BAR1PRINC
an
 
 
Página Inicial  Contato Mundo  Arquivo Alagoinhas Entrevista Rádios
policiais Notícias de Alagoinhas
policiais Futebol e Arbitragem
Pau na Preá
policiais Falando
direito
Tecnologia

Tocha Olímpica chega ao Brasil nesta terça-feira

A chama Olímpica dos Jogos Rio 2016 chega ao Brasil nesta terça-feira, dia 3, para uma jornada de 95 dias e que terá o Distrito Federal como ponto de partida do revezamento. O avião da LATAM trazendo a lanterna acesa em Atenas, na Grécia...

Policial perde emprego por evangelizar durante horário de trabalho

Um membro da policia rodoviária do estado de Indiana foi demitido após ser acusado de constranger os cidadãos por que falou sobre sua fé com eles. Ele está sendo processado pela segunda vez ...

 
 


 



Google:                                          

CONTATO

linha190
 
 
 
 
  
 

Enquete

 

O que você prefere ouvir?

  • Arrocha
  •  
  • Pagode baiano
  •  
  Tel: (75) 3422-3727
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Publicidade



Compre na Feira Tintas e concorra a uma moto 0 km

Massa corrida Coral para de 27 kg de R$ 62,90 por R$ 46,90

Tinha Verano sem cheiro para 18 Lts de R$ 108,90 por 79,90


Fest in Canto vai revelar talentos da música nos colégios

Sabe aquele estudante que ‘respira’ música e vive cantando pelos corredores da escola? A chance para ele mostrar ao público seu talento chegou: é o Fest in Canto, o Festival Intercolegial de Novos Talentos da Música lançado pela BSC/Copener para estimular os estudantes-artistas a, quem sabe, deslancharem para o sucesso. Podem participar estudantes matriculados nas redes municipal e estadual de ensino de Alagoinhas, Araçás, Aramari, Conde, Entre Rios, Inhambupe e Itanagra nas categorias juvenil (acima de 14 anos) e infantil (até 14 anos de idade). Na semifinal, serão oferecidos prêmios em dinheiro, respectivamente R$ 500 e R$ 300, para os primeiros e segundos colocados de cada categoria. Já na final, os primeiros colocados das categorias infantil e juvenil vão gravar um CD e receberão mil cópias cada para divulgação de seu trabalho. A primeira etapa, em Alagoinhas, será no dia 14 de maio, no Ginásio de Esportes. As datas e locais nos demais municípios serão divulgados em breve.

As apresentações das músicas serão em shows organizados pela BSC/Copener nas próprias cidades de origem dos candidatos. Nestes eventos serão selecionados dois candidatos em cada categoria – infantil e juvenil.

Pelo regulamento, cada candidato poderá inscrever uma única música. Podem ser inscritas músicas inéditas, de autoria dos próprios candidatos ou de outros compositores, e também canções já conhecidas, de outros autores. “Um júri formado por três músicos, produtores culturais e pessoas ligadas à arte e à cultura em geral vão avaliar quesitos como melodia, letra, afinação, ritmo e interpretação”, explica Mickey Santos, produtor musical e parceiro no projeto.

Dentre as canções apresentadas nas sete etapas regionais, serão selecionadas sete na categoria infantil e sete na juvenil para concorrerem na etapa final que será realizada com um grande show, no qual serão anunciados os vencedores. “Acreditamos que este festival será uma oportunidade única para os estudantes que desejam mostrar seu talento porque além das apresentações em si, há a possibilidade de gravar um CD, que já sai com uma tiragem de mil cópias totalmente custeadas pela BSC/Copener”, destaca Ana Paula Batista, analista de Relações com Comunidades da empresa, que está à frente do projeto.

Os estudantes de Alagoinhas já podem retirar as fichas de inscrição nas próprias escolas, juntamente com cópias resumidas do regulamento do festival, já que os regulamentos completos estarão disponíveis para consulta nas secretarias ou quadros de aviso das escolas. As fichas de inscrição para os estudantes dos demais municípios serão disponibilizadas em breve, com ampla divulgação em cada localidade.

A competição conta com o apoio das prefeituras municipais, por meio das secretarias de Educação e Cultura e do Laboratório Musical, escola de música sediada em Alagoinhas e que já é parceira da BSC/Copener no projeto Música na Escola.

 

Ministério Público abre ação contra a Globo por esponja black power do BBB

03 de Maio de 2016 - 17:30

A polêmica esponja com cabelo black power que foi colocada na casa do "BBB16" irá render um processo contra a Globo. O Ministério Público Federal do Rio de Janeiro anunciou nesta terça-feira (3) que protocolou uma ação civil pública contra a emissora "por dano moral coletivo e discriminação racial" devido ao uso da esponja. "A representação do cabelo Black Power como esponja de pia faz uma clara alusão ao estereótipo racista do 'cabelo para ariar panela' ou 'cabelo Bombril', servindo apenas para reforçar o preconceito, ainda intrínseco a muitos setores da sociedade, desde a abolição da escravatura", argumentam os procuradores da República Renato Machado e Ana Padilha Oliveira, autores da ação. No processo, o MPF pede uma reparação por danos morais coletivos, em um valor não inferior a 0,5% do faturamento do "BBB16". O órgão ainda pede que a emissora faça uma retratação à população negra, que seria exibida tanto no horário do "BBB" quanto no do "Mais Você", primeiro programa em que a esponja foi exibida. Procurada pelo UOL, a Globo ainda não comentou a ação do MPF. Em fevereiro, a emissora informou que havia prestados os esclarecimentos solicitados à época pelo órgão: "Esclarecemos que a esponja citada, representando um dançarino disco dos anos 1970, faz parte de uma coleção que retrata ícones de gerações e culturas diversas, como uma moça descolada dos anos 60, um soldado da guarda inglesa e até a rainha Elizabeth. Estes outros modelos estão sendo colocados na casa conforme as necessidades de uso e já podem ser vistos no ar".

Hackers invadem computadores de Marcela Temer

03 de Maio de 2016 - 17:20

Surge mais um caso onde hackers invadem computadores. Desta vez, a vice-primeira dama Marcela Temer foi a vítima. Os hackers roubaram todo o conteúdo que a máquina dela guardava. A Polícia Civil de São Paulo suspeita de crime político, mas, para tentar despistar, os criminosos virtuais passaram a fazer chantagem, ameaçando tornar públicas as trocas de mensagens com familiares, além de senhas e até fotografias. Segundo informações do site da Band, os investigadores já identificaram a origem dos invasores: computadores em São Bernardo e Santo André, na região metropolitana de São Paulo. O secretário de Segurança paulista, Alexandre de Moraes, tem estado com Temer relatando os avanços das investigações em curso. Os encontros desencadearam especulações de um “convite” para ele assumir a AGU (Advocacia-Geral da União), mas o tema das conversas vem sendo apenas policial.

"Me arrasa a alma", diz presidente da Ferrari sobre má fase da equipe

03 de Maio de 2016 - 16:50

Uma estratégia errada na Austrália, uma quebra de motor no Bahrein, um acidente na primeira curva na China. Nas três primeiras etapas do campeonato, a Ferrari enfrentou problemas que dificultaram a percepção sobre o real desempenho da equipe. Na Rússia, contudo, mesmo com novidades no motor e no carro, a equipe teve de enfrentar uma dura realidade: com uma corrida limpa, Kimi Raikkonen foi apenas o terceiro colocado, a mais de 30s do vencedor Nico Rosberg. "Estamos perto, mas o problema é que os últimos décimos de segundo são os mais difíceis. Nas outras corridas, a performance ficou prejudicada, mas desta vez não: não podemos atribuir a culpa a mais ninguém", pressionou o presidente Sergio Marchionne, durante evento da Fiat em Turim, na Itália. "Me arrasa a alma ver a Ferrari sofrer assim. Estava acostumado a ver a Ferrari de Schumacher. Na Rússia, foi uma corrida muito ruim, há muito trabalho pela frente, mas tenho máxima confiança na equipe e de que conseguiremos. Devemos acabar com essa diferença [em relação à Mercedes] na velocidade da luz." A etapa russa era fonte de esperança para o time de Maranello, que estreou uma nova asa dianteira, desenhada especialmente para circuitos com carga aerodinâmica semelhante à usada em Sochi, e uma nova configuração de motor. Para a quarta corrida do campeonato, a Scuderia gastou um terço das fichas de desenvolvimento que ainda tem à disposição na temporada, obrigando os dois pilotos a usarem o segundo dos cinco motores aos quais terão direito ao longo do ano. No caso de Vettel, que sofreu a quebra no Bahrein, a central eletrônica utilizada já é a terceira. "[As novidades no motor] estão funcionando como esperávamos. São algumas melhoras aqui, outras ali, mas não está fazendo uma diferença muito grande", admitiu Raikkonen, que acredita que a Ferrari ainda está devendo na temporada. "Queremos vencer corridas e colocar os dois carros o mais à frente que pudermos. Mas não temos velocidade suficiente." Sabe-se que, em termos de potência total, o motor Ferrari está praticamente igualado com o Mercedes. O problema é que os italianos não conseguem manter seu equipamento funcionando no nível máximo por tanto tempo, o que gera uma discrepância no ritmo de corrida. "Temos uma boa velocidade, mas temos de tomar algumas medidas para economizar combustível, então não dá para forçar tanto quanto o carro pode", afirmou o finlandês em entrevista coletiva após a prova russa. Não se sabe quando virá a nova atualização no motor, mas são dois os obstáculos: a cada update, os pilotos terão de utilizar um novo elemento de sua cota e a Ferrari já é a montadora que tem menos fichas de desenvolvimento disponíveis. São apenas seis para serem utilizadas até o final do ano. A Mercedes tem 11, a Honda 14 e a Renault, 24. A tabela de classificação do mundial de construtores mostra um cenário bem diferente do projetado pelo time no início do ano, quando se colocava como possível rival direto da Mercedes. Após quatro etapas disputadas em 2015, o placar apontava 159 pontos para a Mercedes e 107 para a Ferrari. Agora, é de 157 a 76.

