feira (6), garantiu às forças de segurança estaduais alcançar a marca de 21 mil presos em 2016. Na ocasião, guarnições da 41ª Companhia Independente da Polícia Militar (Garcia/Federação), capturaram Vitor Silva Andrade, 20 anos, Matheus Hygino Silva Pereira, 18, e Elinaldo Santos Conceição, 26, após roubarem celulares. De acordo com informações da Secretaria de Segurança Pública (SSP), por volta das 20h, policiais militares foram abordados por uma das vítimas do roubo, informando que, três homens praticavam assalto no ônibus com número de ordem 10140. Imediatamente as guarnições saíram em busca do coletivo e, na Avenida Cardeal da Silva, conseguiram interceptá-lo. No momento da abordagem Vitor tentou fugir pela janela, mas foi imobilizado, enquanto os outros dois não esboçaram reação. O trio foi reconhecido pela vítima e o smartphone subtraído recuperado. Em seguida, os bandidos foram encaminhados ao Grupo Especial de Repressão a Roubos em Coletivos (Gerrc), na Baixa do Fiscal, e autuados em flagrante. "Estamos com índices de produtividade superiores aos do ano passado. A polícia baiana está empenhada no combate à violência e precisamos refletir sobre alguns parâmetros”, declara o secretário da Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa, ao afirmar que “aumentamos os números de prisões e, ainda assim, ouvimos reclamações de falta de policiamento". Ainda em sua avaliação, Maurício Barbosa declara que “alguns criminosos são presos duas, três vezes no mesmo ano”.

'Vamos deixar a poeira baixar', diz Renan após decisão do STF

07 de Dezembro de 2016 - 16:30

 

Reunido com integrantes de vários partidos no gabinete da presidência do Senado na tarde desta quarta-feira, 7, o senador Renan Calheiros (PMDB-AL) demonstrou “alívio” e um semblante “confiante”, após decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de mantê-lo no cargo. Logo após decretada o fim do julgamento, o peemedebista foi cumprimentado por vários senadores que acompanharam com ele, pela televisão, a sessão plenária do STF. Em meio aos cumprimentos, Renan afirmou que desmarcaria a sessão desta quarta-feira prevista para iniciar às 18h e iria remarcar para amanhã, às 10h. “Vamos deixar a poeira baixar”, disse Renan aos presentes, segundo relatos. Seguindo a linha para apaziguar o clima de confronto estabelecido com o Supremo, o senador não deve fazer pronunciamentos sobre a decisão do STF à imprensa e deverá emitir apenas uma nota. Um discurso sobre o resultado desta quarta deve acontecer apenas na abertura da sessão de amanhã. Segundo relatos dos senadores que acompanharam a sessão do STF com Renan, nas conversas entre eles, o voto do ministro Luiz Fux foi considerado como o mais “didático” e “acertado”. “Não estamos agindo com temor nem com receio, estamos agindo com a responsabilidade política que nos impõe”, diz Fux ao votar contra o afastamento de Renan. Para Fux, já há uma agenda no Parlamento sobre a qual o Judiciário não pode ter nenhuma interferência, e por isso o afastamento de Renan significaria um risco. Por seis votos a três, o Supremo Tribunal Federal (STF votou nesta quarta-feira pela permanência de Renan na presidência do Senado, mas pela sua impossibilidade de assumir interinamente a Presidência da República em caso de viagem de Michel Temer. Renan é o segundo na linha sucessória de Temer, atrás do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ). (Estadão Conteúdo)

Fundada do Vaticano associação 100% feminina

07 de Dezembro de 2016 - 16:20

 

A primeira associação 100% feminina da Santa Sé, “Mulheres do Vaticano”, anunciou nesta quarta-feira a sua criação para reunir as funcionárias do Estado do Vaticano e de todas as instituições dependentes deste. Trabalham ali 750 mulheres, laicas e religiosas, o que representa aproximadamente 19% dos funcionários em um mundo. A Cúria (governo do Vaticano) conta com apenas duas italianas em postos de responsabilidade – uma laica e outra religiosa. A primeira mulher funcionária entrou para a Santa Sé em 1915 para se ocupar dos arranjos florais. A partir da década de 1960 e do Concílio Vaticano II, que abriu a Igreja ao mundo, as mulheres foram se tornando cada vez mais numerosas. A nova associação, presidida por uma jornalista americana da Rádio Vaticano, Tracey McClure, já conta com 50 membros. A associação busca “criar uma rede de amizade, de intercâmbio e de solidariedade” e “prestar atenção às mulheres menos afortunadas para consolar seu sofrimento”. Seus membros também compilaram todos os comentários papais sobre as mulheres, de 1949 a 2016. O papa Francisco expressou em várias ocasiões a vontade de remediar a desigualdade entre os gêneros no exercício de responsabilidade, embora tenha reiterado a oposição da Igreja a que mulheres sejam ordenadas. (AFP)