Brasil pode ter dois presidentes em cerimônia de abertura da Olimpíada

03 de Maio de 2016 - 16:40

A instabilidade política e a falta de regras claras no processo de impeachment pode gerar uma situação inusitada: o Brasil pode ter dois presidentes durante a abertura da Olimpíada, no dia 5 de agosto, no Rio de Janeiro. Caso o Senado aprove a abertura do processo de impedimento da presidente Dilma Rousseff – em votação prevista para 11 de maio –, ela deverá ser afastada das funções no Executivo por 180 dias. Porém, não deixa de ser presidente. Por isso, de acordo com a coluna Radar On-line, da revista Veja, não há nada que a impeça de dividir a cerimônia de abertura dos jogos com o vice-presidente Michel Temer (PMDB).

Dólar sobe e Bovespa cai em dia de aversão ao risco no exterior

03 de Maio de 2016 - 16:30

O dólar subiu 2,33% nesta terça-feira, maior alta em um mês e meio, e terminou a 3,57 reais, acompanhando a piora do cenário externo e maior aversão a risco sobretudo nos mercados emergentes, após dados ruins da China. Na máxima do dia, a cotação chegou a bater em 3,58 reais. No mercado de ações, o Ibovespa, principal índice da Bovespa, recuou 2,27%, a 52.343 pontos, segundo dados preliminares, com as ações Itaú Unibanco entre as maiores pressões negativas após resultado trimestral mostrar recuo no lucro e alta nas provisões para calotes. No cenário externo, o principal fator que motivou a cautela dos investidores foi a queda da atividade industrial da China, que encolheu pelo 14º mês seguido em abril, mostrando fragilidade da segunda maior economia do mundo. O Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) do Caixin/Markit da China recuou para 49,4, contra expectativa do mercado de 49,9 e ante 49,7 em março. "Os dados da China hoje pegaram de jeito as commodities e isso acaba afetando as moedas de emergentes como um todo", disse o operador da corretora Correparti Jefferson Luiz Rugik. A queda nos preços do petróleo também ajudou a alimentar a aversão ao risco do mercado nesta sessão, por preocupações com o aumento da produção no Oriente Médio e no Mar do Norte, renovando os receios em torno do excesso de oferta global. No caso do câmbio, ajudou também a atuação do Banco Central, que realizou leilão de swaps cambiais reversos -- equivalentes à compra futura de dólares -- no início dos negócios. Pela manhã, a autoridade monetária vendeu 9.800 swaps cambiais reversos da oferta total de até 20 mil contratos. A cena política permaneceu no radar dos investidores. Na véspera, Henrique Meirelles, ex-presidente do BC e já indicado para comandar o ministério da Fazenda em um eventual governo de Michel Temer, disse que é preciso reverter a trajetória da dívida pública e ter claro o que é preciso fazer para o país sair do atual ciclo econômico negativo. Na próxima semana, o Senado vota o afastamento temporário da presidente Dilma Rousseff. (Reuters)

Costa admite ser ‘muito difícil’ reverter resultado em comissão do impeachment

03 de Maio de 2016 - 16:20

 

O líder do governo no Senado, Humberto Costa (PE), admitiu nesta segunda-feira, 2, ser “muito difícil” reverter a tendência de aprovação de um parecer favorável ao afastamento da presidente Dilma Rousseff na Comissão Especial de Impeachment da Casa. O petista, contudo, disse não ter desistido de conquistar no plenário um resultado favorável à presidente. “Não (jogamos a toalha). Vamos fazer uma disputa na comissão e vamos fazer uma disputa no plenário e eu estou muito confiante de que aqui no plenário nós podemos ter metade mais um dos presentes para evitar o impeachment”, respondeu Costa. Para o líder governista, a mudança de voto na comissão – que deve votar o parecer do senador Antonio Anastasia (PSDB-MG) na sexta-feira, 6, é muito difícil porque os integrantes do colegiado foram escolhidos por líderes que já tinham posição. Humberto Costa afirmou que, diante do que considera “enorme fragilidade” dos argumentos técnicos para tentar provar a existência do crime de responsabilidade pela presidente Dilma Rousseff, termina prevalecendo um debate político. O petista reclamou que um dos expositores colocou de forma tal a discussão sobre impeachment como se fosse um procedimento banal. “Quando, na verdade, no sistema presidencialista, em que o chefe de Estado é o chefe de governo, o impeachment é usado em uma situação absolutamente excepcional”, criticou.

Dilma deverá usar passagem da Tocha Olímpica para defender governo

03 de Maio de 2016 - 15:50

Mesmo resignada e já aceitando que o seu governo está próximo do fim por conta do processo de impeachment em andamento, a presidente Dilma Rousseff deve usar a cerimônia da passagem da Tocha Olímpica nesta terça-feira, 03, para tentar passar a imagem de que o governo ainda “não jogou a toalha”. A ideia de mostrar “que o jogo só acaba quando termina”, entretanto, tende a ser mais comedida, já que o evento de caráter internacional “engessa” a cerimônia. Além de Dilma, devem discursar o presidente do Comitê Rio 2016, Carlos Arthur Nuzman; o ministro do Esporte, Ricardo Leyser; e o governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg. A escolha do Rio como sede da Olimpíada foi uma bandeira bastante usada pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que em sua gestão conseguiu também concretizar a realização da Copa do Mundo em 2014. Os dois eventos esportivos sempre foram defendidos pelo governo petista pelo “legado” que deixariam ao País. Na semana passada, em entrevista à CNN Internacional, Dilma admitiu que ficará “muito triste” se não estiver à frente da Presidência durante os Jogos Olímpicos justamente pelo esforço que o governo empregou no evento. “Se isso acontecer, eu ficarei muito triste porque nós fizemos um enorme esforço no espírito de parceria com o governo do Rio de Janeiro e nos engajamos num esforço no qual aprendemos muitas lições da recente Copa do Mundo”, disse. A presidente afirmou ainda que o evento deixará “um legado na forma de melhoras urbanas para o Rio de Janeiro. Eu gostaria muito de participar das Olimpíadas porque eu ajudei a construir desde o primeiro dia a matriz de responsabilidade”, disse à CNN Internacional.

Lava Jato aprofunda apuração sobre corrupção em compra de Pasadena

03 de Maio de 2016 - 15:40

A força-tarefa da Operação Lava Jato, em Curitiba, está aprofundando as investigações sobre a corrupção e a lavagem de dinheiro na compra e reforma da Refinaria de Pasadena, nos Estados Unidos – caso emblemático da organização criminosa instalada na Petrobrás, que seria gerado prejuízo de US$ 792 milhões segundo o Tribunal de Contas da União. Perícias criminais, análises no material apreendido na 20ª fase – batizada de Operação Corrosão -, e o recebimento da delação do senador Delcídio Amaral (sem partido-MS), ex-líder do governo, são elementos que servirão para apontamento de que a organização criminosa, já condenada em contratos de obras de refinarias no Brasil, também seja imputada por crimes crimes praticados no exterior, como a aquisição de Pasadena, nos Texas, em 2006. Ex-executivo da Petrobrás e membro do PT, na época dos fatos, Delcídio admitiu em sua delação premiada que a compra da refinaria envolveu corrupção. Diz ter recebido US$ 1 milhão de propina, referente ao negócio, para pagar dívidas de campanha feitas em 2006. “De fato, recebeu US$ 1 milhão”, afirmou Delcídio, em seu termo de delação número 12. “Soube, posteriormente, que a origem desses recursos teria advindo de propinas pagas a partir da compra da Refinaria de Pasadena, no valor global de US$ 15 milhões”. Leia mais no Estadão.

Comissão do Impeachment volta a ouvir defesa de Dilma

03 de Maio de 2016 - 15:30

A defesa volta a se manfestar hoje (3) na comissão do Senado que examina o processo de impeachment da presidenta Dilma Rousseff. Foram indicados para falar nesta terça-feira o professor de direito processual penal da Universidade Federal do Rio de Janeiro Geraldo Prado, o diretor da Faculdade de Direito da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Ricardo Lodi Ribeiro, além de Marcelo Lavenère, ex-presidente do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil. De acordo com o calendário definido pela comissão, depois dessas manifestações, o relator do processo de impeachment, Antônio Anastasia (PSDB-MG), vai apresentar o parecer, e o texto deverá ser discutido no dia 4, de modo que haja tempo hábil para eventuais pedidos de vista nas 24 horas seguintes. No dia 5, a defesa da presidenta terá mais uma oportunidade de falar na comissão. No dia 6, o relatório deve ser votado pelo colegiado que, para aprovar, precisa de maioria simples entre os 21 integrantes da comissão. Feito isso, haverá mais um intervalo, de 48 horas úteis, para que, no dia 11 de maio, a votação final sobre a admissibilidade ocorra em plenário. Se aprovada a admissibilidade do processo, a presidenta da República será notificada e imediatamente afastada do cargo por 180 dias. Se rejeitada a admissibilidade, o processo será arquivado. Ontem (2), falaram os indicados pela oposição – o procurador do Ministério Público no Tribunal de Contas da União, Júlio Marcelo de Oliveira, que identificou o atraso no repasse de recursos a bancos públicos para o pagamento de benefícios sociais, as chamadas pedaladas fiscais. Também falaram a favor do impedimento da presidenta Dilma Rousseff o advogado Fábio Medina Osório, presidente do Instituto Internacional de Estudos de Direito do Estado, e o professor do Departamento de Direito Econômico-Financeiro e Tributário da Universidade de São Paulo Maurício Conti. A sessão durou cerca de dez horas.

Cunha e Renan são alvo de 18 pedidos de investigação

03 de Maio de 2016 - 15:20

Com a iminente chegada do vice Michel Temer à Presidência da República, a linha sucessória do País será formada por dois políticos que, juntos, respondem a, pelo menos, 18 pedidos de investigação no Supremo Tribunal Federal.O presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), já é réu em uma ação penal no Supremo, além de responder a uma denúncia e a três outros inquéritos no contexto da Operação Lava Jato. Nesta segunda-feira, 2, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot pediu ao STF que abrisse mais uma linha de investigação contra Cunha, com base na delação do senador Delcídio Amaral (sem partido-MS).Já o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), responde atualmente a 12 inquéritos no Supremo, nove deles relacionados às investigações sobre o esquema de corrupção da Petrobras, um relativo à Operação Zelotes além de dois que apuram irregularidades no pagamento da pensão de uma filha que o senador teve um relacionamento extraconjugal. Se o impeachment da presidente Dilma Rousseff for aprovado pelo Senado, Cunha se tornará o segundo na linha sucessória e deve, eventualmente, assumir o cargo quando Temer estiver fora do País. Tanto ele quanto Renan são do mesmo partido de vice, o PMDB.A possibilidade de uma pessoa que já responde a uma ação penal assumir a Presidência tem agitado o meio jurídico. Na semana passada, o ministro do STF Teori Zavascki reconheceu que vai levar esse debate ao plenário da Corte para ser feito com a discussão sobre o pedido de afastamento de Cunha do comando da Câmara.A saída do peemedebista do cargo foi pedida em dezembro do ano passado pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot. Desde então, o processo está parado no Supremo, mas começa a circular no tribunal a informação de que Teori poderia liberar o caso para a pauta em breve.

Helicóptero cai e mata duas pessoas no litoral de São Paulo

03 de Maio de 2016 - 13:20

Um helicóptero caiu nesta segunda-feira (2) em uma região de mata na altura do quilômetro 260 da Rodovia Cônego Domênico Rangoni - mais conhecida como Piaçaguera-Guarujá, em Cubatão, litoral sul de São Paulo. A informação foi confirmada pelo Corpo de Bombeiros. O piloto e a passageira, uma fotógrafa, morreram no acidente. A aeronave colidiu com fios de alta tensão. Foram enviadas cinco viaturas dos Bombeiros ao local da tragédia. (Band)

Trabalho infantil ainda está ‘bastante enraizado na nossa sociedade’, diz especialista

03 de Maio de 2016 - 12:50

Apesar da Lei de Aprendizagem ajuda a prevenir trabalho infantil e ressocializar jovens infratores ,um dos maiores desafios no combate ao trabalho infantil no Brasil, segundo o coordenador de combate ao Trabalho Infantil da SRTE na Bahia, Antônio Inocêncio, é que a prática está enraizada na sociedade brasileira. “Há uma questão cultural ainda muito forte, de valorização do trabalho. A família não acha que esteja fazendo mal a criança, e as crianças não acham que estão sendo exploradas. O patrão, em muitas áreas, não acha que está explorando. É uma questão cultural que precisa ser bem trabalhada em uma rede de proteção à criança. Não só fiscalização, mas também educação e saúde em um trabalho articulado”, observa. De acordo com dados de uma Pesquisa Nacional por Amostragem de Domicílio (Pnad), e publicados no site Observatório da Criança, aproximadamente 296 mil crianças e adolescentes baianas, entre 5 a 17 anos, estão em situação de trabalho. A pesquisa, divulgada no início do último mês de abril, ainda aponta que a exploração do trabalho infantil no país cresceu 4,5% em 2014, comparada a 2013. Em 2013, na Bahia, a pesquisa registrou quase 292 mil crianças trabalhando. Para a procuradora do Trabalho Virginia Senna, desde o início da década de 1990 a visão de que o trabalho infantil é benefício se modificou. “No início, a gente lutou muito com relação a isso, e eu acho que a sociedade já vem tendo uma outra opinião sobre isso. O trabalho infantil, na verdade, só faz recrudescer o ciclo de miséria e exclusão social, na medida em que não proporciona a transformação social. A criança não vai para escola, se submete ao trabalho e ai não avança e o ciclo vai se perpetuando. Além do mais, existe todo um estudo de que o trabalho infantil é maléfico ao desenvolvimento da saúde física e mental do menor. Imagina um menor carregando peso, o mal que isso causa”, ressalta. Inocêncio explica que são inúmeros os prejuízos para a criança que começa a trabalhar cedo. “A criança é prejudicada fisicamente e psicologicamente em seu desenvolvimento. A criança interpreta questões habituais do trabalho de uma maneira diferente do adulto, ela ainda não está segura para entrar no mercado de trabalho. Para a sociedade, existe a manifestação do ciclo da pobreza. A criança que trabalha precocemente dificilmente irá se qualificar, estudar, ter uma possibilidade melhor de trabalho no futuro. Ou seja, ela permanecerá na pobreza, não será promovida no trabalho precoce, embora parte da sociedade defenda que trabalhando desde cedo ela tem mais chance de prosperar. Não se qualificando, essa criança se tornará uma mão de obra pouco preparada. Em uma economia que almeje o progresso, o ideal é ter uma mão de obra cada vez mais qualificada. Não é o que acontece quando a pessoa começa a trabalhar desde cedo. Ela para de estudar, ou não tem condições de manter os estudos no mesmo nível. A energia é toda gasta no trabalho”, avalia. O Brasil tem até o ano de 2025 para erradicar as piores formas de trabalho infantil. Contudo, a crise econômica pode acentuar o trabalho infantil, por conta das demissões dos pais, aponta Senna. Ela diz que o momento é difícil até para se cobrar que as empresas cumpram a Lei de Aprendizagem. Ainda de acordo com a procuradora, o MPT recebe muitas denúncias de crianças e adolescentes que trabalham nas ruas, muitas vezes para os próprios pais, e que o combate é feito com apoio dos órgãos de fiscalização, como o Conselho Tutelar, que carecem de maior estrutura.

Teori Zavascki envia para Sérgio Moro denúncia de suposta propina do PFL baiano

03 de Maio de 2016 - 12:40

O ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal (STF), enviou ao juiz Sérgio Moro, da primeira instância da Justiça Federal em Curitiba, a denúncia sobre o suposto pagamento de propina ao PFL baiano durante durante o governo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (veja mais). O encaminhamento aconteceu a pedido do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, já que no depoimento não são citadas pessoas com foro privilegiado, como parlamentares e ministros. O senador Delcídio do Amaral citou em sua delação premiada um possível pagamento de propina entre US$ 9 milhões e US$ 10 milhões para políticos ligados ao PFL (atual DEM) na Bahia. O valor teve origem na compra de uma máquina da empresa Alstom para a Refinaria Landulfo Alves. O parlamentar entregou US$ 10 milhões ao baiano Carlos Lanranjeira, ex-diretor da OAS, a pedido do ex-ministro Rodolpho Tourinho, em transação com a Alstom.

Desembargador nega recurso e mantém bloqueio ao WhatsApp no Brasil

03 de Maio de 2016 - 12:30

O desembargador Cezário Siqueira Neto negou a liminar em mandado de segurança que pedia o desbloqueio do aplicativo WhatsApp. A decisão foi publicada durante o Plantão do Judiciário do Tribunal de Justiça de Sergipe (TJ-SE) na madrugada desta terça-feira (3). O recurso foi impetrado pelo WhatApp Inc. Dessa forma, está mantido o bloqueio de 72 horas ao aplicativo de troca de mensagens iniciado às 14h desta segunda-feira (2) (veja mais). TIM, Oi, Claro, Nextel e Vivo cumpriram a determinação. Caso elas não obedeçam a medida, deverão pagar multa diária de R$ 500 mil.

Medeiros Neto: Ambulância atropela cavalo que fica pendurado em para-brisa

03 de Maio de 2016 - 12:20

Um motorista ficou ferido e um cavalo morreu em um acidente na BA 290 em Medeiros Neto, no extremo sul baiano. Uma ambulância acabou atropelando o animal que ficou preso na frente do veículo, apenas com a parte posterior para fora do carro. O acidente ocorreu na noite deste domingo (1°) e envolveu uma ambulância da prefeitura de Medeiros Neto. De acordo com o G1, o motorista, de 29 anos, trafegava a cerca de 100 km/h na hora da colisão com o cavalo. Segundo ele, que teve apenas ferimentos leves na mão direita, um “milagre” o salvou. Conforme a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), o acidente ocorreu a cerca de oito quilômetros da entrada da cidade. O condutor, que trabalha no Hospital de Medeiros Neto, transportando pacientes pela região há mais de sete anos, disse que é comum ver animais na pista, o que aumenta o risco de acidentes.

Tocha Olímpica chega ao Brasil nesta terça-feira

03 de Maio de 2016 - 08:20

A chama Olímpica dos Jogos Rio 2016 chega ao Brasil nesta terça-feira, dia 3, para uma jornada de 95 dias e que terá o Distrito Federal como ponto de partida do revezamento. O avião da LATAM trazendo a lanterna acesa em Atenas, na Grécia, pousa no Aeroporto Internacional de Brasília, às 6h40, vindo da Suíça, onde a chama fez uma escala no Museu Olímpico e na ONU. O percurso começa às 10h e somará mais de 118 quilômetros de distância, dos quais 37 serão traçados por 141 condutores. A rota inclui cinco regiões administrativas e diversos pontos turísticos, como o Palácio Itamaraty, o Senado Federal, a Câmara dos Deputados, a Catedral Metropolitana e a Igrejinha na Asa Sul. O símbolo Olímpico vai explorar ruas e atrações de Brasília – incluindo trajetos percorridos por bicicleta, rapel e nado. A tocha sairá do Palácio do Planalto pelas mãos da jogadora de vôlei Fabiana Claudino, bicampeã olímpica (2008 e 2012) em direção à Catedral Metropolitana. Nesse trecho, serão nove condutores. Dentro da catedral, a jogadora de vôlei Paula Pequeno passará a tocha para o ex-maratonista Vanderlei Cordeiro de Lima. Aventureira, a tocha Olímpica descerá de rapel a Ponte JK pelas mãos do condutor Manoel Costa, policial militar do Distrito Federal, que a passa para o velejador Felipe Rondina. Ele vai de lancha até o Clube do Exército. De lá, a tocha segue em canoa havaiana em direção ao Pontão do Lago Sul, com o canoísta Rubens Pompeu. Pelos céus, a bordo de um helicóptero do Exército, a tocha Olímpica novamente usa o rapel. Desta vez, para chegar ao centro do gramado do estádio Mané Garrincha, onde o condutor Haudson Alves entrega a chama para o zagueiro de futebol Lucio. O campeão da Copa do Mundo pela Seleção Brasileira em 2002 dará uma volta ao redor do campo. No Memorial JK e no Memorial dos Povos Indígenas, a tocha será conduzida pelo índio Kamukaiká Yawalapíti, que fará o percurso no interior do Memorial. O Revezamento da Tocha Olímpica Rio 2016 termina na Esplanada dos Ministérios, com acendimento da pira pela ex-jogadora de vôlei Leila Barros, medalha de bronze nos Jogos Olímpicos de Sydney 2000. Em seguida, a celebração do dia, com show de Diogo Nogueira e Daniela Mercury.