Brasil enviará remédios e vacina para Haiti

07 de Dezembro de 2016 - 15:40

 

O governo brasileiro vai enviar amanhã (8) medicamentos e insumos ao Haiti para ajudar na recuperação do país após a passagem do Furacão Matthew, em outubro. Além de remédios e quase quatro mil doses de vacina contra cólera, os haitianos também receberão mil testes rápidos de HIV. Segundo o Ministério da Saúde, os remédios enviados poderão atender 3 mil pessoas. A Organização Mundial da Saúde chegou a comunicar a preocupação com a possibilidade de uma epidemia de cólera no país, em decorrência das inundações provocadas pela passagem do furacão. O Furacão Matthew atingiu o Haiti no começo de outubro com ventos de até 230 km/h. O país calcula que cerca de 900 pessoas morreram e milhares ficaram feridos e desabrigados. (Agência Brasil)

Mulher é internada com overdose de água

07 de Dezembro de 2016 - 15:30

 

Qualquer coisa em excesso pode fazer mal, até mesmo um líquido fundamental para funcionamento do corpo humano. Uma mulher de 59 anos foi parar em um pronto-socorro com overdose de água. Segundo o Daily Mail, um médico recomendou que ela consumisse 300 ml de água a cada meia hora devido a um quadro de infecção urinária. No entanto, na tentativa de "dar uma descarga no organismo", a paciente bebeu mais que o indicado. Após exames no pronto-socorro, identificou-se que ela apresentava elevados níveis de sal no sangue, o que pode acontecer devido à ingestão de muita água em um curto período de tempo. Entre os sintomas estão náusea, vômito e fortes dores de cabeça. Casos mais sérios ainda podem apresentar inchaço no cérebro, levando à confusão mental, derrame, coma e até morte. A paciente passou 24 horas internada e teve boa recuperação.

Apenas um cigarro por dia é suficiente para aumentar risco de morte prematura

07 de Dezembro de 2016 - 15:20

 

Até mesmo quem fuma apenas um cigarro por dia corre maior risco de sofrer uma morte prematura, em comparação a pessoas que nunca fumaram. De acordo com pesquisadores do Instituto Nacional do Câncer dos Estados Unidos (NCI), um cigarro ou menos diariamente ao longo da vida aumenta em 64% o risco de morte prematura. Já entre os que fumam de um a dez cigarros por dia, o risco chega a 87%. "Os resultados deste estudo confirmam a vigência das advertências contra o tabaco e o fato de que não existe um nível (de consumo) sem riscos", afirmou Maki Inoue-Choi, diretora da Divisão de Epidemiologia do Câncer do NCI e autora principal do trabalho. Segundo o jornal O Globo, a pesquisa apontou que a mortalidade prematura entre fumantes leves está relacionada principalmente ao câncer de pulmão. Os cientistas analisaram dados médicos de mais de 290 mil adultos com idades entre 59 e 82 anos, dos quais 22.337 (7,7%) fumavam, 156.405 (54%) eram ex-fumantes e 111.473 (38,4%) nunca tinham fumado. Do total de fumantes, 159 consumiam menos de um cigarro por dia em média ao longo da vida, enquanto 1.500 relataram consumir entre um e dez cigarros por dia.