Resumo policial dia 03-05-16

Homicídio:

20:00 Barreiro rua Dias D’Ávila, vitima MAXUEL GOMES DOS SANTOS DE 18 anos. Ele foi encontrado caído nos fundos de uma residência. Nio local ninguém deu nenhuma informação a respeito do caso, os disparos atingiu o rosto, tórax e a perna. Corpo encaminhado ao IML.

Assalto:

 19:00 Rua Carlos Gomes vitima homem, segundo relato na delegacia foi abordado por dois elementos sendo que um deles estava armado. Perdeu para a dupla carteira com documentos, dinheiro e celular.

Assalto:

19:00 Estrada do buri fim de linha da santa Terezinha, vitima homem. Segundo ele estava voltando para casa, quando foi surpreendido por três elementos que surgiram na sua frente. Um deles portava um revolver, onde foi anunciado o delito sendo levado sua moto uma CG 150 vermelha placa NTK 3287.

Assalto:

20:30 Parque da Jaqueira praça Kennedy, vitima homem. Segundo relatou na Dp, estava na porta de uma mercearia, quando surgiram dois elementos num veículo saveiro G5 cor vermelha cabine estendida, onde um deles armado anunciou o delito sendo levado um celular.

Assalto:

18:50 Vitima homem, trevo de Araçás BR 101. A vítima contou na delegacia que estava aguardando um transporte, quando foi surpreendido por um elemento armado o qual estava numa moto. sob ameaça levou da vitima um celular.

Spray usado em festas no RS derrete plástico e surpreende a polícia

03 de Maio de 2016 - 07:50

Os efeitos do spray do "sucesso" chamaram a atenção da polícia do Rio Grande do Sul. Um teste feito por agentes do Departamento Estadual de Investigações do Narcotráfico (Denarc) mostra que o produto é capaz de derreter um copo de plástico, como mostra reportagem do RBS Notícias. O material foi apreendido no domingo pela polícia dentro de um ônibus que circulou por Porto Alegre, recolhendo jovens que iriam para uma festa rave. A polícia se infiltrou na chamada "excursão do tráfico" e flagrou dentro do ônibus o produto sendo utilizado. O delegado Mauricio Barison, explica como o produto é utilizado pelos usuários. "Eles nos relataram que molham panos e inalam através da boca. Ou até mesmo quando eles já estão no efeito da droga, aplicam essa substância diretamente na boca. Elas ingerem a substância. Para gente ter a noção do risco que isso aí causa à saúde." Além de inalar, alguns usuários colocam o spray nas bebidas de outros frequentadores. A polícia faz um alerta para quem frequenta festas eletrônicas. "Essa forma de por na bebida, é uma forma que tem que ter muita atenção. a pessoa tem que cuidar aonde o seu copo anda porque outra pessoa pode ter colocado um 'spray do sucesso' dentro dessa bebida", explica o diretor de investigações do Denarc, Mario Souza. O produto é considerado um substituto do lança perfume e é mais barato. O spray do "sucesso" não é considerado droga pela lei brasileira. Entretanto, o casal que comercializava o spray foi preso porque também vendia ectasy.

Bahia perde R$ 1 bilhão em repasses da União em 2015

03 de Maio de 2016 - 07:40

O Governo do Estado perdeu cerca de R$ 1 bilhão em receitas em 2015. Esse valor seria equivalente ao repasse da União aos cofres baianos se o Fundo de Participação dos Estados (FPE) tivesse mantido o crescimento equivalente ao da receita tributária desde 2012. O dado é resultado de levantamento feito pela área técnica da Secretaria da Fazenda do Estado (Sefaz-Ba). De acordo com o órgão, a queda na arrecadação da União tem reflexos diretos nas contas públicas na Bahia. Nos últimos anos, as transferências correntes têm crescido sempre menos que a arrecadação tributária do Estado, como é o caso do FPE. Com as perdas acumuladas, a Bahia ultrapassou o limite prudencial para gastos com o funcionalismo estabelecido pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), que toma por base justamente a receita corrente, o que impôs ao Estado uma série de restrições nos gastos com pessoal.

Prefeito de Salvador ACM Neto oficializa noivado com Tatá Canhedo

03 de Maio de 2016 - 07:30

O prefeito ACM Neto deve subir ao altar logo logo. Segundo o site Alô Alô Bahia, ele oficializou o noivado com a publicitária Tatá Canhedo, com quem começou a namorar no final de 2015. O pedido oficial teria ocorrido neste fim de semana, durante jantar em Brasília, terra natal da futura primeira-dama de Salvador. Tatá, inclusive, já estaria organizando a mudança para Salvador, que deve ocorrer no mês de junho. Neste domingo (1º), o prefeito publicou uma foto dos dois no Instagram para comemorar o aniversário da escolhida. “Hoje é o seu dia! Que todos os santos, encantos e axés façam com que esse dia seja muito especial em sua vida. Feliz aniversário, baianinha”, disse na publicação. O noivado já era esperado desde abril deste ano, quando a estilista Martha Medeiros fez uma publicação também em seu perfil no Instagram. “Há mais de dez anos eu conheci esta menina linda e agora eu vou fazer o vestido de Tatá Canhedo @tatacanhedo de noiva!!!! Estou muito feliz!!!!”, contou Medeiros.

Bispo da Igreja Universal é cotado para Ministério da Ciência e Tecnologia

03 de Maio de 2016 - 07:20

O bispo licenciado da Igreja Universal Marcos Pereira é um dos fortes candidatos para chefiar o Ministério da Ciência e Tecnologia em um eventual governo do vice-presidente Michel Temer. Presidente nacional do PRB, o pastor já se reuniu com Temer no Palácio do Jaburu. A pasta foi oferecida ao partido esta semana, depois que as tentativas de uma negociação em cima da Agricultura e da Secretaria Especial de Portos frustraram. Pereira publicou em sua página na internet uma mensagem em que diz que seu partido "saiu da base de apoio do governo Dilma Rousseff e deixou o Ministério do Esporte em pleno ano de realização das Olimpíadas por entender que houve crime de responsabilidade e pela dificuldade de diálogo que a presidente e seus auxiliares mais próximos sempre impuseram aos aliados". No governo Dilma, o PRB comandou o Ministério do Esporte até as vésperas da aprovação do impeachment na Câmara. O titular da pasta nessa fase era o pastor George Hilton. "Nossa esperança é a de que o novo governo [Temer] não cometa os mesmos erros deste que está prestes a se encerrar. Temos conosco a expectativa de, juntos, deixarmos um legado para o futuro. O Brasil pode contar com o PRB", encerrou, ainda, na rede social. Segundo a Folha de S. Paulo, as conversas com o PRB ocorrem em meio à tentativa de Temer de equacionar as demandas de partidos que lhe darão sustentação no Congresso e a ideia de reduzir o número de ministérios (hoje em 32), caso assuma o Planalto.

Mega-Sena pode pagar R$ 14 milhões nesta terça-feira em sorteio extra

03 de Maio de 2016 - 06:50

O sorteio do concurso 1.814 da Mega-Sena pode pagar um prêmio de R$ 14 milhões para quem acertar as seis dezenas nesta terça-feira, em um sorteio extra que faz parte do especial "Mega-Sena das Mães". O sorteio do concurso 1.814 da Mega-Sena pode pagar um prêmio de R$ 14 milhões para quem acertar as seis dezenas nesta terça-feira, em um sorteio extra que faz parte do especial "Mega-Sena das Mães".

TIM decide não cobrar SMS enquanto WhatsApp estiver fora do ar

03 de Maio de 2016 - 06:40

A operadora de telefonia móvel TIM decidiu não cobrar pelo serviço de SMS enquanto durar a suspensão do WhatsApp, determinada pela Justiça Federal de Sergipe nesta segunda-feira (2). De acordo com o colunista Lauro Jardim, do jornal O GLobo, a medida da TIM vale para os seus 67 milhões de clientes durante as 72 horas em que o WhatsApp pode ficar fora do ar. O WhatsApp já recorreu da decisão do juíz e se monstrou insafisfeito com a suspensão.

Desembargador nega recurso do WhatsApp e mantém bloqueio de 72h

03 de Maio de 2016 - 06:30

O desembargador Cezário Siqueira Neto negou a liminar do mandado de segurança impetrado pelo WhatsApp Inc. A decisão do recurso foi publicada 0h30 desta terça-feira (3) durante o Plantão do Judiciário do Tribunal de Justiça de Sergipe (TJSE) e confirmada pela assessoria de comunicação do órgão nesta manhã. Assim sendo, fica mantido o bloqueio do aplicativo de mensagem instantânea para clientes de TIM, Oi, Vivo, Claro e Nextel pelo período de 72 horas, iniciado às 14h da segunda-feira (2). A multa para as empresas em caso de descumprimento do bloqueio é de R$ 500 mil. Segundo o Sinditelebrasil, sindicato das operadoras, todas as empresas notificadas afirmaram que vão cumprir a determinação judicial. A decisão é do juiz Marcel Maia Montalvão, da Vara Criminal de Lagarto, em Sergipe. O magistrado atendeu a um pedido de medida cautelar da Polícia Federal, que foi endossado por parecer do Ministério Público. A empresa que recorreu da decisão lamentou, em comunicado, a decisão e disse não ter a informação exigida pelo juiz.