Ministro que afastou Renan cobra da Câmara comissão de impeachment de Temer

07 de Dezembro de 2016 - 13:20

 

O ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), enviou um ofício à Câmara dos Deputados, nesta terça-feira, 6, cobrando explicações sobre a demora na instalação da comissão de impeachment do presidente Michel Temer. Em abril, Marco Aurélio determinou ao então presidente da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-AL), que criasse um colegiado para analisar o pedido de impedimento. Contrariado, Cunha só aceitou a denúncia por crime de responsabilidade contra Temer após decisão judicial. Ele cumpriu parcialmente: criou a comissão, mas fez um acordo nos bastidores com os líderes de partidos aliados para que ninguém indicasse os nomes que formariam o colegiado. Oito meses depois, apenas 16 dos 66 membros titulares foram sugeridos pelas legendas e a comissão ainda não foi instalada. Na época da denúncia, Temer ainda era vice-presidente da República. O advogado responsável pela queixa, Mariel Márley Marra, alega que Temer cometeu os mesmos crimes da presidente afastada Dilma Rousseff ao assinar, como interino da então presidente, quatro decretos que autorizavam a abertura de crédito suplementar sem autorização do Congresso Nacional e em desacordo com a meta fiscal vigente. Para Marra, como os partidos estão descumprindo a ordem judicial, caberia ao presidente da Câmara, atualmente Rodrigo Maia (DEM-RJ) indicar os membros da comissão. Até o momento, apenas os partidos PEN, PCdoB, PT, PR, PMB, PDT, REDE, PSOL E PTdoB fizeram indicações. Ainda faltam PMDB, PSDB, PP, DEM, PPS, PSD, PTB, PSB, PV, PRB, SD, PSC, PROS, PHS, PTN, PMN, PRP, PSDC e PRTB.

Denúncia contra Cabral envolve apenas Andrade Gutierrez

07 de Dezembro de 2016 - 12:50

O procurador da República Lauro Coelho Jr., coordenador da força-tarefa da Lava Jato no Rio, afirmou nesta quarta-feira, 7, que a denúncia oferecida na terça-feira, 6, contra o ex-governador do Rio Sérgio Cabral (PMDB) e mais 11 pessoas no âmbito da operação Calicute envolve apenas o pagamento de propinas por parte da empreiteira Andrade Gutierrez. A ação da PF, deflagrada em 17 de novembro, levou à prisão preventiva do ex-governador. “As investigações continuam”, disse Coelho Jr., em entrevista coletiva. Segundo o procurador, as investigações conseguiram provas que corroboraram afirmações em depoimento de delação premiada de um executivo da Andrade Gutierrez. Segundo o procurador Eduardo El-Hage, a organização criminosa que envolve Cabral trabalhava com um nível de “sofisticação muito grande” em termos de métodos de lavagem de dinheiro. De acordo com El-Hage, o grupo envolvendo Cabral e colaboradores próximos, inclusive ex-secretários de seus governo, “sempre trabalhava com dinheiro em espécie”. A sofisticação é grande, disse o procurador, porque o esquema de lavagem misturava recursos lícitos com ilícitos, pois duas empresas legais, de pessoas próximas a Cabral, eram usadas, a Reginaves, da marca processadora de frangos Rica, e a rede de resorts Portobello. Em ambos os casos, consultorias de colaboradores de Cabral (Carlos Miranda e Luís Carlos Bezerra) e o escritório da advocacia de Adriana Ancelmo, esposa de Cabral, firmavam contratos fictícios com as empresas, disse El-Hage. Assim, as duas empresas devolviam o dinheiro para os envolvidos no caso de corrupção, misturando o dinheiro de propina com a receita real das empresas. Conforme El-Hage, é um sistema mais complexo do que apenas usar empresas de fachada, sem funcionários. “O método (de lavagem de dinheiro) mais difícil de identificar é o da mescla, quando mistura recursos lícitos com ilícitos”, afirmou El-Hage, em entrevista coletiva que ocorre neste momento na sede do MPF do Rio.



 
 
 
linha190

 
linha190 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Semana do tênis lympikus na MERSAN , tênis masculinos e femininos apartir de 59,90 venha conferir, Mersan e você é mais tudo. 

 

 

RRua Rua Bahia Petrolar tel: (/span>75) 3422- 2912

  98805-8021/3423-3378/98190-1576
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Contatos 
Marcus Aragão
Erica Manoela
Paulo Pinto

Liliane Pimenta
Colunas
Pau na preá
Falando direito

Tecnologia

Notícias
Relatório policial
Alagoinhas


Mundo
Saúde
Esporte
Beleza