Tomar café reduz risco de morte prematura, diz estudo

02 de Maio de 2016 - 18:20

Um estudo publicado na revista Circulation revelou que beber ao menos cinco xícaras de café por dia reduz o risco de morte prematura por doenças cardíacas, cerebrais e diabetes. As informações são do site da revista Times . Os pesquisadores acompanharam 208.500 pessoas ao longo de 30 anos. Os voluntários tiveram que responder sobre seus hábitos de saúde e alimentares e qual era seu consumo de café. As perguntas eram repetidas a cada quatro anos. Porém, os resultados não puderam confirmar se o café está diretamente ligado a uma vida mais longa, mas os cientistas afirmaram que seus compostos são conhecidos por ajudar a reduzir a resistência à insulina ou inflamação, o que pode resultar em uma saúde melhor. Entre aqueles que nunca fumaram, o risco de contrair doenças foi ainda menor. A pesquisa ainda revelou que aqueles que preferem o café descafeinado também tem menos chance de morrer prematuramente. Os pesquisadores disseram que isso pode sugerir que “outros componentes do café, além da cafeína podem desempenhar um papel benéfico para a saúde”. (Terra)

Telegram recebe 1 milhão de usuários no Brasil após bloqueio de WhatsApp

02 de Maio de 2016 - 17:50

 

O Telegram recebeu mais de um milhão de novos usuários no Brasil após o bloqueio do seu rival WhatsApp nesta segunda-feira (2). A empresa afirma que a demora para o cadastro de novos usuários foi causado pela sobrecarga na rede de SMS. O aplicativo envia um código de verificação para novos usuários. "Códigos de verificação no Brasil estão atrasados por causa da sobrecarga no lado das redes de SMS, eles estão trabalhando nisso. Por favor espere, os códigos virão", afirma o Telegram em sua conta no Twitter. "Desculpe, Brasil! Suas redes móveis não conseguem processar tantos SMS de verificação que estamos mandando. Mais de um milhão de usuários se cadastraram, mais estão esperando." A procura pelo app aumentou após o bloqueio de seu rival, o WhatsApp. O aplicativo de mensagens foi bloqueado a partir das 14h por determinação da do Tribunal de Justiça do Sergipe. O bloqueio foi pedido porque o Facebook, dono do WhatsApp, não cumpriu uma decisão judicial anterior de compartilhar informações que subsidiariam uma investigação criminal. A recusa já havia resultado na prisão do presidente do Facebook para América Latina em março.

F. de Santana: Balanço aponta aumento de prisões por tráfico na Micareta

02 de Maio de 2016 - 17:40

 

O índice de pessoas conduzidas e presas por uso e tráfico de drogas aumentou neste ano, durante a Micareta de Feira de Santana, cidade a cerca de 100 quilômetros de Salvador. O número de casos saltou de 262, registrado em 2015, para 303, o que corresponde a um acréscimo de 15,6%, segundo dados divulgados nesta segunda-feira (2) pela Secretaria de Segurança Pública do Estado da Bahia (SSP-BA) Apesar do aumento das prisões, a SSP aponta que durante os dias da festa não houve Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs), que incluem homicídios, latrocínios e lesões corporais seguidas de morte. A micareta começou oficialmente no dia 28 de abril e seguiu até 1° de maio. De acordo com a secretaria, o efetivo foi de mais de 10 mil policiais, incluindo representantes das polícias Militar, Civil e Técnica e do Corpo de Bombeiros. Com relação ao aumento de taxas, houve também acréscimo no número de pessoas que foram conduzidas à delegacia, o que totalizou 41 pessoas a mais do que no ano passado: o número passou de 501 para 541. Já a apreensão de armas de fogo e armas brancas (facas, tesouras e outros objetos perfurocortantes) teve redução de 33,3%, passando de seis para quatro casos. Além disso, os índices de lesão corporal grave ou leve apresentaram redução de 28,6%, enquanto as brigas e agressões, classificadas como vias de fato, tiveram uma queda de 82,9%. De acordo com a secretaria, também caíram em 37,6% os crimes contra o patrimônio, como furtos e roubos. Houve apenas um registro de tentativa de homicídio.

Renan também pode ser afetado após afastamento de Cunha pelo STF

02 de Maio de 2016 - 17:30

 

A possibilidade do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), ser afastado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) por estar na linha de sucessão presidencial caso o Senado aprove o impeachment da presidente Dilma Rousseff, pode atingir o presidente da Casa, Renan Calheiros (PMDB-AL). Segundo informações da coluna de Mônica Bergamo, do jornal Folha de S. Paulo, o senador pode ser atingido por ser investigado em uma série de inquéritos e ter a possibilidade de se tornar réu, caso o STF aceite alguma das denúncias. Ainda segundo a coluna, os ministros do STF tem ponderado que Renan é um fator de estabilidade política, por ser considerado um experiente negociador no Congresso.

Ubaíra: Quadrilha explode Banco do Brasil

02 de Maio de 2016 - 16:50

Uma agência do Banco do Brasil de Ubaíra, no Vale do Jiquiriçá, foi arrombada e teve caixas eletrônicos explodidos na madrugada desta segunda-feira (2). Segundo informações preliminares, depois das explosões o grupo teria fugido pela BR-420. O fato ocorreu por volta de 1h30 na Praça Senador Galrão. Moradores da cidade relataram ter ouvido disparos de arma de fogo, alguns contra residências próximas ao Banco do Brasil. Não há informações de feridos. Também não se sabe ainda se o grupo conseguiu levar alguma quantia. Durante a ação, a polícia foi acionada, mas quando os agentes chegaram ao local, o bando já havia fugido. Conforme o Blog do Marcos Frahm, a PM local relatou que os bandidos estavam a bordo de dois carros que foram interceptados na BR-116. Um dos criminosos teria sido morto em confronto com policiais, mas o restante do grupo conseguiu fugir.

Ação de defensores públicos pedem auxílio-moradia para moradores de rua de todo país

02 de Maio de 2016 - 16:40

 

Uma ação ajuizada por defensores públicos federais de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, pede que moradores de rua de todo o país tenham o direito de receber auxílio-moradia, tal como os membros dos poderes públicos. O defensor Geórgio Endrigo Carneiro diz que o Estado tem condições de pagar o auxílio para moradores de rua, pois já paga auxílio-moradia para quem já tem casa. A ação é movida contra a União, Estado do Rio Grande do Sul e o município de Porto Alegre. O defensor afirma que o custo do auxílio-moradia para as 48.620 mil pessoas em situação de rua é baixo para os cofres públicos, com dispêndio anual de R$ 438 milhões. Segundo os cálculos da ação, o custo do pagamento de auxílio-moradia a juízes, desembargadores, membros do Ministério Público, ministros, e membros do Poder Legislativo, é superior a R$ 419 milhões por ano. “Já existe uma lei federal prevista, de 2005, que garantiria um subsídio para quem não tem capacidade de pagamento de moradia, mas essa legislação nunca foi cumprida. Se tivesse sido, talvez esse problema não existisse ou não fosse tão grave”, disse o defensor ao jornal Zero Hora. A ação pede que cada morador de rua receba um valor mensal de R$ 750 no cartão cidadão, assim como é feito o pagamento do Bolsa Família, condicionado à matrícula e à frequência escolar e à prestação de horas semanais de serviços à comunidade. Além dessas condicionantes, a medida sugere a apresentação mensal dos recibos de pagamento pelo serviço de moradia, para monitorar e fiscalizar o uso dos recursos. O defensor público diz que o morador de rua, além de precisar do auxílio, também precisa de outras condições para sair da situação de extrema pobreza e ganhar autonomia.

Começa viagem de primeiro cruzeiro a sair dos Estados Unidos para Cuba em 50 anos

02 de Maio de 2016 - 16:30

 

O primeiro cruzeiro a fazer a rota entre Estados Unidos e Cuba zarpou no domingo (1º) de Miami e deve chegar a Havana nesta segunda-feira (2). Em seguida, a embarcação com 700 passageiros deve passar por diferentes portos da ilha. A última viagem de cruzeiro entre os dois países aconteceu em 1959, ano em que aconteceu a Revolução Cubana. O translado entre Cuba e Estados Unidos é feito pela empresa Carnival, que ganhou permissão para fazer o trajeto duas vezes por mês. A viagem se tornou possível graças à permissão do presidente cubano Raúl Castro para os cubanos saírem do país em embarcações comerciais. O acordo faz parte da retomada das relações diplomáticas entre as nações, que teve início em dezembro de de 2014.

Lava Jato mira contratos de plataformas durante governo Dilma

02 de Maio de 2016 - 16:20

 

A denúncia da Procuradoria da República contra o marqueteiro do PT, João Santana, e o operador de propinas do grupo Keppel Fels – dono do estaleiro BrasFels -, na semana passada, abriu o pacote de acusações força-tarefa da Operação Lava Jato no setor bilionário de plataformas e navios-sondas para exploração de petróleo do pré-sal. As primeiras denúncias são pelos crimes de organização criminosa, corrupção ativa e passiva e lavagem de dinheiro. Numa segunda etapa serão apresentadas à Justiça acusações criminais por cartel e fraude à licitação envolvendo políticos, agentes públicos da Petrobras, dos estaleiros e da empresa Sete Brasil – criada pela estatal petrolífera com bancos e recursos de fundos de pensão para ser a intermediária nas contratações de plataformas.Essa frente das apurações envolve diretamente o esquema de cartel e corrupção na Petrobras durante o governo Dilma Rousseff que assumiu em 2011 – a presidente não é alvo da apuração. “No período compreendido entre 2011 e 2014, uma grande organização criminosa estruturou-se com a finalidade de praticar delitos em desfavor da Petrobras, englobando altos funcionários da Estatal, diretores da Sete Brasil, representantes comerciais e operadores de diversos Estaleiros, estruturados em quatro núcleos fundamentais”, sustenta a Procuradoria, na denúncia contra o lobista da Keppels Fels, Zwi Skornicki, e João Santana.”Embora o discurso utilizado para a criação da empresa tenha sido o de estimular o mercado nacional, o que se observou, na realidade, foi a implementação e utilização da nova estrutura empresarial como uma forma de expandir o esquema de corrupção estruturado na Petrobrás. O fato de se os cargos de Presidente e Diretor de Operações da Sete Brasil serem de indicação da Petrobrás terminou por permitir que a mesma sistemática de nomeação política implementada para os altos cargos da Petrobrás fosse estendida para a Diretoria da Sete Brasil”, diz a denúncia envolvendo pagamentos da Keppels Fels.Os núcleos denunciados são: o de agentes públicos, funcionários da Petrobrás como o ex-diretor de Serviços Renato Duque; o de ex-funcionários da estatal que passaram a dirigir a Sete Brasil, como Pedro Barusco e João Ferraz; o de políticos e pessoas ligadas a partidos; e o de empresários ligados aos estaleiros e construtoras.

Ministério da Justiça institui política para reduzir taxa de presos no País

02 de Maio de 2016 - 15:50

O ministro da Justiça, Eugênio Aragão, instituiu a Política Nacional de Alternativas Penais, com o objetivo de reduzir a população de presos no País. A medida está publicada no Diário Oficial da União (DOU) e será executada pelo Departamento Penitenciário Nacional (Depen), que utilizará recursos do Fundo Penitenciário Nacional para desenvolver as ações. Segundo a portaria, Depen e outros órgãos do Ministério da Justiça devem trabalhar para cumprir a meta de redução da taxa de pessoas presas em 10% até o ano de 2019. Pela política, as alternativas de punição, em substituição à privação de liberdade das pessoas, abrangem penas restritivas de direitos, transação penal e suspensão condicional do processo, suspensão condicional da pena privativa de liberdade, conciliação, mediação e técnicas de justiça restaurativa, medidas cautelares diversas da prisão e medidas protetivas de urgência. As ações seguirão quatro eixos: promoção do desencarceramento e da intervenção penal mínima; enfrentamento à cultura do encarceramento e desenvolvimento de ações de sensibilização da sociedade e do sistema de justiça criminal sobre a agenda de alternativas penais e o custo social do aprisionamento em massa; ampliação e qualificação da rede de serviços de acompanhamento das alternativas penais, com promoção do enfoque restaurativo das medidas; fomento ao controle e à participação social nos processos de formulação, implementação, monitoramento e avaliação da política de alternativas penais; e qualificação da gestão da informação.

Temer não descarta CPMF no futuro

02 de Maio de 2016 - 15:40

 

O vice-presidente, Michel Temer, afastou a possibilidade de aumento de impostos na largada de um eventual governo, caso a presidente Dilma Rousseff seja retirada do cargo. Mas, a colaboradores, não descarta num segundo momento a volta temporária da CPMF para ajudar no período de ajuste das contas públicas.O diagnóstico dramático das finanças do governo federal, que tem sido levado a Temer por consultores da área econômica, aponta que dificilmente o governo terá condições de reverter o rombo fiscal sem elevação de receitas e só com medidas de corte de despesas, mesmo com estratégia de um ajuste gradual. Os dados mostram um rombo de pelo menos R$ 140 bilhões – 2,3% do Produto Interno Bruto (PIB). Indicado para comandar o Ministério da Fazenda sob Temer, o ex-presidente do Banco Central (BC) Henrique Meirelles já admitiu, no fim do ano passado, que a CPMF pode ser necessária “em um curto prazo como uma questão emergencial”. Enquanto não encontrarem ambiente político para aprovação da CPMF, a aposta dos aliados de Temer para evitar piora do quadro fiscal é o programa de repatriação de recursos não declarados no exterior. O governo estimou em R$ 35 bilhões o potencial de arrecadação, mas o valor pode ser maior. Além da arma dos tributos, a avaliação é de que há espaço para um pente-fino nas isenções tributárias concedidas pelo governo nos últimos anos e que estão na raiz do que economistas, dentro e fora do governo, chamam de quebra estrutural da arrecadação. Esse quadro faz com que a receita com impostos e contribuições federais caia num ritmo maior que o esperado. O quadro foi agravado pelos efeitos negativos dos sucessivos programas de parcelamento de tributos, os Refis, que desestimularam o pagamento pelas empresas de tributos dentro do prazo. Os atrasos passaram a ser propositais, à espera da abertura de um novo programa. Segundo fontes, há uma defesa também da suspensão de reajustes para os servidores.

Anistia Internacional: condições de detenção no Iraque são chocantes

02 de Maio de 2016 - 15:30

 

A organização não-governamental Anistia Internacional afirmou hoje que as autoridades iraquianas mantêm suspeitos de terrorismo sob condições de detenção extremas, sem capacidade para processar os casos. O secretário-geral da organização, Salil Shetty, acompanhado de uma delegação, visitou no sábado (30) um centro de detenção em Amriyat al-Faluja, na região oeste de Bagdad. “Visitamos um centro de detenção em Amriyat al-Faluja, onde encontramos 700 pessoas, que seriam suspeitos de crimes de terrorismo, confinadas há meses no local”, disse Shetty. “As condições sob as quais são mantidos são chocantes, há uma pessoa por aproximadamente um metro quadrado, sem lugar para se deitar (…) as latrinas estão no mesmo espaço e eles recebem muito pouca comida”, afirmou o secretário-geral da Anistia. Donatella Rovera, assessora da organição para respostas a crises, afirmou que o centro – administrado pelas forças antiterroristas iraquianas – tem apenas quatro investigadores para analisar todos os casos. Amriyat al-Faluja fica na província de Anbar, onde as forças de segurança combatem o grupo extremista Estado Islâmico desde 2014. As operações militares levaram ao deslocamento de um grande número de civis na províncias. Milhares de homens sunitas foram detidos sob suspeita de atividades terroristas e mantidos sem qualquer comunicação com o exterior. “Nenhum foi formalmente acusado. Eles ficam detidos durante meses porque as autoridades locais não têm qualquer capacidade para investigar estes casos”, disse Shetty. “As próprias autoridades afirmam não saber como a maioria destas pessoas acabou neste centro de detenção e pensam que a maior parte deles é inocente”, acrescentou Salil Shetty. “É um sintoma de um problema maior porque estivemos com 700 deles, mas há muitos, muitos mais lugares destes por todo o país”, declarou Shetty. “É realmente um mau exemplo de como o sistema judiciário não funciona no país”, disse. A Anistia Internacional defende que o fortalecimento do sistema judiciário devia ser uma das prioridades no Iraque, onde violações diárias dos direitos humanos continuam impunes.

Especialistas pró-impeachment começam a ser ouvidos no Senado

02 de Maio de 2016 - 15:20

No terceiro dia dedicado a manifestações de especialistas, a Comissão Especial do Impeachment no Senado ouve hoje (2) mais uma rodada de argumentos favoráveis ao processo de impedimento da presidenta Dilma Rousseff. A sessão começou há pouco e o primeiro a falar é o procurador do Ministério Público junto ao Tribunal de Contas da União (TCU) Júlio Marcelo de Oliveira. Ele é um dos técnicos que integram a equipe que analisou e recomendou aos ministros da corte a rejeição das contas do governo Dilma de 2014. Os ministros do TCU entenderam que o balanço apresentado pela União continha irregularidades que violavam a Lei de Responsabilidade Fiscal, a Lei Orçamentária e a Constituição. Com base nisso, recomendaram ao Congresso a rejeição das contas da presidenta. Também foi convidado o juiz do Tribunal de Justiça de São Paulo e professor do Departamento de Direito Econômico, Financeiro e Tributário da Universidade de São Paulo (USP) José Maurício Conti. Ele é especialista em direito tributário, com ênfase em orçamento público, tribunais de contas e responsabilidade fiscal. Como o ministro aposentado do Supremo Tribunal Federal (STF) Carlos Velloso não pôde comparecer, a oposição chamou o advogado especialista em leis sobre combate à corrupção Fábio Medina Osório. A exemplo das sessões da semana passada, juntos, eles terão tempo de duas horas para apresentar os argumentos. Após essa fase, o relator, senador Antonio Anastasia (PSDB-MG), fará perguntas, em seguida, é a vez de parlamentares do governo e da oposição. Cada parlamentar terá cinco minutos para falar.

Moreira Franco diz que Dilma faz manipulação e propaganda enganosa

02 de Maio de 2016 - 12:50

 

Ex-ministro da presidente Dilma Rousseff e braço direito do vice-presidente Michel Temer, Moreira Franco criticou há pouco o anúncio feito pela petista neste domingo de reajustar os benefícios do programa Bolsa Família e a tabela do Imposto de Renda. Para ele, Dilma faz manipulação e propaganda enganosa. Moreira afirmou que o último aumento dado aos beneficiários do Bolsa Família foi em 2014, próximo das eleições presidenciais “e sem considerar a inflação”. “Só agora anuncia um novo reajuste. O povo não é bobo”, publicou em sua página no Facebook. Em ato em São Paulo, a presidente Dilma criticou medidas defendidas pelo PMDB numa possível gestão Temer e disse que, pela vontade dos oposicionistas, 36 milhões de beneficiários do Bolsa Família poderiam deixar de ser elegíveis. “A presidente Dilma Rousseff insiste na manipulação e na propaganda enganosa: a proposta da Travessia Social é manter o Bolsa Família para todos! E melhorar para os 5% mais pobres”, rebateu Moreira.

Governo diz que reajuste do Bolsa Família já estava previsto no orçamento de 2016

02 de Maio de 2016 - 12:40

 

O Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) informou há pouco que o reajuste dos benefícios do programa Bolsa Família, anunciado neste domingo pela presidente Dilma Rousseff, já estava previsto no orçamento deste ano. Sem detalhar o impacto fiscal do reajuste médio de 9%, a Pasta afirmou, por meio de nota, que a dotação do Bolsa Família em 2016 é de R$ 28,1 bilhões, integralmente preservada na programação financeira do ministério. Com a correção autorizada por Dilma, o benefício médio pago às 13,8 milhões famílias do programa de transferência de renda poderá alcançar R$ 176 mensais, valor 9% maior do que o benefício médio pago em abril. A alteração nos valores será efetivada por um decreto presidencial. Será autorizado reajuste de 6,5% da linha de extrema pobreza do País, indo de R$ 77 para R$ 82. “A linha da extrema pobreza, instituída no Plano Brasil sem Miséria, garante a complementação da diferença entre esse valor e a renda declarada pela família”, informa a Pasta.

Grupo de Temer critica presidente por ‘bondades’

02 de Maio de 2016 - 12:30

 

Aliados do vice Michel Temer reagiram ontem com críticas diretas à presidente Dilma Rousseff ao “pacote de bondades” anunciado pela petista, que prevê reajuste de benefícios do Bolsa Família e correção da tabela do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF). A análise desse segundo item da lista depende de aval do Congresso e, por isso, parlamentares defendem esperar a eventual formação de um novo governo e a análise da proposta pela futura equipe econômica, em caso de aprovação do afastamento de Dilma pelo Senado. “O povo não é bobo”, criticou o ex-ministro Moreira Franco e braço direito do vice, após a presidente confirmar os índices de correção antecipados ontem pelo Estado – 5% na tabela do IR e 9% para os benefícios sociais. Moreira afirmou que o último aumento dado aos beneficiários do Bolsa Família foi em 2014, próximo das eleições presidenciais “e sem considerar a inflação”. “Só agora anuncia um novo reajuste”, atacou ele, que é responsável pelo elaboração do programa Travessia Social do PMDB, que prevê reformulação do Bolsa Família, focando nos pobres, mas também com reajuste dos benefícios. Foi essa decisão do PMDB de prometer o reajuste que levou Dilma a se antecipar. Ontem, a presidente voltou a criticar os peemedebistas e a apontar riscos de “regressão” nos programas sociais (mais informações na pág. A5). Moreira rebateu. “A presidente Dilma Rousseff insiste na manipulação e na propaganda enganosa: a proposta da Travessia Social é manter o Bolsa Família para todos! E melhorar para os 5% mais pobres.” O reajuste dos benefícios do Bolsa Família enfrentava resistência do Ministério da Fazenda, porque o rombo nas contas públicas está próximo de R$ 142 bilhões em 12 meses. A avaliação era de que o espaço de R$ 1 bilhão no Orçamento do programa, que será usado para o reajuste, deveria ser aplicado no pagamento de despesas como as tarifas bancárias devidas à Caixa Econômica Federal. Segundo o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, o reajuste dos benefícios do programa Bolsa Família já estava previsto no orçamento deste ano. Leia mais no Estadão.

Contratos de plataformas na mira da Lava Jato envolvem corrupção durante governo Dilma

02 de Maio de 2016 - 12:20

 

A denúncia da Procuradoria da República contra o marqueteiro do PT e o operador de propinas do grupo Keppel Fels – dono do estaleiro BrasFels –, na semana passada, abriu o pacote de acusações força-tarefa da Operação Lava Jato no setor bilionário de plataformas e navios-sondas para exploração de petróleo do pré-sal. As primeiras denúncias são pelos crimes de organização criminosa, corrupção ativa e passiva e lavagem de dinheiro. Numa segunda etapa serão apresentadas à Justiça acusações criminais por cartel e fraude à licitação envolvendo políticos, agentes públicos da Petrobrás, dos estaleiros e da empresa Sete Brasil – criada pela estatal petrolífera com bancos e recursos de fundos de pensão para ser a intermediária nas contratações de plataformas. Essa frente das apurações envolvem diretamente o esquema de cartel e corrupção na Petrobrás durante o governo Dilma Rousseff, que assumiu em 2011 – a presidente não é alvo da apuração. “No período compreendido entre 2011 e 2014, uma grande organização criminosa estruturou-se com a finalidade de praticar delitos em desfavor da Petrobrás, englobando altos funcionários da Estatal, diretores da Sete Brasil, representantes comerciais e operadores de diversos Estaleiros, estruturados em quatro núcleos fundamentais”, sustenta a Procuradoria, na denúncia contra o lobista da Keppels Fels e João Santana. “Embora o discurso utilizado para a criação da empresa tenha sido o de estimular o mercado nacional, o que se observou, na realidade, foi a implementação e utilização da nova estrutura empresarial como uma forma de expandir o esquema de corrupção estruturado na Petrobrás. O fato de se os cargos de Presidente e Diretor de Operações da Sete Brasil serem de indicação da Petrobrás terminou por permitir que a mesma sistemática de nomeação política implementada para os altos cargos da Petrobrás fosse estendida para a Diretoria da Sete Brasil”, diz a denúncia envolvendo pagamentos da Keppels Fels. Leia mais no Estadão.

Muro do impeachment voltará em votação do Senado

02 de Maio de 2016 - 11:50

 

O muro que dividiu a Esplanada dos Ministérios durante a votação do impeachment na Câmara dos Deputados deve voltar durante a votação do processo no Senado. De acordo com a Radar On Line, o esquema de segurança será repetido. No local, só será permitido o acesso de parlamentares, parentes, assessores e jornalistas.

Papa Francisco pede punição severa para pedófilos

02 de Maio de 2016 - 11:40

 

O papa Francisco pediu "punição severa" para pedófilos neste domingo (1º), depois que novos detalhes surgiram no caso da morte de uma menina italiana de seis anos, em 2014, que teria sido jogada do oitavo andar de um prédio por seu abusador. "Isso é uma tragédia. Não podemos tolerar o abuso de menores", disse o papa, segundo o Terra, em um improviso durante seu discurso na mensagem e benção de domingo para dezenas de milhares de pessoas na Praça de São Pedro. "Temos que proteger as crianças e punir severamente os abusadores". A própria Igreja Católica tem sido abalada por escândalos de abusos de crianças. No entanto, Francisco não mencionou os casos, como já fez em outras falas no passado. Os detalhes que tem surgido no caso da menina Fortuna chocaram a Itália. Depois de reabrir as investigações, a polícia denunciou um homem de 43 anos por ter jogado a menina de um prédio de apartamentos em uma área perigosa de Nápoles, depois de tê-la estuprado. De acordo com a Polícia, o acusado a matou para que não pudesse denunciá-lo.

Vitória provoca rival e fecha patrocínio pontual com empresa especialista em sardinha

02 de Maio de 2016 - 11:30

 

O Vitória anunciou um patrocínio pontual no clássico Ba-Vi, neste domingo (1º), no Barradão. Porém, o acordo comercial foi uma oportunidade para provocar o arquirrival. Após o segundo gol marcado pelo volante Amaral, o placar do Estádio Manoel Barradas exibiu como novo parceiro a empresa Gomes da Costa, especialista em sardinha. O peixe é um apelido pejorativo atribuído ao Bahia. Tudo começou após uma entrevista do técnico Joel Santana ao programa Bem Amigos, do SporTV. Na ocasião, ele revelou que teve uma sondagem do Tricolor, mas optou por não aceitar. “Estou esperando peixe grande, sardinha não”. Depois do episódio, os torcedores do Vitória passaram a chamar o arquirrival de sardinha. O Leão venceu o Esquadrão de Aço por 2 a 0, pelo primeiro jogo da final. Com isso, a equipe comandada pelo técnico Vagner Mancini pode até perder por um gol de diferença no próximo domingo (8), às 16h, na Arena Fonte Nova, que ficará com o título.

‘Não é impossível tornar Wagner secretário de Rui’, afirma Josias, após especulações

02 de Maio de 2016 - 11:20

 

O secretário de Relações Institucionais da Bahia (Serin), Josias Gomes, afirmou que “não é impossível” que o ex-governador Jaques Wagner assuma uma pasta no governo do seu sucessor, Rui Costa. “Eu desconheço essas negociações, mas Wagner já deu provas da sua liderança. Ele é um homem que agrega, que faz bem em qualquer situação. Não é impossível ter ele no governo de Rui”, afirmou. Ainda segundo Gomes, a decisão de abrigar Wagner em caso de impeachment da presidente Dilma Rousseff caberá ao governador e ao ainda ministro. “Eles dois [Wagner e Rui] são amigos da época do sindicato. A discussão sobre isso não aconteceu ainda, mas, se acontecer, tenho certeza que vai ter toda aceitação”, pontuou. Neste domingo (1º), o colunista de O Globo, Lauro Jardim, afirmou que Jaques Wagner assumiria uma pasta estadual para garantir foro privilegiado (veja aqui). Caso Wagner seja investigado pela Operação Lava Jato, o julgamento caberia ao Tribunal de Justiça da Bahia e não à Justiça Federal do Paraná, com o juiz Sergio Moro.

Resumo Policial dia 02-05-16

Quinta feira dia 28

Cidade de Crisópolis foi encontrado uma carreta na zona rural carregada com farinha de trigo, cujo o motorista e o ajudante até o presente momento encontram-se desaparecidos. A polícia investiga o fato.

Sexta dia 29

Veículo incendiado:

 08:00 foi encontrado totalmente queimado um veículo modelo S10 Chevrolet totalmente queimado. O achado se deu no talão 24 projeto Encantado área da Copener.

Sábado dia 30

Seqüestro:

23:50 Elementos encapuzados e armados invadiram o apartamento 03 bloco 14 do conjunto bom viver no barreiro de onde levaram o jovem de prenome Jhônatan. Por volta das 02:00 da madrugada a PM esteve na localidade conhecida como lixão da santinha onde foi encontrado um corpo crivado de balas. No dia de ontem parentes da pessoa seqüestrada estiveram no DPT, e ficaram de ir na delegacia fazer o registro de reconhecimento.

Tráfico de drogas:

 14:00 Central de abastecimento, a PM foi verificar uma denuncia e deteve um casal. Com o rapaz foi encontrado 17 pedras de crak e R$ 20,00 reais em dinheiro todo trocado em cédulas de R$ 2,00 reais. com a mulher foi encontrado R$ 520,10 e dois celulares que continham mensagens de acertos para compra de drogas.

Domingo

Homicídio:

 02:00 Sobocó praça Sanhta Isabel, foi executado por disparo de arma de fogo o jovem JOSÉ CARLOS PATROCÍNIO DE JESUS de 15 anos. O autor do delito conhecido como Alan, fugiu deixando cair a sua identidade. O fato foi presenciado por um casal. Corpo de José foi encaminhado ao IML.

Assalto: 10:00 Br 101 Próximo da Itaipava.

 Dois ciclistas foram abordados por dois elementos que estavam em um veículo modelo saveiro, onde um deles desferiu disparos de arma de fogo para o alto, ordenando que abandonassem suas bicicletas.

Foram subtraídos uma Bike Soul aro 29 cores preta, branco e laranja, e uma bike vermelha e branca marca Trek aro 26.

Furto de animal:

15:00 Riacho do Mel, segundo o queixoso, levaram sua égua a qual estava em um pasto. Tal animal serve para a puxar a carroça e seria o ganha pão do proprietário.

Corpos de alpinistas desaparecidos há 16 anos são achados no Tibete

02 de Maio de 2016 - 07:40

 

Os corpos de dois alpinistas, desaparecidos há 16 anos, foram encontrados, nesta semana, em uma geleira, na montanha Shishapangma, no Tibete. Segundo informações do jornal “The New York Post”, com o derretimento de parte da estrutura foi possível localizar os restos mortais de Alex Lowe e David Bridges, que sumiram após uma avalanche no local, em outubro de 1999. Conrad Anker, que acompanhava a dupla quando houve o acidente, contou que os corpos encontrados estavam com as mesmas roupas e equipamentos com os que estavam com Alex e David há 16 anos, antes do desastre natural. Eles haviam escalado o local para esquiar. Atualmente, Anker é casado com Jenni com quem coordena uma organização não governamental dedicada a preservar o patrimônio e a memória de Lowe. “Alex e David desapareceram, foram aprisionados e congelados no tempo. Dezesseis anos de vida foi vivida e agora eles são encontrados. Somos gratos”, disse a ex-mulher de Alex, Jenni Lowe-Anker, em nota divulgada para a imprensa. Segundo a americana, apesar de ainda não ter visto as fotos dos corpos, ela sabe que agora pode dar um “fechamento” para a tragédia que viveu. (Notícias ao Minuto)

Começa campanha de vacinação contra febre aftosa na Bahia

02 de Maio de 2016 - 07:30

 

A campanha de vacinação contra a febre aftosa na Bahia começou no domingo (1°). Para o ano de 2016, a estimativa da Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab) é vacinar 10.854.311 bovinos e bubalinos pertencentes a 384.393 criadores. A primeira etapa da campanha vai até o dia 31 de maio e visa vacinar todos os animais, independente da faixa etária. A Adab é vinculada à Secretaria da Agricultura (Seagri), que reforça a importância da vacinação para que nenhuma doença comprometa os rebanhos baianos, principalmente a febre aftosa. Além das mortes dos animais, a doença reflete também em prejuízos econômicos causados pelas barreiras comerciais com outros países. No ano passado, os produtores vacinaram 94.54% do rebanho bovídeo. A febre aftosa é uma doença viral, altamente contagiosa, que afeta animais de casco fendido, como os bois, búfalos, cabras, ovelhas e porcos. Pode ser transmitida principalmente pelo contato entre os animais doentes e sadios. O vírus pode ser transportado pela água, ar, alimentos, pássaros e pessoas que entram em contato com os animais doentes. A campanha de vacinação faz parte do Programa Nacional de Erradicação e Prevenção da Febre Aftosa (PNEFA), e tem como estratégia principal a implantação progressiva e manutenção de zonas livres da doença, como recomenda as diretrizes estabelecidas pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE). (G1/Bahia)

Manifestantes fazem ato de apoio a Jair Bolsonaro

02 de Maio de 2016 - 07:20

 

Manifestantes fizeram neste domingo (1º) um ato em apoio ao deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ), em frente ao condomínio onde mora o parlamentar, na Barra da Tijuca, zona oeste da cidade. O ato, promovido pelo Movimento Direita, Já, foi realizado uma semana depois de um protesto contra o parlamentar, este coordenado pelo grupo Levante Popular, no mesmo local. Bolsonaro também participou do ato deste domingo e discursou para seus apoiadores. Antes mesmo do discurso começar, manifestantes gritaram o nome do coronel Brilhante Ustra,que foi chefe do Destacamento de Operações de Informação - Centro de Operações de Defesa Interna (DOI-Codi) em São Paulo, na época da ditadura militar. O militar, falecido em 2015, já havia sido homenageado pelo próprio Bolsonaro, durante seu voto a favor do impeachment da presidenta Dilma Rousseff, em 17 de abril, na Câmara dos Deputados. A menção a Ustra, primeiro militar a ser reconhecido, pela Justiça, como torturador durante a ditadura, gerou críticas a Bolsonaro e foi um dos motivos pelos quais o grupo Levante Popular fez o protesto da semana passada. No discurso de hoje, Bolsonaro voltou a exaltar o coronel Ustra, elogiou o presidente militar Emílio Garrastazu Médici (1969-1974) e criticou a presidenta Dilma. “Lula e Dilma não fizeram nada para o Brasil nos últimos 13 anos”, disse Bolsonaro. (Correio)

Delcídio diz que foi ‘explorado para benefícios’ de Lula e filho de Cerveró

02 de Maio de 2016 - 06:50

 

Em suas alegações finais ao Conselho de Ética do Senado, o senador Delcídio do Amaral (sem partido-MS) diz que foi “explorado para benefícios de terceiros” e cita o ex-presidente Luiz Inácio do Lula da Silva e Bernardo Cerveró, filho do ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró. No documento, protocolado na sexta-feira (29) e ao qual a Globonews teve acesso, a defesa classifica a representação de “fantasiosa”, “confusa” e “estapafúrdia” e pede a anulação do processo alegando não haver provas. A votação do parecer recomendando ou não a cassação do mandato parlamentar dele está prevista para a próxima terça-feira (3). Procurado pela reportagem, o Instituto Lula ainda não havia se manifestado até a última atualização desta reportagem. A defesa de Bernando Cerveró nega a utilização de truques cênicos e afirma que a reunião em que foi realizada a gravação aconteceu nos mesmos moldes de outras reuniões entre Bernardo e Delcídio. Os advogados de Delcídio sustentam que “toda a prova que a defesa requereu que fosse trasladada do STF [Supremo Tribunal Federal] para o Conselho de Ética demonstraria que Delcídio do Amaral jamais foi o articulador disso tudo”. E continuam: “Ao contrário! Delcídio do Amaral foi explorado para benefícios de terceiros: de um lado, de Lula para proteger a família do amigo [José Carlos] Bumlai; de outro lado, de Bernando Cerveró [filho do ex-diretor da área internacional da Petrobras Nestor Cerveró] que o atraiu por truques cênicos para criar a ‘cama de gato’ e conseguir o trunfo da colaboração do pai”. Segundo a defesa do senador, um dos alvos da delação de Cerveró seria Bumlai e Delcídio teria a missão de demover o ex-diretor da Petrobras da ideia de fechar acordo com o Ministério Público Federal. Ex-líder do governo no Senado, Delcídio foi preso pela Polícia Federal em novembro do ano passado acusado de tentar obstruir as investigações da Operação Lava Jato. Em conversa que teve o áudio gravado, o senador trata de um plano de fuga para que Cerveró para que ele não fechasse acordo de delação premiada e, se fechasse, que não o citasse. A gravação foi feita por Bernardo Cerveró e entregue ao Ministério Público.

Cunha chama reajuste no Bolsa Família de irresponsabilidade fiscal

02 de Maio de 2016 - 06:40

 

Desafeto da presidente Dilma Rousseff e aliado do vice-presidente Michel Temer, o presidente da Câmara, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), classificou o reajuste nos benefícios do programa Bolsa Família como uma “irresponsabilidade fiscal”. “Dilma quebrou o País e agora está aumentando o buraco”, disse ao Broadcast. O peemedebista rebateu a afirmação do governo de que o aumento já estava previsto no Orçamento de 2016. Para ele, as receitas não existem na peça orçamentária. “É mais uma enganação do governo”, disse, ressaltando que o Palácio do Planalto conta até com arrecadação inexistente da CPMF, que não está aprovada. Cunha disse que a proposta de mudança da meta fiscal deste ano não foi sequer aprovada pelo Congresso. “É uma irresponsabilidade isso, até porque nem se sabe se aprovará a mudança de meta. Executar isso sem aprovar a alteração pode significar novo crime de responsabilidade”, disse. Sobre a correção de 5% na tabela do Imposto de Renda, Cunha disse que a mudança ainda depende de aprovação do Legislativo. O deputado indicou que não vai atrapalhar a tramitação da proposta na Câmara. “Colocarei para votar, como sempre coloquei todas as matérias do poder Executivo”, afirmou. (Estadão)

 



 
 
 
linha190

 
linha190 
 
  Partido Social Cristãobr /> O ser Humano em Primeiro Lugar
 
 
 
 
 
 
 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Rua Bahia trolar tel: (75) 3422- 2912

 
 
 
 
 
Contatos 
Marcus Aragão
Caio Costa

Erica Manoela
Paulo Pinto

Liliane Pimenta
Colunas
Pau na preá
Falando direito

Tecnologia

Notícias
Relatório policial
Alagoinhas


Mundo
Saúde
Esporte
Beleza